DroneShow e MundoGEO Connect PLUS – 5 a 7 de novembro de 2019

Hotel Meliá Ibirapuera – Av. Ibirapuera, 2534 – São Paulo – SP – Brasil

Ambiente ideal para atualização profissional e geração de parcerias na Mostra de Tecnologia* e nas Rodadas de Negócios

140 horas de conteúdo distribuído em 12 cursos e 3 fóruns

* Mostra de Tecnologia tem visitação gratuita

Cada Fórum: de R$ 540,00 por R$ 490,00
Cada Curso: de R$ 740,00 por R$ 690,00
Cada Curso Prático: de R$ 940,00 por R$ 890,00

Parcele em até 10x sem juros no cartão de crédito

* Oferta válida até 31 de outubro de 2019

Entre em contato:
Telefones: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848
E-mail: atendimento@mundogeo.com | WhatsApp (41) 999-191-357

Benefícios dos participantes:
• Certificado de participação
• Acesso aos arquivos pdf dos conteúdos apresentados no(s) fórum(s) e/ou curso(s) escolhido(s)
• Acesso livre aos 3 dias da Mostra de Tecnologia – produtos e serviços

Conheça a Programação:

CURSO AVANÇADO: Drones para uso em Mapeamento e Meio Ambiente

5 de novembro – 9h às 18h30

Fique por dentro da legislação, escolha de drones, mercado e precificação para serviços de mapeamento e estudos ambientais. Este curso apresentará as principais leis e normas pertinentes ao uso de drones, além de uma visão panorâmica sobre o mercado de drones em mapeamento e meio ambiente no Brasil. Abordará também as características e escolha de drones para projetos. Ao final, serão apresentados exemplos de precificação de serviços por meio de drones e os desafios deste mercado ainda em amadurecimento.

Público-alvo: profissionais de várias áreas que precisem de subsídios para escolher a melhor aeronave, sensor e software de acordo com o escopo de seus projetos e queiram iniciar seus trabalhos em mapeamento e estudos ambientais.

Tópicos:
• Legislação incidente – ANATEL, ANAC, DECEA, Ministério da Defesa e INCRA
• Procedimentos legais para realização de voos
• Mercado de mapeamento por meio de drones no mundo e no Brasil
• Características e especificações de drones para mapeamento e estudos ambientais
• Multirrotores e asas fixas – diferenças e qualidades
• Precificação de serviços
• Desafios legais, técnicos e comerciais no mercado de mapeamento e meio ambiente
• Conceitos em sensoriamento remoto e resoluções de sensores
• Câmeras e sensores disponíveis para embarcar em drones
• Conceitos de aerofotogrametria
• Introdução à execução de voos automáticos e captação de imagens
• Introdução ao processamento de imagens
• Exemplos de aplicações de drones em estudos ambientais
– Mapeamento cadastral
– Mapeamento e monitoramento de uso do solo
– Monitoramento geotécnico
– Monitoramento de processos erosivos e de assoreamento
– Estudos de rompimento de barragens e áreas afetadas
– Monitoramento de plantio e supressão de vegetação
– Monitoramento de PRAD
– Monitoramento de fauna
– Monitoramento de macrófitas aquáticas
– Diagnósticos em desastres e emergências ambientais

Instrutor: George Longhitano – G drones
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 
 

CURSO AVANÇADO: Realidade Virtual e Aumentada: Conceitos e Aplicações

5 de novembro – 9h às 18h30

A realidade virtual e aumentada é uma das tecnologias que mais vem atraindo a atenção dos estudiosos e especialistas em Indústria 4.0. De acordo com um estudo realizado pela companhia internacional Zion Market Research, a técnica tem potencial para atingir crescimento de 85% ao ano, no mundo todo, até 2021, impulsionando a Indústria 4.0 de forma singular e irreversível. Um dos grandes benefícios da tecnologia é a sua flexibilidade de aplicações. Pode, por exemplo, simplificar a fabricação de produtos, agilizar a manutenção de equipamentos, permitir treinamentos imersivos e até melhorar a maneira como os clientes interagem com a tecnologia. Este curso tem como objetivo desmistificar o uso de realidade virtual e aumentada em conjunto com as Geotecnologias, através do entendimento de conceitos, entendimento das tecnologias disponíveis e vivência de experiências através de exemplos práticos.

Público-alvo: O curso é destinado aos mais diversos profissionais e estudantes, como os das áreas de geografia, geologia, mineração, meio ambiente, engenharia que tenham interesse em conhecer a tecnologia e as potencialidades do uso das realidades estendidas nesse contexto.

Tópicos:
• Conceitos
– O que é realidade estendida
– Origem da tecnologia
– Evolução e histórico das aplicações
• Realidade Virtual
– O que é e onde se aplica
• Realidade Aumentada
– O que é e onde se aplica
• O surgimento da Realidade Mista
– O que é e onde se aplica
• Principais Hardwares e Softwares
– A evolução da capacidade computacional e o impacto nas XR’s
– Evolução de Hardwares
– Evolução de Softwares
– Principais ferramentas da atualidade
– O que esperar do futuro próximo
• Dados
– Tipos de dados necessários
– Aquisição e preparação de dados
– Modelagem 3 D
– Modelagem em 360 graus
• Cases e aplicações
– Principais usos da tecnologia: treinamento, Saúde & Segurança, comunicação e marketing, projetos de engenharia, dentre outros
– XR aplicada
• Experiências virtuais
– O que estamos fazendo hoje

Instrutora: Patrícia Procópio – XR.Lab / MP Consultoria
PhD em Geologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com a tese: “Geovisualização em Ambientes de Realidade Virtual: Mudança de paradigma na Exploração Mineral”, geologia e especialista em Geoprocessamento pela UFMG.. Com mais de 20 anos de experiência em geotecnologias e geoinformação, é Founder da XR.Lab, empresa com foco em produção de experiências sensoriais e conteúdos digitais, sejam em realidade estendida, vídeos tridimensionais, 360graus, dentre outros (www.xrlab.com.br). É também CEO da MP Consultoria, empresa que atua na prestação de serviços e consultoria especializada em geoinformação e geotecnologias principalmente nos mercados de meio ambiente, mineração, engenharia e agronegócios, onde tem se destacado os projetos em GIS e realidade virtual e aumentada. Nos últimos anos tem se dedicado ao futurismo e na valorização do papel da mulher na mineração. Atuou ativamente junto à mineradora Samarco e Fundação Renova em ações de gestão de crise e gestão territorial, imediatamente após o acidente da Barragem de Fundão, no estado de Minas Gerais. Na Vale, por 17 anos, foi coordenadora de Geoinformação na Diretoria de Ferrosos. Profissional referência no tema em toda a Vale, foi responsável pela implantação do GISMineral- Infraestrutura de Dados Espaciais da Vale, GEDMineral-Sistema de Gerenciamento de Conteúdos da Diretoria de Ferrosos, GDMS-Sistema de Gerenciamento de Dados Geológicos, dentre outros sistemas corporativos. Destaque pela idealização e implantação do Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale – Sala de Realidade Virtual. Projetos premiados: Excelência em IDE – Infraestrutura de Dados Espaciais (Mundo Geoconnect – São Paulo – 2014); Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale (Geospatial World Excellente Awards – Amsterdam/The Netherlands – 2012); Sala de Realidade Virtual (Prêmio Inova Vale – 2010); Projeto GISMineral (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA -2010);Projeto GIS Vale (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA – 2006).

 

CURSO Prático QGIS Básico para Mapeamento Temático

5 de novembro – 9h às 18h30

O QGIS é um dos softwares de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) mais utilizados no mundo, principalmente por ser amigável, contar com ferramentas e rotinas poderosas de geoprocessamento e por ser um programa totalmente open source.

Na área de mapeamento temático seu destaque é ainda maior e possibilita a criação de produtos cartográficos de altíssimo nível. Atualmente, através do QGIS, profissionais de diversas áreas, em diversos cantos do mundo, criam mapas incríveis aplicados a estudos ambientais, de engenharia, urbanísticos, agricultura, saúde, mineração e projetos que demandam análises espaciais complexas.

O objetivo desse curso é ensinar as melhores práticas para elaboração de mapas temáticos. Para isso, será utilizado o QGIS 3.8, a versão mais recente disponível ao usuário.

Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Tópicos:
• Sistemas de Informação Geográfica (GIS)
– Os pilares para você dominar qualquer software de Geoprocessamento
– Projeto OSGeo e QGIS
– O que é um SIG?
– Qual a estrutura de um SIG?
– Funcionalidades básicas do QGIS
 
• Tipos de Dados Utilizados no QGIS
– O que são dados vetoriais
– Tipos de dados vetoriais
– O que são dados matriciais
– Tipos de dados matriciais
– O que é Geopackage e Geodatabase
– Explorar dados vetoriais e raster no QGIS
 
• Ferramentas de Seleção Espacial
– Por que utilizar seleção espacial?
– Métodos de seleção no QGIS
– Introdução à linguagem SQL
– Trabalhando com ferramentas de seleção do QGIS
 
• Cartografia no QGIS
– O que é posicionar um objeto?
– Coordenadas Geográficas
– Coordenadas Projetadas
– Propriedades e distorções
– Forma da Terra e o Datum
– Projeção UTM
– Resumão: Sistemas de coordenadas e referência para SIG
– Analisando diferentes definições cartográficas
– Reprojetar camada
 
• Simbologia e Análise de Mapas
– Por que simbolizar seus dados?
– Simbologia x Atributos
– Simbologia Categórica
– Simbologia Quantitativa
– Métodos de classificação Quantitativa
– Normalização
 
•Introdução à Cartografia Temática
– Elementos de um mapa temático
– Fluxo de trabalho para criar um mapa temático no QGIS
– Elaborando meu primeiro mapa temático

Instrutor: Ivan Leonardi
Mestre em Ciências e Tecnologia Ambiental na área de concentração em Avaliação de Bacias Hidrográficas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR (2018); Especialista em Georreferenciamento de Imóveis Rurais (2016); Geógrafo pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) com ênfase em Geociências (2014); Aperfeiçoamento profissional na área de Topografia (2013). Experiência há mais de 6 anos em Geoprocessamento, atuando na área de estudos ambientais, elaboração de mapas temáticos para materiais didáticos e instrutor de cursos online e presenciais. Além disso, possui certificação internacional ESRI ArcGIS Desktop Associate 19-001.

 

CURSO AVANÇADO: Análise Espacial para Tomada de Decisões Estratégicas

5 de novembro – 9h às 18h30

O curso abordará a importância do olhar geográfico para a compreensão de fenômenos complexos. Será apresentado quais ferramentas um analista espacial pode utilizar para melhorar suas decisões, ou orientação a tomadores de decisões dentro das organizações. Será demonstrado como a incorporação da estatística espacial é um poderoso recurso para tomada de decisões estratégicas. Explicitaremos metodologias de análise espacial, com demonstração de cases de sucesso no brasil e no mundo.

Público-alvo: Profissionais que atuem ou pretendem atuar nas áreas de geografia, arquitetura, engenharias, cartografia, agrimensura, administração e demais áreas correlatas. O curso tem o objetivo de abrir a mente dos alunos sobre a importância de uma adequada análise espacial para decisões estratégicas.

Tópicos:
• Análise Espacial como diferencial estratégico
– O pensar geográfico
– Ciclo de inteligência Geográfica
– Busca por padrões espaciais
• SIG e os Negócios
– Entendendo e aplicando as categorias de análise da Geografia em decisões de negócios: Lugar, Paisagem, Território , Região e Espaço;
– Interação entre a economia e a geografia econômica;
– Modelos Econômicos espaciais: Von Thünen (1826), Weber (1909) e Chirstaller (1933)
• Informação geográfica estratégica para comunicar decisões
– Como mentir com mapas? e como não ser enganado por um?
– Uma imagem fala mais que mil palavras, um mapa fala mais que mil imagens
• Estatística espacial em processos de decisões complexas
– Os principais aspectos da estatística espacial
– Impacto do ONDE
– Existem padrões no comportamento geográfico de todos os fenômenos
• Cases de aplicações da análise espacial para decisões complexas
– Salvando vidas (resposta e emergência)
– Ganhando guerras (Uso militar)
– Expandindo negócios (Geomarketing)
– Entendendo padrões sociais (Comportamento eleitoral)
– Melhorando qualidade de vida (Smart City)

Instrutor: Julio Ribeiro – GEOeduc
Graduação e Mestrado em Geografia. Experiências profissionais nos campos da licenciatura, bacharelado e empreendedorismo. Atualmente é CEO do Grupo HUBSE, sendo este responsável pelo Instituto GEOeduc e AcademiaGIS Imagem/Esri BR. Fundador/presidente da APROGEO-MG. Experiência docente nas universidades UniBH, UNA e PUCMinas, São Judas Tadeu, Facens e FGV. Coordenou o curso de Geografia e foi diretor do Instituto de Engenharia e Tecnologia. Atuou como gerente de marketing na Imagem/EsriBR. Principais áreas de interesse:Educação, Análises espaciais e Smart Cities

 

8º Fórum Empresarial de Drones

5 de novembro – 9 às 18h30

Este Fórum proporciona o ambiente ideal para a geração de novos negócios pela ampliação do networking, além do debate das mudanças necessárias na regulamentação dos drones no Brasil provocadas pelos avanços tecnológicos e pelas novas demandas da sociedade. Dentre as expectativas de novidades regulatórias estão as relacionadas aos aerolevantamentos, voos BVLOS e sobre áreas urbanas, otimização dos processos de certificados de aeronavegabilidade, autorização de voos para projetos específicos, habilitação de pilotos remotos e criação de áreas fixas para testes no Brasil, entre outras. O Fórum também apresenta os principais desafios resultados práticos na prestação de serviços com drones para os setores agrícola, florestal, meio ambiente, inspeções, mapeamento, topografia, mineração, energia, óleo e gás, entre outros.

Público-alvo: especialistas, empresários da cadeia produtiva do setor, entidades reguladoras e contratantes do setor público e privado.

Programação

Moderador: Emerson Granemann
CEO da MundoGEO e idealizador da DroneShow

 
 
 

9h às 12h30 – Painel: Desafios tecnológicos e resultados reais usando drones:

9h às 9h45 – Aerolevantamentos e Cadastro
Reinaldo Colares – Diretor Técnico da HorusGeo
Danilo Rodrigues- Diretor Técnico da GeoSurv Engenharia e Geomática

9h45 às 10h30 – Agricultura e Florestal
Carlos Júnior Ribeiro – CEO da Sensix
Fabrício Hertz – CEO da Horus Aeronaves

10h30 às 11h – Intervalo

11h às 11h45 – Recursos Naturais e Meio Ambiente
George Longhitano – Diretor da Gdrones
Antonio Marcos Ferraz de Campos – Diretor da Hexafly

11h45 às 12h30 – Construção Civil e Inspeções de Estruturas
Chase Dixon Olson – CEO da Smart Sky Consulting
Marco Fábio Borges – Inspetor de Qualidade da XD4 Solutions

12h30 às 14h – Intervalo

14h às 15h20 – Painel: Novidades da ANAC, DECEA e Ministério da Defesa na regulamentação do setor
Coronel Jorge Vargas* – Chefe da Divisão de Coordenação do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo)
Ailton José de Oliveira Júnior – Especialista em Regulação da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)
Cmt Muthz Barros e Cel Mário Celso (Ministério da Defesa)

15h20 às 16h30 – Painel: Principais reivindicações dos empresários do setor para ajustes na regulamentação do setor
André Arruda – CEO da AL Drones
Ulf Bogdawa – CEO da Skydrones
Giovani Amianti – CEO da Xmobots
Samuel Salomão – CEO da Speedbird Aero

16h30 às 17h – Intervalo

17h às 18h30 – Painel: A tecnologia, a segurança pública e a justiça para coibir as operações
Coronel Paulo Luiz Scachetti Junior – Comandante da Aviação da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP)
Cel Jorge Vargas* – Chefe da Divisão de Coordenação do DECEA
Ailton José de Oliveira Júnior – Especialista em Regulação da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)
Roberta Fagundes Leal Andreoli – Advogada Especialista em Direito Aeronáutico e Regulatório do Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados
Gustavo Vicentini – CEO da Techshield Dedrone

*a confirmar

 

Esta programação poderá ser alterada pela organização do evento sem aviso prévio.      



CURSO AVANÇADO: Processamento de Imagens obtidas com Drones

6 de novembro – 9h às 18h30

Este curso visa apresentar os processamentos digitais de imagens básicos para geração de informações em mapeamentos. Será abordado o uso de softwares para geração de dados geográficos em estrutura de nuvem de pontos, TIN, raster e curvas de nível. Recomenda-se que os alunos tenham conhecimentos sobre a obtenção de imagens por drones para aerofotogrametria. Este curso também visa apresentar técnicas de processamento de imagens mais avançadas para geração e classificação de informações geográficas de forma manual e automática.

Público-alvo: Profissionais de diversas áreas que precisam de conhecimentos sobre processamento de imagens obtidas por drones para geração de produtos.

Tópicos:
• Conceitos gerais para processamento de imagens obtidas por drones
• Softwares e suas qualidades (Photoscan, Pix4D e Context Capture)
• Uso de pontos de apoio e checagem no processamento de imagens
• Geração e classificação de nuvem de pontos
• Geração de dados TIN, raster e curvas de nível
• Geração de MDT e informações para topografia (perfis, volumetria)
• Geração de MDS e ortomosaicos
• Prevenção e solução de erros e problemas em processamento de imagens
• Avaliação de acurácia e enquadramento na norma INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais
• Softwares para processamento de produtos obtidos por fotogrametria por drones
• Análise de histograma e aumento de contraste
• Composições coloridas
• Fotointerpretação, edição vetorial e criação de banco de dados
• Álgebra de bandas e geração de índices de vegetação (ex: NDVI)
• Filtragem em dados matriciais e nuvem de pontos
• Técnicas de classificação de imagens
– Fatiamento
– Classificação supervisionada e não supervisionada
– Segmentação e classificação orientada a objetos
• Elementos de cartografia e edição de layout para entrega de dados

Instrutor: George Longhitano – G drones
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 
 

CURSO AVANÇADO: Tecnologias e Soluções para Monitoramento de Obras

6 de novembro – 9h às 18h30

Para obtermos os resultados esperados sem surpresas indesejadas e principalmente garantir a segurança das pessoas e investimentos, o Monitoramento se prova cada vez mais essencial e indispensável. Novas tecnologias vêm contribuindo a cada dia com a evolução dos equipamentos e técnicas deste processo. Neste curso serão apresentadas aplicações, dados obtidos, técnicas atuais, instrumentações utilizadas e produtos gerados, tanto para obras de menor porte quanto para barragens.
 
Público-alvo: Profissionais interessados no conhecimento de técnicas, tecnologias e metodologias, aplicadas em processos de monitoramento e avaliação de obras de pequeno a grande porte.

Tópicos:
• Introdução
• Planejamento e antecipação de problemas
• Condições necessárias para monitorar
• Tipos de dados
• Metodologias de coleta de dados e informações
• Digitalização de projetos e BIM
• Equipamentos e tecnologias de coleta de dados
• Monitoramento na construção civil
• Monitoramento de barragens e estruturas de grande porte
• Exemplos de produtos
• Discussão e estudos de caso
• Encerramento

Instrutor: Rogério Carlos Weigert Junior
Equipe Leica Geosystems, responsável pelas áreas de produtos e soluções voltadas ao Monitoramento de Barragens e Estruturas de grande porte. Engenheiro Cartógrafo e Agrimensor – UFPR (Curitiba/Brasil). Pós-Graduado em Auditoria, Avaliação e Perícias em Engenharia – IPOG/PR Experiência profissional: com mais de cinco de 5 anos de experiencia nas áreas de Monitoramento de Estruturas e Auditoria Estrutural em obras de Engenharia e Construção Civil, atualmente faz parte do grupo Hexagon, na Leica Geosystems, contribuindo com as áreas de produtos e soluções voltadas ao Monitoramento de Barragens e Estruturas de grande porte.

 
 
 

CURSO Prático QGIS Avançado para Análise Espacial

6 de novembro – 9h às 18h30

Esse treinamento irá ensinar os procedimentos avançados aplicados à Análise Espacial para trabalhar com o poderoso software livre QGIS 3.8. O objetivo desse curso é ensinar as mais modernas ferramentas de análise e representação espacial, as rotinas de geoprocessamento avançadas de distância e densidade espacial, e os principais interpoladores de dados disponíveis no QGIS.
 
Público-alvo: Esse treinamento é direcionado para profissionais e estudantes de qualquer área que desejam aprender a utilizar as ferramentas avançadas do QGIS para projetos de Análise Espacial.

Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Tópicos:
• Análise Espacial e Ferramentas de Geoprocessamento
– O que é Análise Espacial
– Ciclo da inteligência geográfica
– Ferramentas mais comuns de geoprocessamento
– Integrando ferramentas
• Análise e Representação Espacial
– Estruturando dados
– Junção de tabelas (join e relate)
– Classificação quantitativa avançada
– Cálculo de densidade demográfica e rótulos duplos
– Transformação da legenda de índice (quantitativo) para indicador (qualitativo)
– Complementos: Fototag e QuickMapServices
• Geoprocessamento Avançado
– Métodos de densidade e incidência espacial na Análise de Dados
– Mapas de Kernel
– Polígonos de Voronoi
– Extração de vértices
– Principais complementos do QGIS
• Interpoladores Espaciais no QGIS
– O que são interpoladores espaciais
– Interpoladores mais comuns
– Realizar interpolação 2D e 3D
– Visualizar dados 3D

Objetivos do curso:
• Compreender o que é Análise Espacial
• Utilizar ferramentas de análise e representação espacial no QGIS
• Executar rotinas de geoprocessamento avançadas
• Utilizar interpoladores para representar fenômenos espaciais

Instrutor: Ivan Leonardi
Mestre em Ciências e Tecnologia Ambiental na área de concentração em Avaliação de Bacias Hidrográficas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR (2018); Especialista em Georreferenciamento de Imóveis Rurais (2016); Geógrafo pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) com ênfase em Geociências (2014); Aperfeiçoamento profissional na área de Topografia (2013). Experiência há mais de 6 anos em Geoprocessamento, atuando na área de estudos ambientais, elaboração de mapas temáticos para materiais didáticos e instrutor de cursos online e presenciais. Além disso, possui certificação internacional ESRI ArcGIS Desktop Associate 19-001.

 

CURSO AVANÇADO: Topografia com Drones – Tecnologia, Métodos e Resultados

6 de novembro – 9h às 18h30

Neste curso serão abordados teoria e exemplos práticos de fotogrametria por Drone, usando o modelo Phantom como exemplo, tipos de câmeras e sensores que podem ser embarcados nestes, além de aprender como proceder como realizar um voo autônomo e gerar produtos cartográficos. Também serão abordados quais os melhores softwares de planejamento de voo, quais análises estatísticas a ser aplicadas para a validação do produto gerado e quais os melhores parâmetros a serem configurados no software de processamento, levando em consideração a aplicação que os dados serão usados.
 
Público-alvo: Profissionais da área de agrimensura, cartografia e correlatas que já usam os dados provinientes de fotogrametria por Drone no desenvolvimento de projetos de mapeamento e topografia, e querem aprimorar e expandir seus conhecimentos desta tecnologia

Tópicos
• Fotogrametria básica
• Tipos de câmeras e sensores a ser embarcados
• Conhecendo as principais funções do Drone Phantom
• APPs para planejamento de voo
• Legislação e normas sobre uso dos Drone
• Planejando um voo (como fazer e quais os melhores parâmetros)
• Qual a configuração de hardware básica para o processamento
• Processamento básico dos dados obtidos por Drone
• Usando SRTM no planejamento e no voo
• Como atender a normativa de Georreferenciamento do INCRA usando Drone
• Como implantar pontos de Apoio e de check
• Quais os melhores parâmetros a usar no processamento de dados em área urbana ou rural
• Processando e gerando dados cartográficos
• Como usar os dados 3D para processamento e geração de MDT em software de topografia
• Cálculo volumétrico
• Aplicando testes estatísticos e validando o produto gerado

Instrutor: Danilo A. Rodrigues
Diretor técnico e fundador da empresa GeoSurv Engenharia e Geomática. Empresa provedora de serviços na área de Agrimensura e Cartografia. Engenheiro Cartógrafo formado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP. Atuando há 13 anos no mercado de Geotecnologias.

 
 
 

1° Fórum de Observação da Terra – Soluções e Aplicações

6 de novembro – 9h às 17h40

Este Fórum tem a proposta de criar um ambiente de impacto positivo para apresentar  projetos e ideias relacionados à área de monitoramento ambiental no território brasileiro utilizando as Geotecnologias.
 
Público-alvo: profissionais ligados a gestão pública, defesa civil, empresas privadas e ONGs que atuam na área ambiental, infraestrutura, recursos naturais e agroflorestal.

Moderador: Emerson Granemann
CEO da MundoGEO

 
 
 

Painel da Manhã – 9h às 12h: Monitoramento Ambiental dos Biomas Brasileiros: Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e Pantanal
O objetivo deste painel é apresentar os resultados do projeto “Monitoramento dos Biomas: Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa”, que possui apoio financeiro do Fundo Amazônia, gestão administrativa da FUNCATE e coordenação técnica do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (INPE). Este projeto enquadra-se no contexto da estratégia nacional para REDD+ (Redução do Desmatamento e Degradação florestal) para a redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) por desmatamento nos Biomas Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e Pantanal. Seu objetivo principal é apoiar o mapeamento e monitoramento do desmatamento nos biomas brasileiros e assim gerar informações estratégicas para a gestão territorial do país, da mesma forma como o INPE vem realizando na Amazônia e no Cerrado. Com a ampliação das áreas monitoradas através deste projeto, a capacidade de análise também será ampliada, permitindo à sociedade conhecer e entender com mais clareza e transparência o que está acontecendo com a vegetação de todos os biomas brasileiros. Esta ação dará apoio às formulações de políticas públicas através do fornecimento de informações estratégicas sobre a dinâmica da cobertura da terra.

9h às 9h20 – Abertura do Painel

9h20 às 9h40 – Resumo do Projeto Monitoramento dos Biomas: Caatinga, Pampa, Pantanal e Mata Atlântica
Leila Fonseca (Pesquisadora – INPE)

9h40 às 10h – Construção de Proposta do Nível de Referência de Emissões Florestais (FREL)
Thelma Krug (Vice Chair do IPCC)

10h10 às 10h20 – Monitoramento da Supressão de Vegetação dos Biomas Caatinga, Cerrado, Pampa e Pantanal
Claudio Almeida (Coordenador do Programa de Monitoramento da Amazônia e demais Biomas do INPE)

10h20 às 10h40 – Intervalo

10h40 às 11h – Metodologias para Mapeamento da Vegetação Nativa dos Biomas Brasileiros
Dalton de Morisson Valeriano (Pesquisador – INPE)

11h às 11h20 – Geotecnologias para Apoiar Atividades de Mapeamento e Disseminação de Dados Geoespaciais
Lubia Vinhas (Coordenadora-Geral de Observação da Terra – INPE)

11h20 às 11h40 – Brazil Data Cube
Karine Reis (Pesquisadora – INPE)

11h40 às 12h – Experiência do Projeto Capacitree na Amazônia e possibilidades de Aplicação para demais Biomas
Alessandra Gomes (Chefe do Centro Regional da Amazônia – CRA – INPE)

12h às 14h – Intervalo

Painel da Tarde – 14h às 17h40: Projetos, Soluções e Aplicações

14h às 14h30 – O Programa Queimadas do INPE e a temporada de fogo de 2019
Alberto Setzer – Pesquisador do INPE

14h30 às 15h – Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE) do Ministério da Defesa
Representante do Ministério da Defesa*

15h às 15h20 – O Brasil em busca de seu Espaço
Paulo Roberto Braga Barros – Diretor de Satélites, Aplicações e Desenvolvimento da Agência Espacial Brasileira (AEB)

15h20 às 15h40 – Monitoramento Diário Orbital no apoio à detecção e combate de atividades ilícitas: Desmatamento, Mineração, Plantações ilícitas, Embarcações e Pistas clandestinas.
Representante da Polícia Federal

15h40 às 16h – Intervalo

16h às 16h30 – Monitoramento Contínuo de Imagens de Alta Resolução Otimizando Processos de Licenciamento, Fiscalização e Restauro.
Representante da SEMA do Estado do Mato Grosso

16h30 às 16h50 – Projeto Harpia: Sistema de Monitoramento da Vegetação Nativa da Bahia
Diogo Caribé de Sousa – Especialista em Meio Ambiente Geoprocessamento | COTIC | DIRAF – Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (INEMA)

16h50 às 17h10 – REDEZEE-SP – Plataforma Tecnológica de Informações Territoriais do Estado de São Paulo
Arlete Tieko Ohata – Diretora de Informações Ambientais da Coordenadoria de Planejamento Ambiental da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente – SP

17h10 às 17h40 – Usos das Geotecnologias na gestão do Meio Ambiente na cidade de São Paulo
Vivian Prado Fernandes – Diretora | Divisão de Informações Ambientais (DIA) – Coordenação de Planejamento Ambiental (CPA) – Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA/PMSP)

*a confirmar

 

* Esta programação poderá ser alterada pela organização do evento sem aviso prévio.      



CURSO AVANÇADO: Drones para Aerolevantamentos – Tecnologia, Levantamento, Processamento e Resultados

7 de novembro – 9h às 18h30

Tópicos:
• Tipos de Drones e Câmeras para Aerolevantamento
• Softwares utilizados:
• Softwares de planejamento de missão
• Softwares de processamento para geração de ortomosaicos e MDS
• Softwares de tratamento de dados
• Definição da quantidade e da distribuição dos pontos de apoio
• Definição da escala do levantamento
• Levantamentos com Drones que possuem RTK embarcado
• Processamento dos dados
• Edição e avaliação da qualidade dos ortomosaicos gerados;
• Geração de curvas de nível
• Extração de feições;
• Avaliação dos modeles segundo PEC (Padrão de Exatidão Cartográfica)

Instrutor: Luiz Dalbelo
Gerente de vendas de produtos de alta tecnologia e VANTs da Santiago & Cintra. Graduado em engenharia cartográfica pela Universidade Estadual Paulista, com mestrado em Ciências Geodésicas pela Universidade Estadual Paulista e vários anos de experiência atuando com VANTs.

 
 
 

CURSO PRÁTICO: Processamento de Imagens obtidas com Drones

7 de novembro – 9h às 18h30

A extração de informações a partir de produtos básicos gerados por aerofotogrametria é um diferencial que poucos profissionais atualmente possuem no mercado brasileiro. Será abordado o uso de softwares para geração de dados geográficos em estrutura de nuvem de pontos, TIN, raster e curvas de nível. Recomenda-se que os alunos tenham conhecimentos sobre a obtenção de imagens por drones para aerofotogrametria. Para algumas áreas de atuação, como agricultura e silvicultura, trata-se de um conhecimento praticamente essencial.

Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Tópicos:
• Conceitos gerais para processamento de imagens obtidas por drones
• Softwares e suas qualidades (Photoscan, Pix4D e Context Capture)
• Uso de pontos de apoio e checagem no processamento de imagens
• Geração e classificação de nuvem de pontos
• Geração de dados TIN, raster e curvas de nível
• Geração de MDT e informações para topografia (perfis, volumetria)
• Geração de MDS e ortomosaicos
• Prevenção e solução de erros e problemas em processamento de imagens
• Avaliação de acurácia e enquadramento na norma INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais
• Softwares para processamento de produtos obtidos por fotogrametria por drones
• Análise de histograma e aumento de contraste
• Composições coloridas
• Fotointerpretação e edição vetorial
• Álgebra de bandas e geração de índices de vegetação (ex: NDVI)
• Filtragem em dados matriciais e nuvem de pontos
• Técnicas de classificação de imagens
• Elementos de cartografia e edição de layout para entrega de dados

Instrutor: George Longhitano – G drones
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 

CURSO AVANÇADO: Construção Digital com ferramentas de Laser Scanning e Layout Digital

7 de novembro – 9h às 18h30

O laser scanner  Leica RTC360 e as estações totais robóticas do iCON iCR 70/80 estão entre as ferramentas mais produtivas para a construção em 2019, de acordo com a edição a mais recente da revista Construction Executive. A listagem anual das principais inovações da indústria destaca as soluções projetadas para economizar tempo, aumentar a precisão, reduzir o retrabalho, aumentar a eficiência e melhorar a produtividade.
 
Este curso abrange os princípios de escaneamento do Leica RTC360 e as melhores práticas ao entre de fluxos de trabalho de software de campo e de escritório. Vamos fazer uma visão geral e simular a coleta de dados de campo, bem como importar dados para o Leica Cyclone REGISTER 360 e prepará-lo para o Leica CloudWorx para AutoCAD e REVIT. Também inclui fluxo de preparação e retorno de dados de asbuild e layout digital com a Leica iCON iCR80, com Autodek Points Layout sobre o AutoCAD. As estações totais robóticas Leica iCON iCR80 oferecem elevados níveis de produtividade e exatidão. Os iCR80 são precisos, fáceis de aprender e de usar, e só travar no alvo pretendido (não coletes reflexivos ou outras distrações), dando-lhe o máximo de controle no campo.
 
O objetivo deste curso é fornecer conhecimentos e melhores práticas para o uso de ferramentas de captura de realidade e layout digital, diretrizes e experiências de melhores práticas usando as ferramentas para elaborar e analisar uma nuvem de pontos e dados de asbuilt. Essas soluções de digitalização a laser e layout digital quebram as barreiras para implementar métodos de construção digital e pavimentar novos caminhos para a produtividade. Esta sessão é para você para saber como essas soluções inovadoras podem ajudar sua empresa a alcançar facilmente uma transformação digital.

Público-alvo: Este curso é adequado para clientes que são novos para os fluxos de trabalho de nuvem de pontos e layout digital e gostariam de obter o máximo de seus equipamentos e software de nuvem de ponto e autorais de projeto.

Tópicos:
• Discussão de recursos de escaneamento e imageamento do Leica RTC360, funções de coleta e layout digital da Leica iCON iCR80
• Princípios de escaneamento da do Leica RTC360
• Importação/exportação de dados
• Visão geral do módulo de processamento de nuvem de pontos Leica Cyclone REGISTER 360
• Limpeza, edição e análise de nuvens de pontos no Leica Cyclone REGISTER 360
• Ferramentas de desenho com CloudWorx
• Ferramentas de análise de nuvem de pontos no CloudWorx
• Preparação e fluxo de retorno de dados com a Leica iCON iCR80

Módulos de software necessários:
Versões atuais do Cyclone REGISTER 360, CloudWorx e Plataforma Autodesk. A instalação do atual simulador de estação total do Leica iCON iCR80 é altamente recomendável. Licenças de treinamento disponíveis mediante solicitação (não inclui Autodesk).

Instrutor: Miguel Menegusto
Equipe de LATAM Geomatics Leica Geosystems. Com 8 anos de experiência em captura de realidade, Miguel Menegusto faz parte do time de geomática da Leica Geosystems como Gerente de Produto para Scanning na América do Sul, auxiliando usuários a aumentarem a produtividade e a qualidade de projetos com Laser Scanning, Estações Totais e GPS em aplicações de Arquitetura, Construção, Mineração, Plantas Industriais e etc. Formado pela Universidade Federal do Paraná e Instituto Real de Tecnologia de Estocolmo em Engenharia Cartográfica com extensão em Geodésia e Geoinformática.

 

CURSO AVANÇADO: Agricultura com Drones: Tecnologias, Métodos e Estudos de Caso

7 de novembro – 9h às 18h30

Hoje, os drones são aliados na Agricultura, com ganhos de produtividade e redução de custos. Neste curso será detalhado o ciclo de agricultura de precisão, desde os métodos de sensoriamento remoto até processamento de dados, com foco nos conceitos e na escolha de equipamentos, acessórios e softwares.
 
O uso avançado de drones na Agricultura, além de ganhos de produtividade e redução de custos, gera continuamente dados para tomada de decisão no futuro. Neste curso serão detalhados três cases do uso de drones na Agricultura: cana de açúcar, silvicultura/citricultura/cafeicultura e grãos.
 
Público-alvo:Este é um treinamento indicado para quem já tenha conhecimentos básicos sobre drones na Agricultura e tenha interesse em se aprofundar no tema através de estudos de caso.

Tópicos:
• O ciclo de agricultura de precisão na agricultura
– Sensoriamento
– Análise
– Atuação
 
• Métodos de sensoriamento remoto na agricultura de precisão
– Histórico do sensoriamento remoto com drones
– Como selecionar seu drone para sensoriamento na Agricultura de Precisão
– Como selecionar os sensores e outros acessórios na Agricultura de Precisão
 
• Métodos de processamento de dados para agricultura de precisão
– Softwares de cálculo de índices
– Softwares de classificação orientada a objetos
 
• Métodos de atuação da agricultura de precisão
– Histórico da atuação do sensoriamento com drones
– Como selecionar seu drone para atuação na Agricultura de Precisão
– Como selecionar os acessórios para atuação na Agricultura de Precisão
 
• Métodos de processamento de dados para agricultura de precisão
– Aplicação de agentes biológicos
– Aplicação de agentes químicos
 
• Estudo de caso 1 – Cana de açúcar
– Cálculo de volume de bagaço de cana
– Análise de topografia, fluxo de enxurrada, definição de pontos críticos de erosão, projeto de terraços e de escoamento superficial difuso
– Restituição de linhas de plantio para projeto logístico de tiro de colheita e georreferenciamento de colheita automática
– Localização de falhas de plantio pelo método de Stolf
– Análise fitossanitária nas fases de perfilamento e maturação
– Matologia – identificação e tratamento de invasoras nas fases de perfilamento e maturação
 
• Estudo de caso 2 – Silvicultura, Citricultura e Cafeicultura
– Contagem de indivíduos
– Cálculo de diâmetro de copa
– Cálculo de falhas de plantio
– Análise fitossanitária (ex. phytophthora, greening, etc)
– Matologia (identificação e tratamento de invasoras)
 
• Estudo de caso 3 – Grãos
– Estimativa de déficit nutritivo
– Cálculo de necessidade de nitrogênio e avaliação de resultados na aplicação de nitrogênio
– Análise fitossanitária (ex. nematóides, mosaico de trigo, ferrugem de cabeça, etc)
– Matologia (identificação e tratamento de invasoras)

GiovaniInstrutor: Giovani Amianti
Engenheiro mecatrônico formado pela Poli-USP e mestre em sistemas aviônicos de RPAS pela Poli-USP. Iniciou o desenvolvimento de drones em 2004 e em 2007 fundou a XMobots. Esteve à frente de projetos já consagrados no mercado nacional de RPAS, como os drones Nauru 500x, que foi o primeiro avião não tripulado privado do Brasil autorizado a voar pela ANAC além do Echar 20x recentemente utilizado pelo INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais e Arator 5x que se consolidou no mercado sucroalcooleiro. Atualmente é o CEO da XMobots, considerada uma das líderes na América Latina do segmento de Drones para Agricultura.
 
 
 

1º Fórum de Soluções Geoespaciais para Smart Cities

7 de novembro – 9h às 18h30

Os modelos digitais das cidades são fundamentais para a implantação das Cidades Inteligentes de qualquer tamanho e esses modelos dependem das geotecnologias. Não há ‘smart city’ sem modelo da cidade e não há modelo de cidade sem informação georreferenciada.
 
Este Fórum vai apresentar de forma inédita as diversas soluções geoespaciais essenciais para dar suporte às ações de planejamento, arrecadação e monitoramento da infraestrutura municipal.
 
Além dos resultados, serão debatidos os desafios na implantação destes projetos sob o ponto de vista tecnológico e cultural, bem como os impactos das decisões tomadas a partir das análises das informações geoespaciais, obtidas de diferentes plataformas de coleta e processamento de dados.
 
Público-alvo: especialistas, empresários da cadeia produtiva do setor e gestores públicos ligados à gestão municipal.

Mediador: Emerson Granemann
CEO da MundoGEO

 
 
 

9h às 9h50 – Painel: Porque sem uma política de informação geográfica a cidade não é inteligente
Grazi Carvalho – CEO da Trilha Treinamentos

9h50 às 10h10 – O projeto GeoSampa da cidade de São Paulo – um exemplo a seguir
Luciana Pascarelli Santos – Coordenadora da GeoInfo / Secretaria Municipal de Urbanismo do Município de São Paulo

10h10 às 10h30 – Drones nas Smart Cities & Drones – Utilidade e Segurança
André Arruda – CEO da AL Drones

10h30 às 11h – Intervalo

11h às 12h30 – Painel: Drones, carros, aviões ou satélites para mapear as cidades?
Cleber Oliveira – Diretor da Visiona
Danilo Rodrigues – Diretor da GeoSurv
Valther Aguiar – Diretor da Esteio
Esther Querat – Airbus Defence and Space
Fabricio Hertz – Diretor da Horus Aeronaves

12h30 às 14h – Intervalo

14h às 14h40 – Painel: Qual o Cadastro ideal para uma cidade?
Agostinho de Rezende – Diretor da DRZ/Maptriz Smart City
Regis Bueno – Diretor da Geovector

14h40 às 15h – A revolução proposta pelo Projeto SINTER para as cidades
Alessandro Machado – Diretor da ABM Agrimensura

15h às 15h30 – Painel: Proposta de especificação técnica de um sistema de gestão cadastral municipal
Everton Nubiato – Supervisor de Desenvolvimento de Sistemas da Engefoto

15h30 às 16h – Painel: Plano Diretor nas Smart Cities
Julio Ribeiro – CEO da Hubse

16h às 16h30 – Intervalo

16h30 às 18h – Painel: Como implantar com sucesso um sistema de gestão de informações georreferenciadas municipal?
Letícia Mose – Especialista em Governo Municipal da Imagem
Maurício Cícero de Castro – Geoambiente
Fernando Leonardi – Diretor da Geopixel
Juliano Lazaro – Gerente da Hexagon Geospatial

 

* Esta programação poderá ser alterada pela organização do evento sem aviso prévio.      

DroneShow e MundoGEO Connect PLUS – 5 a 7 de novembro de 2019

Hotel Meliá Ibirapuera – Av. Ibirapuera, 2534 – São Paulo – SP – Brasil

Cada Fórum: de R$ 540,00 por R$ 490,00
Cada Curso: de R$ 740,00 por R$ 690,00
Cada Curso Prático: de R$ 940,00 por R$ 890,00

Parcele em até 10x sem juros no cartão de crédito

* Oferta válida até 31 de outubro de 2019

Entre em contato:
Telefones: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848
E-mail: atendimento@mundogeo.com | WhatsApp (41) 999-191-357

Benefícios dos participantes:
• Certificado de participação
• Acesso aos arquivos pdf dos conteúdos apresentados no(s) fórum(s) e/ou curso(s) escolhido(s)
• Acesso livre aos 3 dias da Mostra de Tecnologia – produtos e serviços

Patrocínio

Apoio Institucional

Apoio de Divulgação