10 dicas importantes para quem quer ter sua própria Startup

Participantes do Programa de Aceleração Visa dividem suas experiências e trazem dicas para quem está começando a se aventurar no mundo dos negócios

dicas para startupsTer um negócio próprio ou uma startup talvez seja o sonho de muitos brasileiros que buscam o empreendedorismo, porém se manter no mercado e crescer pode não ser uma tarefa tão fácil. Mesmo com conhecimento do mercado e profissionalismo na área em que se busca investir, a grande maioria das startups acabam ficando pelo caminho.

Há três anos, o Programa de Aceleração Visa investe e desenvolve o empreendedorismo e novas soluções para o mercado. As empresas recebem mentorias de executivos, têm a oportunidade de ir ao Vale do Silício revisar sua estratégia de negócio, fazer benchmark, além de validar se a solução criada por eles pode ser internacionalizada.

10 dicas

Beatriz Montiani, diretora de Soluções e Inovação da Visa, recomenda 10 dicas importantes para quem quer ter sua própria startup:

1 – Não se apaixone pela sua ideia. Analise se ela resolve de fato uma dor de seu cliente e valide com possíveis usuários
2 – Pesquise muito sobre o seu nicho de mercado, sempre haverá aprendizados
3 – Mantenha o foco no que quer realizar e construir
4 – Monte um plano de negócios, com metas e objetivos claros
5 – Fique atento ao momento certo de concluir negócios, não perca oportunidades
6 – Atraia e mantenha talentos diversos e melhores que você para complementar seu time
7 – Controle suas finanças, tenha um plano detalhado
8 – Não tenha pressa para suas conquistas
9 – Avalie o melhor momento de buscar investimento
10 – Seja persistente e humilde

Startups dividem experiências

Algumas das startups que participaram do programa contam um pouco da sua experiência e dividem algumas dicas com futuros ou novos empreendedores.

Edgar Scherer, um dos sócios da Getmore, empresa que oferece soluções para fidelizar clientes, colaboradores e canais de venda, traz algumas dicas do dia a dia de uma startup. “O fundador tem que estar preparado para ouvir alguns nãos e absorver momentos de frustração durante a jornada. As ideias inovadoras são muito importantes, mas a execução eficiente é a chave para o sucesso”. Ainda segundo ele, os principais obstáculos para iniciar um negócio são tempo, dinheiro e apoio. “É preciso ser forte para não desistir do negócio antes que ele decole”, garante o empresário.

Já Uasden Ferreira, CEO e fundador da Safeticket, plataforma de venda de ingressos para eventos, garante que é importante pesquisar muito e focar nas soluções para atender os clientes da melhor forma possível, garantindo uma boa jornada e experiência. Outra dica é atrair e manter os talentos, que podem fortalecer o negócio. “Entre as maiores dificuldades estão a desconfiança dos clientes no início e a dificuldade de encontrar uma equipe experiente”, diz Ferreira.

“Coloque as ideias no papel, trace objetivos e faça um plano de negócios”. Estes são alguns dos conselhos dados por Fabíola Paes, especialista em varejo, CEO e co-fundadora da Neomode, startup que automatiza todo o processo de vendas do varejo unificando a loja física com canais online de venda. “Busque capacitação em centros de inovação. Capriche nos pitches e aproveite as maratonas de tecnologia e as possibilidades de apresentar seu case a terceiros. Divulgue o que você faz e invista na construção da reputação do seu negócio”. Ela ainda reforça a importância de se manter informado sobre o seu setor, conhecer mais sobre as tendências, além de construir uma boa rede de relacionamentos.

Lidar com a ansiedade, expectativa e um orçamento enxuto foram coisas que exigiram muito também dos fundadores da Neomode. A busca por novos mercados e clientes também fez Fabiola mudar-se para São Paulo e enfrentar uma mudança na sua realidade pessoal, além da profissional.

Soluções Inovadoras para Mercados Verticais

Estão abertas as inscrições no DroneShow MundoGEO Connect 2020, que acontece de 19 a 21 de maio no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP) com o tema Soluções Inovadoras para Mercados Verticais. O evento apresenta as aplicações das geotecnologias e drones na Agricultura, Florestas, Construção, Smart Cities, Segurança, Defesa, Utilities, Mineração, Óleo e Gás, Energia, Logística, Meio Ambiente, Transportes e Infraestrutura em geral. Conheça a programação completa e garanta sua vaga!

droneshow e mundogeo connect 2020 solucoes inovadoras para mercados verticais

Será um verdadeiro festival de atrações: várias arenas com apresentações inovadoras, uma grade com cursos básicos, avançados e práticos, seminários e fóruns temáticos, espaço para experimentação de tecnologias 3D, premiação dos melhores projetos, lugar para encontros agendados para geração de negócios e troca de experiências, além da maior feira do setor nas Américas em número de visitantes, onde estarão presentes os principais desenvolvedores, fabricantes, distribuidores, fornecedores de tecnologia e prestadores de serviços do setor. Veja quem já reservou seu lugar na feira.

Confira um resumo de como foi a última edição do MundoGEO Connect e DroneShow, que contou com 3.800 participantes, 120 marcas, 200 palestrantes e 40 atividades:

 

Imagem: Pixabay