ANAC estuda alterações na regulamentação dos drones

Principais mudanças devem ser na certificação de pilotos, voos sobre pessoas, redefinição das “áreas distantes de terceiros” para operações BVLOS e acima de 120 metros de altura

Por Emerson Granemann – CEO da MundoGEO e idealizador da DroneShow – emerson@mundogeo.com

Atuei como moderador no painel de drones no evento de aviação IBAS, realizado de 11 a 13 de setembro no Aeroporto de Guarulhos em São Paulo (SP), no qual apresentei um panorama do mercado de drones no Brasil e no mundo. Em seguida aconteceu uma palestra de uma universidade americana que planeja oferecer no Brasil treinamento para operações BVLOS e acima de 120 metros de altura.

Em seguida coordenei um painel sobre tecnologia embarcada, apresentado por executivos da Xmobots e Gdrones. E outro de sistemas de detecção de drones em aeroportos com a presença de empresas especializadas e representantes da Infraero e dos aeroportos de Guarulhos e Santos Dumont.

Sem dúvida o painel mais esperado foi o de regulamentação. Participaram dele o Tenente Brigadeiro do Ar e Diretor Geral do DECEA, Jeferson Domingues de Freitas, André Arruda, da Al Drones, e Roberto Honorato, Superintendente de Aeronavegabilidade da ANAC, que fez um resumo da atual regulamentação contida na RBAC-E 94 divulgada em maio de 2017 e apresentou uma lista de tópicos que estão sendo avaliados para inspirar prováveis alterações nas atuais regras.

Roberto Honorato, Ten Brig do Ar Jeferson Domingues de Freitas e André Arruda

Roberto Honorato (ANAC), André Arruda (AL Drones) e Ten Brig do Ar Jeferson Domingues de Freitas (DECEA)

Os tópicos apresentados estão relacionados aos seguintes temas:

– Classificação dos drones
– Iluminação externa
– Uso do Sora no processo de aprovação do projeto dos drones
– Critérios para aprovação de produto para operações sobre pessoas
– Identificação eletrônica remota
– MOCs/Requisitos para Classe 2
– Sistema de dificuldades em serviços
– Redefinição das “áreas distantes de terceiros” para operações BVLOS e acima de 120 metros de altura
– Certificação de operadores UAS
– Licença de piloto remotos
– Operações em espaço aéreo não-segregado

Não existe ainda previsão de quando estas alterações serão feitas; o plano da ANAC é promover um evento nos próximos meses na Agência, em São José dos Campos (SP), junto à comunidade de empresários do setor para discutir e receber sugestões.

ANAC, DECEA e Ministérios da Defesa confirmados no 8º Fórum Empresarial de Drones

Este Fórum que acontece no dia 5 de novembro em São Paulo, no hotel Meliá Ibirapuera, dentro da programação do evento DroneShow e MundoGEO Connect PLUS.

DSMGplus-Insta-ImagemStoriesVeja a programação do Fórum:

9h às 9h45 – Aerolevantamentos e Cadastro
– Reinaldo Colares – Diretor Técnico da HorusGeo
– Danilo Rodrigues- Diretor Técnico da GeoSurv Engenharia e Geomática

9h45 às 10h30 – Agricultura e Florestal
– Carlos Júnior Ribeiro – CEO da Sensix
– Fabrício Hertz – CEO da Horus Aeronaves

11h às 11h45 – Recursos Naturais e Meio Ambiente
– George Longhitano – Diretor da Gdrones
– Antonio Marcos Ferraz de Campos – Diretor da Hexafly

11h45 às 12h30 – Construção Civil e Inspeções de Estruturas
– Chase Dixon Olson – CEO da Smart Sky Consulting
– Marco Fábio Borges – Inspetor de Qualidade da XD4 Solutions

14h às 15h20 – Painel: Novidades da ANAC, DECEA e Ministério da Defesa na regulamentação do setor
– Coronel Jorge Vargas – Chefe da Divisão de Coordenação do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo)
– Roberto Honorato – Superintendente de Aeronavegabilidade da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)
– Cmt Muthz Barros e Cel Mário Celso (Ministério da Defesa)

15h20 às 16h30 – Painel: Principais reivindicações dos empresários do setor para ajustes na regulamentação do setor
– André Arruda – CEO da AL Drones
– Ulf Bogdawa – CEO da Skydrones
– Giovani Amianti – CEO da Xmobots
– Samuel Salomão – CEO da SMX Logistic and Delivery Technology

17h às 18h30 – Painel: A tecnologia, a segurança pública e a justiça para coibir as operações
– Coronel Paulo Luiz Scachetti Junior – Comandante da Aviação da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP)
– Cel Jorge Vargas – Chefe da Divisão de Coordenação do DECEA
– Roberto Honorato – Superintendente de Aeronavegabilidade da ANAC
– Roberta Fagundes Leal Andreoli – Advogada Especialista em Direito Aeronáutico e Regulatório do Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados
– Gustavo Vicentini – CEO da Techshield Dedrone

Para conhecer a programação completa do DroneShow e do MundoGEOConnect PLUS que contém, além deste fórum, outros dois relacionados a Smart Cities e Observação da Terra, cursos práticos e avançados, Mostra de Tecnologia e Rodada de Negócios, acesse https://droneshowla.com/plus.

Mais informações sobre inscrições antecipadas com descontos: atendimento@mundogeo.com / 41 3338-7789 / 11 4063-8848.

DSMGplus-FB-CapaPáginaGrupo

Foto: Emerson Granemann