Artigo: A utilização de Drones na Mineração e principais produtos gerados

Por Senva Sensoriamento Remoto

Você já deve ter ouvido falar sobre inúmeras aplicações dos Drones e dos benefícios que esta tecnologia tem agregado.

Mas o que é VANT ou Drone?

VANT é a sigla de Veículo Aéreo Não Tripulado, popularmente conhecido como Drone. Um Sistema VANT é composto por uma Estação de Controle Remota e uma plataforma aérea embarcada com sensores calibrados para mapeamento.

Os VANTs, diferentemente dos aeromodelos, possuem inteligência artificial e são projetados para assegurar condições ideais de aeronavegabilidade, conforme os padrões da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

A utilização de VANT – Veículo Aéreo Não Tripulado (drone) na mineração permite o acompanhamento e monitoramento de frentes de serviços.

O Levantamento aerofotogramétrico com uso de VANT (drone) permite obter base de dados de forma muito rápida, detalhada, precisa e atualizada da planta da mina.

Após o sobrevoo, são empregadas técnicas complexas de processamento de dados para que sejam gerados produtos cartográficos, tais como:
– Ortofoto
– Nuvem de pontos
– Modelo Digital de Superfície – MDS
– Modelo Digital de Terreno – MDT
– Curvas de nível
– Cálculo de volume
– Perfil do terreno
– Simulação 3D de Projeto de Recuperação Ambiental
– Simulação de avanço de lavra

Utilização de VANT (drone) na Mineração

A partir do levantamento com Drone, conhecido como Levantamento Aerofotogramétrico, é possível realizar o acompanhamento e monitoramento das frentes de serviços.

Desta forma, pode-se obter uma base de dados atualizada da mina de forma rápida, detalhada e precisa.

Principais produtos gerados:

• Ortofoto Georreferenciada

É uma fotografia com propriedades de geolocalização e que exibe objetos em vista ortográfica. A ortofoto permite a criação de mapas de atualização da cava, vetorização e identificação visual de elementos/objetos.

Figura 1 - Exemplo de ortofoto georreferenciada

Figura 1 – Exemplo de ortofoto georreferenciada

• Nuvem de pontos

A Nuvem de Pontos é conjunto de pontos com um sistema de coordenadas 3D (x,y,z) conhecido. No levantamento com drone é gerada uma Nuvem de Pontos que permite medições de coordenadas e cotas de um terreno, geração de modelos digitais de elevação, imagens ortorretificadas e malhas tridimensionais.

Figura 2 - Nuvem de pontos

Figura 2 – Nuvem de pontos

Figura 3 - Nuvem de pontos

Figura 3 – Nuvem de pontos

Figura 4 - Nuvem de pontos

Figura 4 – Nuvem de pontos

• MDS e MDT

Modelo Digital de Superfície (MDS) é o modelo gerado para representação de todos os elementos e objetos sobre a superfície do solo. Por sua vez, Modelo Digital de Terreno (MDT) é o modelo gerado para representação da topografia do terreno excluindo os elementos sobre o solo, como árvores, edificações, veículos, etc.

Figura 5 – esquema: MDS x MDT

Figura 5 – esquema: MDS x MDT

Figura 6 - Modelo Digital de Superfície – MDS

Figura 6 – Modelo Digital de Superfície – MDS

Figura 7 - Modelo Digital de Terreno - MDT

Figura 7 – Modelo Digital de Terreno – MDT

• Curvas de nível

A Curva de Nível, extraída a partir do MDT, é uma linha imaginária referente as curvas altimétricas que ligam pontos de mesma altitude.

Figura 8 - MDT com curvas de nível

Figura 8 – MDT com curvas de nível

• Cálculo de volume e Perfil do Terreno

Após o processamento dos dados coletados pelo drone, é possível calcular volumes de materiais extraídos e volume de estoque. Além disso, pode-se realizar medições de perfil.

Figura 9 - Cálculo de Volume

Figura 9 – Cálculo de Volume

Figura 10 - Perfil do terreno

Figura 10 – Perfil do terreno

• Simulação 3D de Projeto de Recuperação Ambiental

Com base nas informações geradas após o processamento dos dados e no Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD, são criadas simulações em 3D para representar uma perspectiva futura da área reabilitada.

Assista o vídeo:

• Simulação de avanço de lavra

De igual maneira ao item anterior, são criadas simulações de avanço da lavra com base nos projetos da mina. A simulação de avanço de lavra tem grande importância no planejamento da mina.

Assista o vídeo:

+Informações:
www.senva.com.br
(31) 3080-4730

DroneShow Online em Junho

10.im_FaceContinua repercutindo o sucesso do DroneShow 2018, que aconteceu juntamente com o MundoGEO#Connect de 15 a 17 de maio no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP).

Para quem não conseguiu fazer alguma atividade do evento presencial, está aberta a inscrição para uma oportunidade imperdível: o DroneShow Online será realizado de 19 a 21 de junho!

Será um seminário no qual o diretor da DroneShow, Emerson Granemann, fará um resumo dos principais lançamentos da feira e das questões discutidas no seminário de regulamentação e novos mercado, além de cinco mini-cursos com instrutores renomados, nas áreas de processamento de imagens, mapeamento, topografia e agricultura.

Os inscritos poderão acompanhar ao vivo ou assistir depois o replay, terão acesso aos materiais apresentados e poderão participar em um grupo fechado de networking.

Conheça os instrutores, a programação completa e inscreva-se

Este evento online com vagas limitadas tem o objetivo de oferecer uma oportunidade para quem não conseguiu acompanhar alguns dos principais conteúdos do evento DroneShow 2018 e também para quem foi ao evento mas não conseguiu assistir todas as atividades.