NASA testa gerenciamento de tráfego de drones em ambiente urbano

Objetivo é ajudar a indústria de drones a entender os desafios impostos pelo voo nas cidades

Ilustração retrata vários drones voando em um ambiente urbano, que será o cenário para o teste da NASA

Ilustração retrata vários drones voando em um ambiente urbano, que será o cenário para o teste da NASA

A Agência Espacial Norte-americana (NASA) selecionou duas organizações para sediar a fase final de sua série de quatro anos de demonstrações técnicas usando drones em ambientes urbanos.

O Instituto de Sistemas Autônomos de Nevada, em Las Vegas, e o Centro de Excelência e Inovação Lone Star UAS, em Corpus Christi, Texas, receberão demonstrações para confirmar que o sistema de gerenciamento de tráfego de drones da NASA pode fazer a gestão, com segurança e eficácia, do tráfego de drones em uma área urbana.

Os voos de drones acontecerão no centro de Reno, Nevada, entre março e junho, e em Corpus Christi, nos meses de julho e agosto.

“Esta fase representa a mais complicada demonstração já realizada até hoje de drones operando em um ambiente urbano exigente”, disse Ronald Johnson, gerente de projeto UTM, da Nasa. “Estamos satisfeitos com os planos de nossos parceiros em Nevada e no Texas para realizar testes de voo em um ambiente urbano real, com o apoio da cidade de Reno e da cidade de Corpus Christi”, conclui.

Com essas demonstrações, a NASA e seus parceiros, incluindo a Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês), pretendem ajudar a indústria de drones a entender os desafios impostos pelo voo nas cidades.

Os resultados das demonstrações de voo também ajudarão a definir futuras regras, políticas e procedimentos de gerenciamento de tráfego para operar drones com segurança em áreas povoadas.

As principais tecnologias a serem demonstradas incluem: o Sistema de Gerenciamento de Informações de Voo do regulador do espaço aéreo, a interface do Fornecedor de Serviços de drones para vários provedores independentes de serviços de gerenciamento de tráfego e sua interface com recursos de detecção integrados em aeronaves, a comunicação entre elas, a prevenção de colisão, além de tecnologias automatizadas para pouso seguro.

“Estamos muito entusiasmados em firmar uma parceria com a NASA em um programa tão importante, que terá um impacto significativo e inovador na indústria global de drones”, disse Chris Walach, diretor sênior da organização de Nevada.

Mike Sanders, diretor executivo em exercício da organização do Texas, acrescentou: “esta série de testes é um passo fundamental para permitir a integração segura de sistemas de aeronaves não tripuladas em um ambiente urbano”.

O projeto UTM faz parte do Programa de Operações e Segurança do Espaço Aéreo na Diretoria da Missão de Pesquisa Aeronáutica da NASA.

Drones e Geotecnologia na Indústria 4.0

Você já pode marcar na sua agenda: de 25 a 27 de junho acontecem em São Paulo (SP) os eventos DroneShow e MundoGEO Connect 2019, os maiores da América Latina e entre os cinco maiores do mundo no setor.

Alinhados às tendências globais e com foco na realidade regional, o tema geral dos eventos este ano será “Drones e Geotecnologia na Indústria 4.0”.

g-Instagram---Imagem-PostOs conteúdos dos cursos, palestras e debates estão sendo formatados por um time de curadores para atender as demandas de empresas, profissionais e usuários principalmente nos setores de Agricultura, Cidades Inteligentes, Governança Digital, Infraestrutura, Meio Ambiente, Recursos Naturais, Segurança e Defesa.

Dentre as tecnologias disruptivas que estarão em destaque, estão Big Data, Inteligência Artificial / Machine Learning, Internet das Coisas, Realidade Virtual e Aumentada, BIM, Tecnologia Autônoma, entre outras, tudo isso cada vez mais integrado às Geotecnologias (Mapeamento, Cadastro, Imagens de Satélites, Inteligência Geográfica, GIS).

Veja a programação completa de cursos e seminários e garanta sua vaga!

Confira um resumo de como foi a última edição dos eventos DroneShow e MundoGEO Connect:

Imagem: NASA