DroneLand mostrará seus serviços de filmagens e personalização de Drones

A DroneLand, empresa nacional do segmento de criação e design de Frames personalizados para Quadcópteros e projetos de filmagens aéreas, estará presente na DroneShow 2015, a 1ª feira de Drones do Brasil.

Fundada em 2014, a DroneLand tem como objetivo trazer ao público brasileiro frames personalizados para FPV de uso pessoal, profissional ou para drones de corrida. A DroneLand possui a patente de cinco modelos de frames personalizados em fibra de carbono totalmente nacionalizados. A empresa tem como sócio fundador Diego Martins, um profissional da área de engenharia de sistemas.

DroneLand fez imagens do Morombi, estádio do São Paulo Futebol Clube

DroneLand fez imagens do Morombi, estádio do São Paulo Futebol Clube

Dentro do serviço de filmagens profissionais, a DroneLand realizou em 2015 imagens e vídeos do São Paulo Futebol Clube, nos Centros de Treinamento de Cotia, Morumbi e Barra Funda.

A DroneLand também presta serviços na área de aeromodelismo para quadcópteros:

• Venda de produtos e artigos para quadcópteros (e-commerce)
• Aulas práticas de voos
• Serviços de filmagens
• Montagem e manutenção de equipamentos (NAZA, APM, motores, etc.)
• Consultoria em geral para quadcópteros

Na feira DroneShow 2015, a DroneLand tem como objetivo expor e divulgar alguns modelos de Frames para corridas (mini-frames), os modelos DroneLand 250, 280 e o minihexa, além de dois Frames maiores, os modelos DL360 e DL390, para FPV e filmagens.

Atualmente, a DroneLand está se preparando para lançar seu serviço de e-commerce, permitindo que o público brasileiro tenha a opção de adquirir um Frame ou multirrotor no próprio país, sem ter a necessidade de importar.

Outra novidade divulgada pela DroneLand é a efetivação de uma parceria com uma empresa do ramo de segurança. Atualmente, a empresa está em fase inicial de testes no uso de drones para vigilância e monitoramento de propriedades particulares. O objetivo dessa atividade, segundo o engenheiro Diego Martins, é reduzir o risco para o vigilante noturno e fazer a ronda com drones via GPS e Waypoints.

O engenheiro afirma ainda que a DroneLand respeitas a legislação e não sobrevoas nenhuma área povoada ou promove atividades deste gênero. “Nós repudiamos qualquer movimento de hobistas que simplesmente sobrevoam a cidade com drones sem autorização, colocando em risco assim a vida de outras pessoas”, declara o engenheiro.

DroneLand-Diego Martins

Engenheiro Diego Martins, sócio fundador da DroneLand

 

Para mais informações sobre a DroneLand, confira suas páginas nas redes sociais:

facebook.com/dronelandoficial

vimeo.com/droneland

instagram.com/dronelandoficial

• www.droneland.org (e-commerce em desenvolvimento)