Curso aborda técnicas para Inspeções com o uso de Drones

Vagas limitadas nas atividades (cursos, seminários e fórum) do DroneShow e MundoGEO Connect 2019. Garanta a sua!

curso de inspecao predial com uso de dronesDrones podem apoiar atividades de inspeções prediais na construção civil e na gestão de facilities, entre outras áreas, trazendo ganhos de produtividade e redução de custos e de riscos.

E para quem já atua ou pretende atuar neste setor será realizado um curso no dia 27 de junho em São Paulo (SP) dentro da programação do DroneShow 2019.

Nesse curso avançado serão detalhadas as técnicas de coletas de dados visuais, o uso da inteligência artificial e explora alguns estudos de casos, realizados em Singapura e no Brasil.

É um curso indicado para empresas de Engenharia com atividades de inspeções prediais, bem como profissionais dos segmentos de facility management e seguradoras de ativos imobiliários, além de construtoras e empresas de serviços com drones interessadas em inspeções prediais e no ganho de produtividade nas inspeções com drones e análise dos dados.

Tópicos que serão abordados no curso:
• Vantagens e desvantagens da utilização dos RPAS (drones) nas inspeções prediais
• Legislação vigente para RPAS (drones) focada nas atividades de inspeções prediais
• Documentos obrigatórios para as operações com RPAS
• Quais mercados demandam por inspeções prediais com RPAS?
• Principais atividades do fluxo de trabalho com RPAS: da inspeção ao relatório/laudo técnico
• Riscos durante a operação de inspeção. Como mitigá-los?
• Modelos e marcas de RPAS mais adequados e utilizados para a realização das inspeções prediais
• Considerações sobre sensores embarcados em RPAS para fins de inspeções prediais
• Patologias que podem ser analisadas a partir dos dados coletados por RPAS e seus sensores
• Como estimar o número de imagens a serem captadas durante a inspeção?
• Como calcular a resolução dos pixels na fachada a partir das características do sensor e da proximidade da fachada?
• Normas da Engenharia
• Considerações sobre dispositivos de segurança e comunicação relevantes nos RPAS para inspeções prediais
• Planos de voo para inspeções verticais
• Como melhorar a produtividade nos serviços com drones para fins de inspeções prediais? (da coleta ao processamento, mapeamento de patologias e relatório final)
• Softwares utilizados no mercado e metodologias de trabalho.
• Como a inteligência artificial facilita o fluxo de trabalho do perito e da equipe de manutenção?
• Explorando a plataforma digital H3ZOOM
• Estudos de Caso
• Tendências tecnológicas e inovações no segmento de inspeções a partir de drones

carlos-galassi-390x390O instrutor será Emílio Hoffman, Engenheiro eletricista pela UFPR, autor do livro A Era do Hidrogênio, das Energias Renováveis e Células a Combustível, e pós-graduando em RPAs (Drones) e VANTs em Aplicações Civis e Comerciais – PUCPR. É co-fundador e diretor de operações na América Latina da H3 Dynamics, empresa com sede matriz em Cingapura e que desenvolve soluções disruptivas que convergem diversas áreas da tecnologia, tais como: células a combustível a hidrogênio ultraleves para drones de longa autonomia, plataformas robóticas para automação de missões remotas de drones, e plataformas de inteligência artificial para processamento dos dados coletados por drones. Também é diretor de desenvolvimento de negócios da H3ZOOM.AI (inteligência artificial) e da HES Energy Systems (células a combustível H2) na América Latina, ambas subsidiárias da H3 Dynamics. É fundador da Brasil H2, empresa fundada em 2003 e dedicada às tecnologias de células a combustível para diversas aplicações.

Veja a programação completa do evento e faça sua inscrição antecipada. Vagas limitadas!

Auditório do DroneShow 2018, realizado em maio passado na capital paulista

Um dos auditórios da última edição dos eventos DroneShow e MundoGEO Connect

Drones e Geotecnologia na Indústria 4.0

Marque na sua agenda: de 25 a 27 de junho acontecem em São Paulo (SP) os eventos DroneShow e MundoGEO Connect 2019, os maiores da América Latina e entre os cinco maiores do mundo no setor. Alinhados às tendências globais e com foco na realidade regional, o tema geral dos eventos este ano será “Drones e Geotecnologia na Indústria 4.0”, com previsão de 4 mil participantes, 30 atividades e mais de 230 horas de conteúdo.

Instagram-Imagem-Post-B3Os conteúdos dos cursos, palestras e debates foram formatados por um time de curadores para atender as demandas de empresas, profissionais e usuários principalmente nos setores de Agricultura, Cidades Inteligentes, Governança Digital, Infraestrutura, Meio Ambiente, Recursos Naturais, Segurança e Defesa.

Dentre as tecnologias disruptivas que estarão em destaque, estão Big Data, Inteligência Artificial / Machine Learning, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, BIM, Tecnologia Autônoma, entre outras, tudo isso cada vez mais integrado às Geotecnologias (Mapeamento, Cadastro, Imagens de Satélites, Inteligência Geográfica, GIS).

Perfil dos expositores da feira: prestadores de serviços de aerolevantamentos, mapeamento e cadastro; desenvolvedores de sistemas de análise espacial; provedores de imagens de satélites; fabricantes e importadores de drones; fabricantes de sensores e tecnologias embarcada; distribuidores de softwares, plataformas de processamento e análise de dados; agências reguladoras e órgão governamentais; empresas de consultoria e treinamento; distribuidores de equipamentos de geomática; empresas de mapeamento móvel, entre outras.

Veja a programação completa de cursos e seminários e garanta sua vaga! Confira um resumo de como foi a última edição dos eventos DroneShow e MundoGEO Connect:

Imagem: Divulgação