MundoGEO-Connect-hotizontaldroneshow-640px
 
 
 

Faça sua inscrição antecipada comum super desconto e parcele sua compra em até 10 vezes!

1 Seminário, 1 Fórum ou 1 Curso: de R$ 490,00 por R$ 370,00
1 Curso Prático: de R$ 990,00 por R$ 840,00

 

Você também pode assistir todos os fóruns e seminários com uma condição super especial e parcelar em até 10 vezes!

Passaporte Seminários e Fóruns – 1 dia: de R$ 1.350,00 por R$ 990,00 (economize 27%)
Passaporte Seminários e Fóruns – 3 dias: de R$ 4.050,00 por R$ 1.980,00 (leve 3, pague 2 – economize 50%)

Oferta válida até 29/fev/2020. Parcelamento válido para pagamentos no cartão de crédito.

Entre em contato:
Telefones: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848
E-mail: contato@mundogeo.com | WhatsApp +55 (41) 999 191 357

 

Benefícios dos participantes:
• Acesso ao conteúdo (slides) da atividade escolhida (pós evento);
• Acesso aos 3 dias da feira;
• Acesso às Arenas no espaço da feira nos 3 dias do evento;
• Acesso à Conferência de Abertura no dia 19 de maio;
• Acesso às Atividades Especias;
• Acesso ao espaço de Experiências 3D;
• Participar das Rodadas de Negócios e Conexões;
• Certificado de participação (pós evento).

Conheça a programação completa

Conferência de Abertura: Transformação Digital

19 de maio – 8h30 às 12h30

Neste espaço estão previstas apresentações especiais que destaquem como as geotecnologias e os drones têm papel ativo na Transformação Digital, melhorando o desempenho, aumentando o alcance e garantindo melhores resultados para as organizações e consequentemente impactando a vida das pessoas.

Moderador: Emerson Granemann – DroneShow
É fundador e atual CEO da MundoGEO, empresa promotora de eventos e geradora de conteúdo nas áreas de geolocalização e drones. É coordenador dos Fóruns Empresariais destes setores. Engenheiro cartógrafo formado pela Universidade Federal do Paraná. Trabalhou no setor de produção cartográfica, onde constatou a necessidade de conectar produtores e usuários da geoinformação. Decidiu então criar o evento MundoGEO Connect. Recentemente, percebendo o imenso potencial das aplicações dos drones, criou a DroneShow com foco no profissionalismo do setor e na segurança das operações.

Os temas, palestrantes e debatedores desta atividade serão divulgados em fevereiro.


 
Esta conferência tem acesso livre para inscritos nas atividades (cursos, seminários e fórum) e/ou na feira

Curso: Regulamentação dos Drones

19 de maio – 8h30 às 12h30

Este curso tem como objetivo instruir de forma descomplicada a conjunção de instruções e regulamentos aplicáveis à operação profissional (não recreativa) de aeronaves remotamente pilotadas da classe 3. Serão abordadas as normas vigentes das seguintes agências reguladoras: ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações, ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil, DECEA – Departamento de Controle do Espaço Aéreo e o MD – Ministério da Defesa. Além disso, o presente curso visa apresentar as características desse mercado que cresce de forma consistente e as suas oportunidades, assim como, detalhar os requisitos impostos pela regulamentação vigente no que tange a segurança operacional e profissional dos drones.

Público-alvo: Interessados em inovações tecnológicas e, principalmente, os que vislumbram o uso de aeronaves não tripuladas em aplicações comerciais (uso profissional) como o mapeamento aéreo voltado para a agricultura, inspeções de infraestrutura, fotografia, entre outras.

Tópicos que serão abordados:
 
• Introdução às aeronaves remotamente pilotadas (VANT x drone x RPA x Aeromodelo)
– Números do mercado de drones
– Aplicações
Exemplos de sensores
Exemplos de softwares de pós-processamento
 
• Tipos de aeronaves e suas características operacionais
– Asa fixa versus asa rotativa
 
• Legislação e regulamentação
– ANATEL
Declaração de conformidade via sistema MOSAICO
– ANAC
RBAC E94
Certidão de cadastro via sistema SISANT
– DECEA
ICA 100-40
ICA 100-12
IAC N17/2018
Solicitação de voo via SARPAS
– Ministério da Defesa
Portaria normativa 101/GM-MD
• Procedimentos pré voo
– Avaliação de risco operacional
IS E94-003
– Checklist pré-voo
Condições climáticas
Condições geográficas
Erros mais comuns
Documentação (termo de anuência, registros da aeronave, planejamento da manutenção)

Instrutor: Thiago Cicogna
Graduado em Engenharia Mecânica com ênfase em Aeronaves e Computação (2003) e Doutorado Direto (2008) em Engenharia Mecânica pela Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-USP). MBA em Gestão Empresarial (2012) pela Fundação Getúlio Vargas e atualmente cursando Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pelo IFSP campus São Carlos-SP. De 2008 a 2012 atuou como Engenheiro de Estruturas na TAM Linhas Aéreas S.A. na unidade MRO em São Carlos-SP e, neste mesmo período, como Professor das disciplinas Estática nas Estruturas e Resistência dos Materiais na Universidade Paulista (UNIP) campus Araraquara-SP. De 2012 a 2014 atuou como Engenheiro de Desenvolvimento do Produto na EMBRAER S.A. em Gavião Peixoto-SP e na planta de Jacksonville-FL. Atualmente é Professor Doutor do curso de Tecnologia em Manutenção de Aeronaves no IFSP campus São Carlos-SP. As principais atividades de ensino e pesquisa estão relacionadas ao apoio a produção e a manutenção e no processo de transferência (redelivery) de aeronaves comerciais através de inspeções físicas e auditoria de dados técnicos.

 

Curso: Análise Espacial para Tomada de Decisões

19 de maio – 8h30 às 12h30

O curso abordará a importância do olhar geográfico para a compreensão de fenômenos complexos. Será apresentado quais ferramentas um analista espacial pode utilizar para melhorar suas decisões, ou orientação a tomadores de decisões dentro das organizações. Será demonstrado como a incorporação da estatística espacial é um poderoso recurso para tomada de decisões estratégicas. Explicitaremos metodologias de análise espacial, com demonstração de cases de sucesso no brasil e no mundo.

Público-alvo: Profissionais que atuem ou pretendem atuar nas áreas de geografia, arquitetura, engenharias, cartografia, agrimensura, administração e demais áreas correlatas. O curso tem o objetivo de abrir a mente dos alunos sobre a importância de uma adequada análise espacial para decisões estratégicas.

Tópicos que serão abordados:
 
• Análise Espacial como diferencial estratégico
– O pensar geográfico
– Ciclo de inteligência Geográfica
– Busca por padrões espaciais
 
• SIG e os Negócios
– Entendendo e aplicando as categorias de análise da Geografia em decisões de negócios: Lugar, Paisagem, Território , Região e Espaço;
– Interação entre a economia e a geografia econômica;
– Modelos Econômicos espaciais: Von Thünen (1826), Weber (1909) e Chirstaller (1933)
 
• Informação geográfica estratégica para comunicar decisões
– Como mentir com mapas? e como não ser enganado por um?
– Uma imagem fala mais que mil palavras, um mapa fala mais que mil imagens
 
• Estatística espacial em processos de decisões complexas
– Os principais aspectos da estatística espacial
– Impacto do ONDE
– Existem padrões no comportamento geográfico de todos os fenômenos
 
• Cases de aplicações da análise espacial para decisões complexas
– Salvando vidas (resposta e emergência)
– Ganhando guerras (Uso militar)
– Expandindo negócios (Geomarketing)
– Entendendo padrões sociais (Comportamento eleitoral)
– Melhorando qualidade de vida (Smart City)

Instrutor: Julio Ribeiro.
Graduação e Mestrado em Geografia. Experiências profissionais nos campos da licenciatura, bacharelado e empreendedorismo. Atualmente é CEO do Grupo HUBSE, sendo este responsável pelo Instituto GEOeduc e AcademiaGIS Imagem/Esri BR. Fundador/presidente da APROGEO-MG. Experiência docente nas universidades UniBH, UNA e PUCMinas, São Judas Tadeu, Facens e FGV. Coordenou o curso de Geografia e foi diretor do Instituto de Engenharia e Tecnologia. Atuou como gerente de marketing na Imagem/EsriBR. Principais áreas de interesse:Educação, Análises espaciais e Smart Cities.

 
 

Curso Básico: Processamento de Imagens de Drones

19 de maio – 8h30 às 12h30

Este curso visa apresentar conceitos e aplicações sobre processamento digital de imagens para geração de informações em mapeamentos.
 
Será abordado o uso de softwares para geração de dados geográficos em estrutura de nuvem de pontos, TIN, raster e curvas de nível. Recomenda-se que os alunos tenham conhecimentos sobre a obtenção de imagens por drones para aerofotogrametria.

Público-alvo: Profissionais que já atuam ou que pretendem atuar no setor de drones. Os alunos devem ter conhecimentos básicos sobre informática e obtenção de imagens por drones.

Tópicos que serão abordados:
• Conceitos gerais para processamento de imagens obtidas por drones
• Softwares e suas qualidades (Photoscan, Pix4D e Context Capture)
• Uso de pontos de apoio e checagem no processamento de imagens
• Geração e classificação de nuvem de pontos
• Geração de dados TIN, raster e curvas de nível
• Geração de MDT e informações para topografia (perfis, volumetria)
• Geração de MDS e ortomosaicos
• Prevenção e solução de erros e problemas em processamento de imagens
• Avaliação de acurácia e enquadramento na norma INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais

Instrutor: Anderson Jorge
Engenheiro florestal, mestre em sensoriamento remoto pelo INPE. Possui experiência de três anos em processamento de imagens.

 
 
 
 

Curso: Drones para Mapeamento Ambiental

19 de maio – 8h30 às 12h30

Fique por dentro da legislação, escolha de drones, mercado e precificação para serviços de mapeamento e estudos ambientais. Este curso apresentará as principais leis e normas pertinentes ao uso de drones, além de uma visão panorâmica sobre o mercado de drones em mapeamento e meio ambiente no Brasil. Abordará também as características e escolha de drones para projetos. Ao final, serão apresentados exemplos de precificação de serviços por meio de drones e os desafios deste mercado ainda em amadurecimento.

Público-alvo: Profissionais de várias áreas que precisem de subsídios para escolher a melhor aeronave, sensor e software de acordo com o escopo de seus projetos e queiram iniciar seus trabalhos em mapeamento e estudos ambientais.

Tópicos que serão abordados:
• Legislação incidente – ANATEL, ANAC, DECEA, Ministério da Defesa e INCRA
• Procedimentos legais para realização de voos
• Mercado de mapeamento por meio de drones no mundo e no Brasil
• Características e especificações de drones para mapeamento e estudos ambientais
• Multirrotores e asas fixas – diferenças e qualidades
• Precificação de serviços
• Desafios legais, técnicos e comerciais no mercado de mapeamento e meio ambiente
• Conceitos em sensoriamento remoto e resoluções de sensores
• Câmeras e sensores disponíveis para embarcar em drones
• Conceitos de aerofotogrametria
• Introdução à execução de voos automáticos e captação de imagens
• Introdução ao processamento de imagens
• Exemplos de aplicações de drones em estudos ambientais
– Mapeamento cadastral
– Mapeamento e monitoramento de uso do solo
– Monitoramento geotécnico
– Monitoramento de processos erosivos e de assoreamento
– Estudos de rompimento de barragens e áreas afetadas
– Monitoramento de plantio e supressão de vegetação
– Monitoramento de PRAD
– Monitoramento de fauna
– Monitoramento de macrófitas aquáticas
– Diagnósticos em desastres e emergências ambientais

Instrutor: George Longhitano
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 
 

Curso: Drones no setor Sucroalcooleiro

19 de maio – 8h30 às 12h30

O objetivo desse curso é apresentar noções básicas de mapeamento aéreo com Drones, as principais soluções e aplicações dos mesmos no setor sucroalcooleiro.

Público-alvo: Profissionais do mercado sucroalcooleiro, Engº Agrônomos, técnicos agrícolas e prestadores de serviço.

Tópicos que serão abordados:
• Noções básicas de aerofotogrametria
• Plataformas aéreas e sensores embarcados
• Softwares
• Produtos do mapeamento aéreo
• Soluções, resultados, entregas e serviços
• Retorno de investimento
• Aplicações dos DRONES além do mapeamento

Instrutor: Nícolas Roncato
Promotor de Vendas VANT na GeoAgri – Tecnologia Agrícola. Eng° Cartógrafo pela UNESP Presidente Prudente – SP e Técnico em Geomática pela UNICAMP Limeira – SP. Desde sua formação atuando com mapeamento aéreo com RPAs tanto na área de capacitação, treinamentos como na prestação de serviços de engenharia e serviços para usinas sucroalcooleiras.

 
 
 

9º Fórum Empresarial de Drones

19 de Maio – 14h às 18h

Este fórum vai reunir especialistas para debater as mudanças na regulamentação dos drones no Brasil, provocadas pelas novas demandas da sociedade e pelos avanços tecnológicos. Além disso, serão apresentados os caminhos necessários para a obtenção dos certificados de aeronavegabilidade dos drones, penalidades para operações irregulares e questões relacionadas à formação de pilotos homologada pelas entidades reguladoras.

Público-alvo: Especialistas, empresários da cadeia produtiva do setor, startups, investidores, entidades reguladoras e contratantes do setor público e privado.

Moderador: Carlos Galassi
Arquiteto com MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV e já editou um blog premiado sobre o tema. É operador de diversos modelos de drones, fotógrafo amador e sócio fundador da OCA Solutions, empresa atuante desde 2013 no mercado da construção civil com foco na consultoria e gestão de projetos e obras que utiliza drones para diversos serviços técnicos e captação de imagens especializadas. Em 2016 criou a CG Drone, braço da OCA que tem foco na legalização de equipamentos e operações e na capacitação de operadores para uso de drones recreativos ou comerciais. É ainda sócio fundador da ABPR – Associação Baiana de Pilotos Remotos e participante ativo da campanha Drone Consciente do DECEA.

 

Programação:
 
14h às 14h30: Mudanças previstas a curto e médio prazo na regulamentação
Roberto Honorato – Superintendente de Aeronavegabilidade da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)
 
14h30 às 15h: Dia-a-dia das funções de autorizações das operações e o Sistema de Tráfego de Drones UTM
Major Aviadora Daniele Ferreira César Lins Chycziv, assessora da Seção de Planejamento de Gerenciamento de Tráfego Aéreo do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo)
 
15h às 15h30: Passo-a-passo para a obtenção do registro de empresas para executar o aerolevantamentos com drones
Cmt Muthz Barros e Cel Mário Celso – Ministério da Defesa (MD)
 
15h30 às 16h: Perguntas para ANAC, DECEA e MD
 
16h às 16h30: Intervalo
 
16h30 às 17h: Riscos e sanções previstas para operações irregulares com drones
Roberta Fagundes Leal Andreoli – Advogada Especialista em Direito Aeronáutico e Regulatório do Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr e Quiroga Advogados
 
17h às 18h: Processo de obtenção do Certificado de Aeronavegabilidade dos Drones e Formação de pilotos para voar acima de 120 metros e BVLOS
Lucas Florêncio – AL Drones
Moisés Pedrici – Xmobots

 

Seminário: Geo & Drones na Energia

19 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar como as soluções geoespaciais, incluindo os drones, estão sendo usadas em projetos na área de geração, transmissão e distribuição de energia.

Público-alvo: Especialistas e profissionais ligados a gestão pública e a empresas prestadoras de serviços nas áreas de energia.

Moderador: Eduardo de Rezende Francisco
Professor de Carreira da FGV-EAESP. Fundador do grupo de estudos GisBI. Membro do Conselho Curador da Fundação SEADE. Doutor (2010) e Mestre (2006) em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas – EAESP e possui graduação em Bacharelado em Ciência da Computação pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (1999).

 
 

Programação:
 
14h às 15h: Transformação digital e desafios do setor
Eduardo Francisco (FGV)
 
15h às 15h20: Monitoramento de UHEs na região Norte com imagens de alta resolução e revisita diária
Diogo Duarte – Desenvolvimento de Negócios da SCCON
 
15h20 às 15h40: Aplicações na inspeção de ativos usando drones voando BVLOS e acima de 400 pés
Décio Gomes Palhas – Engenheiro de Certificação Junior da Xmobots
 
15h40 às 16h: Drone para instalação de esferas de sinalização em linhas de transmissão
Guilherme de Almeida Neves – Engenheiro – DroneBall
 
16h às 16h40: Intervalo
 
16h40 às 17h: Lançamento de Cabo piloto sob mata de preservação permanente com Drones
Paulo Freire – Gerente comercial da GFEQUIPAR
 
17h às 17h20: Metodologia de Inspeção Termográfica por Câmera em Drone para detectar entrada falsa de ar em dutos de gás entre caldeira e precipitador eletrostático
Marco Fabio Borges – Drone Solution Inspection Engineer da xd4solutions
 
17h20 às 17h40: UHE Sobradinho – Atualização das curvas Cota x Área x Volume, em atendimento a Resolução Conjunta ANEEL/ANA nº 03, de 10 de agosto de 2010
Edgar dos Reis e José Armando Silva de Oliveira – Engenheiro Cartógrafo / DEPG – Departamento de Geotecnologias e Engenheiro Cartógrafo / Gestor do Projeto – CHESF – Companhia Elétrica do São Francisco; Topocart
 
17h40 às 18h: Uso de Drones e Análise Espacial para Quantificação da Geração de Energia Fotovoltáica no Contexto de Cidades Inteligentes
Braulio Magalhães Fonseca – Professor – Universidade Federal de Minas Gerais

 

Seminário: Geo & Drones na Mineração

19 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas que têm demandas e utilizam as Geotecnologias, incluindo os drones, integradas a Indústria 4.0 para o setor de mineração, envolvendo as etapas de mapeamento, projeto, acompanhamento da implantação, manutenção preditiva e monitoramento contínuo.

Público-alvo: Profissionais de órgãos públicos e empresas privadas que atuam ou pretendem atuar com drones e/ou geotecnologias nas áreas de mineração e afins.

Moderadora: Patrícia Procópio – XR.Lab / MP Consultoria
Founder XR.Lab, Founder e Consultor da MP Consultoria, PhD em Geologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com o Projeto: “Geovisualização em Ambientes de Realidade Virtual: Mudança de paradigma na Exploração Mineral”. PhD em Geologia pela UFRJ, especialista em Geoprocessamento pela UFMG, geóloga pela UFMG. Com mais de 20 anos de experiência em geotecnologias e geoinformação, é Founder da recém criada XR.Lab, empresa com foco em produção de experiências sensoriais e conteúdos digitais, sejam em realidade extendida, vídeos tridimensionais, 360graus, dentre outros. Ë também CEO da Moreira e Procópio Consultoria e Empreendimentos Ltda- MP Consultoria, empresa que atua na prestação de serviços e consultoria especializada principalmente nos mercados de meio ambiente, mineração, engenharia e agronegócios, onde tem se destacado os projetos em GIS e realidade virtual. Nos últimos anos atuou ativamente junto à mineradora Samarco e Fundação Renova em ações de gestão de crise e gestão territorial, imediatamente após o acidente da Barragem de Fundão, no estado de Minas Gerais. Na Vale, por 17 anos, foi coordenadora de Geoinformação na Diretoria de Ferrosos. Profissional referência no tema em toda a Vale, foi responsável pela implantação do GISMineral- Infraestrutura de Dados Espaciais da Vale, GEDMineral-Sistema de Gerenciamento de Conteúdos da Diretoria de Ferrosos, GDMS-Sistema de Gerenciamento de Dados Geológicos, dentre outros sistemas corporativos. Destaque pela idealização e implantação do Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale – Sala de Realidade Virtual. Projetos premiados: Excelência em IDE – Infraestrutura de Dados Espaciais (Mundo Geoconnect – São Paulo – 2014); Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale (Geospatial World Excellente Awards – Amsterdam/The Netherlands – 2012); Sala de Realidade Virtual (Prêmio Inova Vale – 2010); Projeto GISMineral (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA -2010);Projeto GIS Vale (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA – 2006).

 

Programação:
 
14h às 15h: Transformação digital e desafios do setor
Patrícia Procópio – XRLab
 
15h às 15h20: Sistemas de Monitoramento Automatizado de Barragens Utilizando Estações Totais Robóticas e Receptores GNSS
Luiz Fernando Antonio Dalbelo – Gerente Comercial – Santiago & Cintra Geotecnologias
 
15h20 às 15h40: A utilização de multirrotores para analise de risco de desmoronamento de pilha e controle de estoque de minério de ferro
Felipe Ferreira e Pedro Grijo – Tecs, Geoprocessamento – Controle de Qualidade – VALE S/A
 
15h40 às 16h: O ganho tecnológico com o uso de drones de baixo custo em minerações de micro e pequeno porte
Tiago Rocha Faria Duque – P&D – TDMaps
 
16h às 16h40: Intervalo
 
16h40 às 17h: Aferições do Padrão de Exatidão Cartográfica Classe A (PEC A) Altimétrica no Modelo Digital de Terreno (MDT) AW3D com o uso do software GeoPEC. Estudos de caso de MDT’s para DAM BREAK em localidades nos estados de Minas Gerais, Pará e Rondônia
Lucas Araújo Camargos – Sócio e Diretor Técnico – TecTerra Geotecnologias
 
17h às 18h: Painel de soluções para mineração
Palestrantes a confirmar

 

Curso Prático: QGIS Express

19 de Maio – 8h30 às 12h30 e 14h às 18h

Este curso prático tem como objetivo ensinar conceitos e prática de Geoprocessamento utilizando o software livre QGIS. Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Público-alvo: Este treinamento é de interesse especial para estudantes e profissionais de áreas como geografia, biologia, arquitetura, mineração, geologia, engenharia (diversas), topografia, agrimensura, agronomia, meteorologia, epidemiologia, veterinários, entre outras.

Tópicos que serão abordados:
• Cartografia para Geoprocessamento
– Sistema de Referência
– DATUM e Sistemas de Coordenadas
– Códigos EPSG
• Primeiros Passos no Software QGIS
– Apresentação da Interface
– Inicialização de Projetos
• Mapeamento Temático com QGIS
– Simbologia e Rotulação
– Como Unir Tabelas de Dados com Mapas (Join)
– Geração de Mapas Temáticos no QGIS
– Mapas Qualitativos (Categorizados)
– Mapas Quantitativos (Graduados)
• Ferramentas do QGIS (Miscelânia)
– Cálculo de Áreas, Distâncias e Perímetros
– Como Obter (extrair) Coordenadas
– Gerar Camadas a partir de Coordenadas
• Trabalhando com Dados Raster
– Mosaico de Imagens
– Recorte de Imagens
• Layout de Mapas para Impressão
– Preparando o Mapa para Impressão

Instrutores:

Anderson Medeiros
Consultor em Geotecnologias. Foi reconhecido como o Profissional do Ano no Brasil no setor de Geotecnologias no MundoGEO#Connect 2017. Graduado em Geoprocessamento, trabalha com Geotecnologias desde 2005. Ministrou dezenas de cursos de Geoprocessamento em diversas cidades, além de outros treinamentos na modalidade EaD. Desde 2008 publica conteúdo sobre Geoinformação e ferramentas como QGIS, PostGIS, gvSIG, i3Geo.

 
 

Julie Eugênio
MSC. Eng. Urbana e Ambiental. Possui ampla experiência em Sistemas de Informações Geográficas, tendo atuado em grande entidades como Instituto Nacional do Semiárido (Insa) e Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). Graduada em Tecnologia em Geoprocessamento (IFPB), com mestrado em Engenharia Urbana e Ambiental (UFPB), atualmente cursa o Doutorado em Eng. Civil e Ambiental. Atua com Geoinformação desde 2003.

 
 

Curso: Cadastro Técnico e Georreferenciamento de Imóveis Urbanos

20 de maio – 8h30 às 12h30

Ao longo das últimas décadas evoluem, no Brasil, os conceitos associados ao Cadastro Técnico Multifinalitário. Esta evolução vem associada ao georreferenciamento de imóveis rurais, forma mais adequada de individualizar parcelas e direitos a ela associados em um único referencial confiável. Hoje, avançamos ainda mais na governança de terras com o desenvolvimento do Sistema Nacional de Gestão de Informações Territoriais (Sinter) e os projetos de Regularização Fundiária Urbana. Neste curso serão abordados conceitos de Cadastro Técnico Multifinalitário e o Georreferenciamento de Imóveis Urbanos.

Público-alvo: Profissionais que atuam ou pretendem atuar neste setor, em âmbito público ou privado.

Tópicos que serão abordados:
• Introdução ao Cadastro Técnico Multifinalitário
• Legislações e normas que impactam o georreferenciamento de imóveis urbanos
• Semelhanças e diferenças em relação ao georreferenciamento de imóveis rurais
• Rede de Referência Cadastral Municipal (RRCM)
• Tecnologias e métodos disponíveis para o georreferenciamento urbano
• Sinter – conceitos, realidade atual e perspectivas futuras

Instrutor: Alessandro Machado
Diretor da ABM Agrimensura. Engenheiro Civil e Engenheiro Agrimensor.

 
 
 

Curso: Drones para Aerolevantamentos

20 de maio – 8h30 às 12h30

Assim como a Aerofotogrametria tripulada, os levantamentos utilizando drones têm conceitos e legislação específica. Empresas de drones que atuam ou desejam atuar com Aerolevantamentos devem seguir as regras do Ministério da Defesa. Existem três categorias no processo de aerolevantamento nas quais as empresas podem requisitar o cadastro: A – para entidades que realizam todas as fases do aerolevantamento; B – para as entidades que realizam apenas a fase aeroespacial; e C – para as entidades que realizam a fase decorrente do aerolevantamento, isto é, recebem os originais de Aerolevantamento provenientes do voo e geram o produto primário e seus produtos decorrentes. O objetivo é mostrar de maneira geral e simples o que é necessário para realização de projetos de mapeamento aéreo com drones, desde os conceitos básicos da aerofotogrametria, até a avaliação dos produtos cartográficos gerados.

Público-alvo: O curso é direcionado para quem deseja entrar no mercado de mapeamento aéreo com drones ou complementar a sua atividade com esta tecnologia de aquisição de informações.

Tópicos que serão abordados:
• Tipos de Drones e Câmeras para Aerolevantamento
• Softwares utilizados:
• Softwares de planejamento de missão
• Softwares de processamento para geração de ortomosaicos e MDS
• Softwares de tratamento de dados
• Definição da quantidade e da distribuição dos pontos de apoio
• Definição da escala do levantamento
• Levantamentos com Drones que possuem RTK embarcado
• Processamento dos dados
• Edição e avaliação da qualidade dos ortomosaicos gerados;
• Geração de curvas de nível
• Extração de feições;
• Avaliação dos modeles segundo PEC (Padrão de Exatidão Cartográfica)

Instrutor: Maurício Campiteli
Gerente de Produto VANT na Santiago & Cintra Geo-Tecnologias, Engenheiro Cartógrafo formado na FCT UNESP de Presidente Prudente. Trabalho com mapeamento aéreo com RPA dês de 2015, tanto na área de capacitação como em projetos de aerolevantamento para grandes obras de engenharia.

 
 
 
 

Curso Básico: Drones na Agricultura

20 de maio – 8h30 às 12h30

Hoje, os drones são aliados na Agricultura, com ganhos de produtividade e redução de custos. Neste curso será detalhado o ciclo de agricultura de precisão, desde os métodos de sensoriamento remoto até processamento de dados, com foco nos conceitos e na escolha de equipamentos, acessórios e softwares.

Público-alvo: Este é um treinamento indicado para quem já tenha conhecimentos básicos sobre drones e tenha interesse em ir além no uso de drones na Agricultura.

Tópicos que serão abordados:
• O ciclo de agricultura de precisão na agricultura
– Sensoriamento
– Análise
– Atuação
• Métodos de sensoriamento remoto na agricultura de precisão
– Histórico do sensoriamento remoto com drones
– Como selecionar seu drone para sensoriamento na Agricultura de Precisão
– Como selecionar os sensores e outros acessórios na Agricultura de Precisão
• Métodos de processamento de dados para agricultura de precisão
– Softwares de cálculo de índices
– Softwares de classificação orientada a objetos
• Métodos de atuação da agricultura de precisão
– Histórico da atuação do sensoriamento com drones
– Como selecionar seu drone para atuação na Agricultura de Precisão
– Como selecionar os acessórios para atuação na Agricultura de Precisão
• Métodos de processamento de dados para agricultura de precisão
– Aplicação de agentes biológicos
– Aplicação de agentes químicos

GiovaniInstrutor: Giovani Amianti
Engenheiro mecatrônico formado pela Poli-USP e mestre em sistemas aviônicos de RPAS pela Poli-USP. Iniciou o desenvolvimento de drones em 2004 e em 2007 fundou a XMobots. Esteve à frente de projetos já consagrados no mercado nacional de RPAS, como os drones Nauru 500x, que foi o primeiro avião não tripulado privado do Brasil autorizado a voar pela ANAC além do Echar 20x recentemente utilizado pelo INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais e Arator 5x que se consolidou no mercado sucroalcooleiro. Atualmente é o CEO da XMobots, considerada uma das líderes na América Latina do segmento de Drones para Agricultura.
 
 
 

Curso Avançado: Processamento de Imagens de Drones

20 de maio – 8h30 às 12h30

A extração de informações a partir de produtos básicos gerados por aerofotogrametria é um diferencial que poucos profissionais atualmente possuem no mercado brasileiro. Para algumas áreas de atuação, como agricultura e silvicultura, trata-se de um conhecimento praticamente essencial. Este curso avançado visa apresentar técnicas de processamento de imagens para geração e classificação de informações geográficas de forma manual e automática. Recomenda-se que os alunos possuam conhecimentos em geração de MDS, MDT e ortomosaicos por meio de aerofotogrametria com drones.

Público-alvo: Profissionais que já atuam ou que pretendem atuar no setor e que queiram ir além na obtenção de produtos a partir de levantamentos utilizando drones. Os alunos devem ter conhecimentos básicos sobre processamento de imagens de drones.

Tópicos que serão abordados:
• Softwares para processamento de produtos obtidos por fotogrametria por drones
• Análise de histograma e aumento de contraste
• Composições coloridas
• Fotointerpretação, edição vetorial e criação de banco de dados
• Álgebra de bandas e geração de índices de vegetação (ex: NDVI)
• Filtragem em dados matriciais e nuvem de pontos
• Técnicas de classificação de imagens
– Fatiamento
– Classificação supervisionada e não supervisionada
– Segmentação e classificação orientada a objetos
• Elementos de cartografia e edição de layout para entrega de dados

Instrutor: Anderson Jorge
Engenheiro florestal, mestre em sensoriamento remoto pelo INPE. Possui experiência de três anos em processamento de imagens.

 
 
 
 

Curso: Inspeções com Drones

20 de maio – 8h30 às 12h30

Este curso de inspeções com drones detalha as técnicas de coletas de dados visuais, o uso da inteligência artificial e explora alguns estudos de casos, realizados em Singapura e no Brasil.O curso avançado detalha as técnicas de coletas de dados visuais, o uso da inteligência artificial e explora alguns estudos de casos, realizados em Singapura e no Brasil.

Público-alvo: Indicado para empresas de Engenharia com atividades de inspeções prediais, bem como profissionais dos segmentos de facility management e seguradoras de ativos imobiliários, além de construtoras e empresas de serviços com drones interessadas em inspeções prediais e no ganho de produtividade nas inspeções com drones e análise dos dados.

Tópicos que serão abordados:
• Inspeções e Vistorias na Construção Civil com Drones
– Métodos Tradicionais de Inspeções de Fachadas
– Métodos Tradicionais de Inspeções de Pontes e Viadutos
– Percepções Iniciais dos Benefícios das Inspeções com Drones
• Oportunidades Para Inspeções e Vistorias de Fachadas com Drones
• Regulamentação vigente para RPAS (drones) focada nas atividades de inspeções prediais
• Solicitação de Voos com drones no DECEA
• Principais atividades do fluxo de trabalho com RPAS da inspeção ao relatório técnico
• Riscos durante a operação de inspeção como mitigá-los
• Avaliação de risco operacional.
• Procedimentos para elaboração da avaliação de risco operacional
• Cenário de avaliação hipotético em inspeções de fachadas
• Anomalias que podem ser analisadas a partir de dados coletados por RPAS e seus sensores
• Quais as principais características do drone ideal para inspeções de fachadas e telhados?
• Modelos e marcas de RPAS mais utilizados para a realização das inspeções prediais
– Avaliação por sensor, resolução, distância focal, dimensão da imagem, GSD cm/pixel, obturador, sensor de obstáculo, autonomia, redundância controlador de voo, redundância na navegação, redundância comunicação, redundância bateria, sensor duo, blindagem eletromagnética, custo, peso, RTH inteligente, Resistência ao Vento, Receptor ADS-B, aplicativos de plano de voo.
• Aerofotogrametria – conceitos e definições
• Como calcular a resolução dos pixels da imagem na fachada? Ou a distância?
• Como estimar o número de imagens coletadas numa inspeção?
• Considerações sobre sensores embarcados em RPAS para fins de inspeções prediais
• Câmeras Termais
• Produtividade nos serviços com drones para fins de inspeções prediais
• Metodologias
• Planos de voos para inspeções prediais
• Tendências tecnológicas e inovações no segmento de inspeções a partir dos drones (RPAS)
• A PLATAFORMA H3ZOOM FACADE INSPECTOR
• Coleta de dados manual e automatizada
• IRIS – ferramentas digitais para análise e validação dos dados
• FAÇADE INSPECTOR REPORT – relatórios gerados

Instrutor: Emílio Hoffman
Engenheiro eletricista pela UFPR, autor do livro A Era do Hidrogênio, das Energias Renováveis e Células a Combustível, e pós-graduando em RPAs (Drones) e VANTs em Aplicações Civis e Comerciais – PUCPR. É co-fundador e diretor de operações na América Latina da H3 Dynamics, empresa com sede matriz em Cingapura e que desenvolve soluções disruptivas que convergem diversas áreas da tecnologia, tais como: células a combustível a hidrogênio ultraleves para drones de longa autonomia, plataformas robóticas para automação de missões remotas de drones, e plataformas de inteligência artificial para processamento dos dados coletados por drones. Também é diretor de desenvolvimento de negócios da H3ZOOM.AI (inteligência artificial) e da HES Energy Systems (células a combustível H2) na América Latina, ambas subsidiárias da H3 Dynamics. É fundador da Brasil H2, empresa fundada em 2003 e dedicada às tecnologias de células a combustível para diversas aplicações.

 
 

Seminário Geo & Drones para Smart Cities

20 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para discutir as políticas públicas existentes e apresentar soluções geoespaciais essenciais para dar suporte às ações de fiscalização, saúde, trânsito, meio ambiente, planejamento, arrecadação e monitoramento da infraestrutura municipal para o gestor e também de participação da população contribuinte. Não há ‘smart city’ sem modelo da cidade e não há modelo de cidade sem informação georreferenciada.

Público-alvo: Especialistas, empresários da cadeia produtiva do setor e administradores públicos ligados à gestão municipal.

Moderador: Flávio Yuaça
Especialista em Geoprocessamento pela Universidade Federal do Paraná e coordenador da UCPA, Prefeitura de Goiânia, unidade responsável pelo gerenciamento de projetos como o do centro integrado de operações e controle. participou de conselhos editoriais de revistas e de comissões técnicas de eventos na área de Geotecnologias. foi instrutor da GITA – Geospatial Information and Technology Association, palestrante e professor em cursos de pós-graduação na área de Sistemas de informação Geográfica.

 

Programação:
 
14h às 14h20: A Atuação e Experiência da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte-MG (Prodabel), a partir de RPAS (Remotely Piloted Aircraft Systems)
Rodrigo Ansaloni de Oliveira Gonçalves – Analista de Mapeamento Urbano/Gerência de Manutenção do Cadastro Territorial Multifinalitário – GCGS-PB – Prodabel
 
14h20 às 14h40: Dados 3D da cidade de São Paulo
Fernando Gomes, Silvio Cesar Lima Ribeiro, Danilo Mizuta – Diretor de Divisão Técnica/Coordenadoria de Produção e Análise da Informação (GEOINFO) – Prefeitura do Município de São Paulo
 
14h40 às 15h: A integração de geoprocessamento e Tecnologia da Informação para estruturação de banco de dados geográficos e melhoria da rotina na gestão municipal
Maiara Resende Ribeiro – Assessora de Diretoria/Assessoria de Geoprocessamento – Prefeitura de São José dos Campos
 
15h às 15h20: Construindo Soluções em Geotecnologias com softwares livres e open source
Alan Caetano Alves – Diretor de Divisão de Tecnologia – Prefeitura de Itanhaém
 
15h20 às 15h40: A experiência de gestão urbana no município de Conde-PB e a implementação do Cadastro Territorial Multifinalitário
Talita Stael Pimenta da Silva Costa – Chefe do Departamento de Cadastro Técnico/SEPLAN – Prefeitura Municipal de Conde – Paraíba
 
15h40 às 16h20: Intervalo
 
16h20 às 16h40: Infraestrutura de inteligência geográfica para smart cities – Desenvolvimento da inteligência ambiental na cidade do Recife
Marcos Francisco de Araujo Silva – Gestor de Geoprocessamento e Informação– Prefeitura do Recife | Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano | Secretaria Executiva de Licenciamento e Controle Ambiental
 
16h40 às 17h: Implantação da Plataforma “WebGeo Carapicuíba”, Integrando todas as Secretarias do Município, trazendo inteligência Geográfica para a Gestão Municipal, resultando na atualização do mapa urbano com mais de 100.000 unidades imobiliárias
Fabiana Fernanda Marques – Secretaria municipal – Prefeitura Municipal de Carapicuíba
 
17h às 17h20: Utilização da GeoInteligência como forma de conectar as secretarias, para uma cidade inteligente
Marcelo Gomes – Prefeitura Municipal de Caraguatatuba – Secretaria de Planejamento Estratégico e Desenvolvimento
 
17h20 às 17h40: Smart Arborização – A solução colaborativa para gestão dos serviços de arborização
Agostinho de Rezende – Diretor-geral – DRZ Geotecnologia & Consultoria
 
17h40 às 18h: SEDU/Paranacidade Interativo
Cristiano José Zaclikevicz – Analista de Desenvolvimento Municipal / CPR – Paranacidade

 

Seminário: Geo & Drones na Segurança

20 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas dos órgãos de segurança municipais, estaduais e federais e da iniciativa privada para trocar experiências e mostrar resultados do uso dos drones e das tecnologias embarcadas na prevenção e combate ao crime, além da busca e salvamento de pessoas.

Público-alvo: Profissionais de segurança do setor público e privado que atuam como usuários da tecnologia e na prestação de serviços.

Moderador: Carlos Galassi
Arquiteto com MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV e já editou um blog premiado sobre o tema. É operador de diversos modelos de drones, fotógrafo amador e sócio fundador da OCA Solutions, empresa atuante desde 2013 no mercado da construção civil com foco na consultoria e gestão de projetos e obras que utiliza drones para diversos serviços técnicos e captação de imagens especializadas. Em 2016 criou a CG Drone, braço da OCA que tem foco na legalização de equipamentos e operações e na capacitação de operadores para uso de drones recreativos ou comerciais. É ainda sócio fundador da ABPR – Associação Baiana de Pilotos Remotos e participante ativo da campanha Drone Consciente do DECEA.

 

Programação:
 
14h às 14h40: Painel Segurança Pública
 
Cenário do emprego de drones nas Forças de Segurança. Apresentação do desenvolvimento do emprego dos drones pelas Forças de Segurança (pesquisa com término previsto para 30/4/20)
Cel Res PM Paulo Sérgio Ramalho
 
Desafios com aquisição, treinamento, distribuição e gestão da frota de drones. Implantação do Dronepol Estadual
Cel PM Paulo Schacetti – Comandante do Comando de Aviação da PMSP
 
Grandes eventos com emprego de drones: case Octoberfest, Reveillon e Carnaval
Cel PM Julio Cesar – Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação da PMSC
 
14h40 às 15h20: Painel Segurança Privada
 
Apresentação de como o emprego de drones impacta no mercado de segurança privada
Eytan Magal – Eytan Magal Consultoria
 
Apresentação do case Piracanjuba: cada qual abordará suas experiências e impressões na adoção do drones para a realização dos processos de segurança
Ricardo Custódio
 
Apresentação do case GR AIR e receptividade do mercado de segurança
Ricardo Bacci – Coordenador de TIC do Grupo GR
 
15h20 às 15h40: Emprego de Drones nas Rondas de Segurança integrado ao CFTV – Case Digifort
Guilherme Gimenez – Diretor – Prado – AeroGuard Ltda
 
15h40 às 16h: Sistema nacional para Inteligência, Vigilância e Reconhecimento
Paulo Rugani – Gerente de Projetos – Xmobots
 
16h às 16h40: Intervalo
 
1640 às 17h: Perícia Criminal e Engenharia Forense com apoio de VANT para levantamentos de locais de crime
Augusto Pasqualini Neto – Perito Criminal / Instituto de Criminalística – Polícia Científica do Paraná
 
17h às 17h20: Robos Aéreos de Segurança – Um HUB de monitoramento e segurança patrimonial
Adriano Cezar Leao Cordeiro – Gerente geral -Inled Tecnologia / Nightingale Security
 
17h20 às 17h40: Aplicações inovadoras com drones
Marcelo A. Musselli – Fundador/Diretor Operacional – Aeroscan Tecnologia Ltda
 
17h40 às 18h: Como os drones com eletrônica embarcada podem ajudar no combate ao roubo de cargas?
Luiz Carlos Sourient Junior – CTO – Desenvolvimento de Eletrônica e Software Embarcado OmniSystem – Monitoramento e Geolocalização Ltda

 

Seminário: Geo & Drones nas Florestas

20 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar as novas demandas e os casos de sucesso de soluções utilizando geotecnologias e drones na silvicultura de precisão.
 
As apresentações e debates vão envolver mapeamento, pulverização e estimativas de volume, manejo, identificação de falhas e doenças, suporte a aplicação de agentes químicos e biológicos, modelagem do terreno para facilitar a colheita, melhorar a produtividade e preservação ambiental.

Público-alvo: Especialistas e profissionais que atuam na produção e na prestação de serviços na área florestal.

Moderador: Wilson Holler
Analista GIS na Embrapa Florestas. Engenheiro Cartógrafo (UFPR), Especialista em Geoprocessamento (UFPR) e Gestão Florestal (UFPR), Especialista em Drones para Aplicações Civis e Comerciais (PUC/PR), Mestre em Desenvolvimento de Tecnologia (Lactec), Experiência em Processamento Digital de Imagens e Análises Geoespaciais.

 
 
 

Programação:
 
14h às 15h: Transformação Digital e desafios do setor
Wilson Holler – Embrapa Florestas
 
15h às 15h20: Mitigação dos impactos do transporte de madeira em comunidades utilizando ferramentas de SIG
Cristiano Cardoso Stetz – Engenheiro/SIG e Mensuração – Klabin
 
15h20 às 15h40: Registro de ocorrências florestais. Criação de um sistema de gestão utilizando a Integração Survey123 e plataforma Office 365
Cristiano Cardoso Stetz – Engenheiro/SIG e Mensuração – Klabin
 
15h40 às 16h: Uso de RPAS/Drones na Avaliação da Redução de Supressão Vegetal na Implantação e Operação das Linhas de Transmissão (LT) de 345 kV do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ)
Tom Adnet Moura, Pedro Adnet Moura, Emygdio Santos Bisneto e, Wilson José de Oliveira – SMS/LARE/EAMB – Petrobras
 
16h às 16h40: Intervalo
 
16h40 às 17h: Monitoramento em áreas de floresta plantada
Diogo Duarte – Desenvolvimento de Negócios – Santiago & Cintra Consultoria
 
17h às 17h20: Utilização de drone em mapeamentos florestais para classificação do uso e ocupação do solo
Henrique Silva – Diretor – Terra Legal – Consultoria Ambiental e Fundiária
 
17h20 às 17h40: Inspeção visual por RPAS (drones) com manutenção prescritiva e gestão de ativos
Silvia Regina Bolonhin Beltrão – Inspeção Industrial – xd4solutions
 
17h40 às 18h: Palestrante a confirmar

 

Seminário: Topografia 3D e Laser Scanning

20 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar projetos e conceitos para reforçar a crescente importância da Topografia 3D, além de apresentar as utilizações do Laser Scanning em projetos de engenharia, infraestrutura, mineração, entre outros.

Público-alvo: Profissionais que atuam na área de arquitetura, engenharia, geologia em projetos de construção civil e infraestrutura.

Tópicos principais deste Seminário, entre outros:
• Resultados de projetos que utilizam topografia 3D integrada com o Laser Scanning
• Comparação entre tecnologias de coleta, processamento e análise de dados tradicionais e as que usam topografia 3D e Laser Scanning
• Novas tendências da Topografia 3D e do Laser Scanning
• Análise de custos e produtividade

Os temas, palestrantes e debatedores desta atividade serão divulgados em fevereiro.

Mediador: Régis Bueno – Geovector
Doutor (2007) e Mestre (1995) em Engenharia – programa de Engenharia de Transportes – pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – EPUSP, onde desenvolveu pesquisas na área de Geodésia por satélite (GNSS) e monitoração de estruturas. Graduado em Engenharia de Agrimensura em 1987 pela Faculdade de Engenharia de Agrimensura de Pirassununga. Exerceu atividades de ensino na EPUSP, na Universidade Católica de Santos – UNISANTOS e na UNIP. Desenvolve suas atividades profissionais como proprietário da empresa GEOVECTOR Engenharia Geomática, a qual constituiu no ano de 1999. Membro do CE-02:133.17 – Comissão de Estudo de Serviços Topográficos da ABNT/CB-02 – Comitê Brasileiro de Construção Civil – Cobracon desde 1994. Membro GT Técnico para elaborar o Manual de Engenharia para o Cadastro Rural e Urbano do Brasil (Manual Operacional de Engenharia do Sinter). Além da monitoração de estruturas suas atividades de pesquisa e soluções abrangem também o cadastro imobiliário, o geoprocessamento e a regularização fundiária.

Seminário: Geo, Drones e BIM na Infraestrutura e Transportes

20 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar soluções inovadoras no uso das geotecnologias, drones, BIM e suas aplicações em projetos e processos de planejamento, construção, manutenção, monitoramento e gestão de rodovias, ferrovias, hidrovias, portos, aeroportos, usinas hidrelétricas, sistemas de transmissão de energia, etc.
 
O principal objetivo do seminário será promover debates e apresentações demonstrando a aplicabilidade da integração entre as Geotecnologias, levantamentos via drones e o BIM na construção digital, principalmente suas aplicações nas principais obras de infraestrutura do país, em todas suas fases, desde as etapas de planejamento até a gestão e manutenção destas infraestruturas. O evento abordará, inclusive, o status da implementação atual do BIM no Brasil e sua integração com as ferramentas GIS, promovendo o aumento na produtividade da indústria da construção por meio desta transformação digital.

Público-alvo: Gestores e especialistas da administração pública e profissionais de empresas prestadoras de serviços na área de infraestrutura e transporte em geral.

Moderador: Raphael de Oliveira Borges
Geógrafo, Especialista em Geoprocessamento, é atualmente Analista em Infraestrutura de Transportes do DNIT, onde foi chefe do Setor de Geotecnologias Aplicadas do órgão, trabalhando, principalmente, na estruturação das bases de dados georreferenciadas de transportes, elaboração e publicação dos Mapas Multimodais do DNIT, na caracterização topográfica da infraestrutura de transportes do Brasil, além da contribuição na integração das plataformas BIM+GIS no DNIT. De 2006 a 2013 atuou no Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia, CENSIPAM, nas áreas de Sensoriamento Remoto aplicado ao monitoramento ambiental da Amazônia Legal, principalmente a partir da utilização de sensores SAR, orbitais e aerotransportados. Foi membro, desde 2016, do Comitê de Insumos de Sensoriamento Remoto, CISRE, da CONCAR. Atua com Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto, como consultor na área ambiental na elaboração de estudos ambientais, levantamentos do meio físico, vegetação e mapeamentos desde 2004

 

Programação:
 
14h às 14h20: BIM e GIS a união de dois mundos
Pedro Luis Soethe Cursino – Team Lead of Brazil Technical Sales Specialist – Autodesk
 
14h20 às 14h40: Modelagem BIM do canal de transposição de Tucuruí, no estado do Pará
Rodrigo Cardoso Paranhos – Engenheiro Civil – DYNATEST
 
14h40 às 15h: Aplicabilidade dos Drones no Programa de Monitoramento dos Ativos Federais de Infraestrutura de Transportes Aquaviários – ProMAq do DNIT
Eliezé Bulhões de Carvalho – Coordenador de Operações Aquaviárias – DNIT
 
15h às 15h20: Migração do Analógico para o Digital: Identificação das Faixas de Domínio das rodovias federais e disponibilização de informações aos cidadãos no âmbito do Programa de Federal de Faixas de Domínio – Profaixa
Vinicius do Carmo Alves – Coordenação- Geral de Desapropriação e Reassentamento Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT Analista em Infraestrutura de Transportes
 
15h20 às 15h40: Inventariança Ferroviária – Novo Modelo de Gestão com uso de Geotecnologias (BI e Drones)
Bruno Nogueira da Costa e Julio Henriques Fernandes Cesar – Superintendência de Meio Ambiente e Desapropriação, SAUS – VALEC
 
15h40 às 16h20: Intervalo
 
16h20 às 16h40: Soluções inteligentes: Smart Transportation
Juliano Lazaro – Sales Manager South America – Hexagon Geospatial
 
16h40 às 17h: Análise Multiescala para Definição de Traçados Rodoviários
Raphael de Oliveira Borges – Analista de Infraestrutura de Transportes – Geoprocessamento / CGPLAN-DPP – DNIT
 
17h às 17h20: Modelagem geográfica preditiva para aperfeiçoamento do planejamento de corredores de transporte
Rodrigo Affonso de Albuquerque Nóbrega – Universidade Federal de Minas Gerais
 
17h20 às 17h40: Proposta de Ampliação do Subsistema Ferroviário Federal do Sistema Nacional de Viação Brasileiro (SNV)
Sérgio Nunes de Faria – VALEC – Engenharia, Construções e Ferrovias S.A.
 
17h40 às 18h: Portal Brasileiro de Dados Rodoviários
Alexandre Moreno Richwin Ferreira, Marcelus Oliveira de Jesus e Milton Sampaio Castro de Oliveira – EPL – Empresa de Planejamento e Logística S.A

 

Curso Prático: Processamentos de Imagens RGB no Pix4D

20 de Maio – 8h30 às 12h30 e 14h às 18h

Este curso tem como objetivo detalhar as ferramentas e configurações voltadas para o processamentos de imagens RGB com o software Pix4D Mapper Pro.

Público-alvo: este treinamento é voltado a operadores de drones com interesse em aprofundar o conhecimento das ferramentas de processamento de imagens RGB com o Pix4D Mapper Pro.

Tópicos que serão abordados:
• Introdução
– Etapas de um projeto fotogramétrico
• Pix4d
– Download do software
– Pedido da versão trial
– Apresentação do software
• Criação do projeto fotogramétrico
• Importação dos dados
– Imagens
– Pontos de apoio
• Pontos de controle no terreno
– Pontos de Controle
– Pontos de Verificação
– Distribuição
• Processamento Fotogramétrico
– Fluxo de trabalho
– Etapas
– Configurações
– Apresentação dos produtos Gerados
§ Nuvem de pontos
§ Modelo digital de Superfície
§ Mosaico de ortofotos
• Classificação da nuvem de pontos
• Geração do MDT e curvas de nível.
• Edição de mosaico de ortofotos
• Operações de medição
– Cálculo de distância, área e volume.
• Exportação dos produtos

Instrutor: Victor Magalhães Santos
Graduado em Engenharia Cartográfica pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), possui amplo conhecimento no processamento de imagens obtidas por drones, atuando como suporte técnico na Santiago & Cintra desde 2010.

 
 
 

Curso Avançado: Drones na Agricultura

21 de maio – 8h30 às 12h30

O uso avançado de drones na Agricultura, além de ganhos de produtividade e redução de custos, gera continuamente dados para tomada de decisão no futuro. Neste curso avançado serão detalhados três cases do uso de drones na Agricultura: cana de açúcar, silvicultura/citricultura/cafeicultura e grãos.

Público-alvo: Este é um treinamento indicado para quem já tenha conhecimentos básicos sobre drones na Agricultura e tenha interesse em se aprofundar no tema através de estudos de caso.

Tópicos que serão abordados:
• Estudo de caso 1 – Cana de açúcar
– Cálculo de volume de bagaço de cana
– Análise de topografia, fluxo de enxurrada, definição de pontos críticos de erosão, projeto de terraços e de escoamento superficial difuso
– Restituição de linhas de plantio para projeto logístico de tiro de colheita e georreferenciamento de colheita automática
– Localização de falhas de plantio pelo método de Stolf
– Análise fitossanitária nas fases de perfilamento e maturação
– Matologia – identificação e tratamento de invasoras nas fases de perfilamento e maturação
• Estudo de caso 2 – Silvicultura, Citricultura e Cafeicultura
– Contagem de indivíduos
– Cálculo de diâmetro de copa
– Cálculo de falhas de plantio
– Análise fitossanitária (ex. phytophthora, greening, etc)
– Matologia (identificação e tratamento de invasoras)
• Estudo de caso 3 – Grãos
– Estimativa de déficit nutritivo
– Cálculo de necessidade de nitrogênio e avaliação de resultados na aplicação de nitrogênio
– Análise fitossanitária (ex. nematóides, mosaico de trigo, ferrugem de cabeça, etc)
– Matologia (identificação e tratamento de invasoras)

GiovaniInstrutor: Giovani Amianti
Engenheiro mecatrônico formado pela Poli-USP e mestre em sistemas aviônicos de RPAS pela Poli-USP. Iniciou o desenvolvimento de drones em 2004 e em 2007 fundou a XMobots. Esteve à frente de projetos já consagrados no mercado nacional de RPAS, como os drones Nauru 500x, que foi o primeiro avião não tripulado privado do Brasil autorizado a voar pela ANAC além do Echar 20x recentemente utilizado pelo INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais e Arator 5x que se consolidou no mercado sucroalcooleiro. Atualmente é o CEO da XMobots, considerada uma das líderes na América Latina do segmento de Drones para Agricultura.
 
 
 

Curso: Drones para Topografia

21 de maio – 8h30 às 12h30

Neste curso serão abordados teoria e exemplos práticos de fotogrametria por Drone, usando o modelo Phantom como exemplo, tipos de câmeras e sensores que podem ser embarcados nestes, além de aprender como proceder como realizar um voo autônomo e gerar produtos cartográficos, além das análises estatísticas a serem aplicadas para a validação do produto gerado e quais os melhores parâmetros a serem configurados no software de processamento, levando em consideração a aplicação que os dados serão usados.

Público-alvo: O curso é voltado aos profissionais da área de agrimensura, cartografia e correlatas que atuam ou pretendam atuar com Topografia usando drones, com o objetivo de usar os dados derivados como insumo ou no desenvolvimento de projetos, e que já tenham conhecimentos básicos sobre o assunto.

Tópicos que serão abordados:
• Conceitos de Fotogrametria
• Tipos de câmeras e sensores
• APPs para planejamento de voo
• Legislação e normas sobre uso de Drones para Topografia
• Planejamento de voo
• Configuração de hardware para processamento
• Processamento básico dos dados
• Usando SRTM no planejamento e no voo
• Implantação de pontos de apoio e de check
• Parâmetros a usar no processamento de dados em área urbana ou rural
• Processando e gerando dados cartográficos
• Processamento e geração de MDT / Cálculo volumétrico
• Aplicando testes estatísticos e validando os produtos/span>

Instrutor: Danilo A. Rodrigues
Diretor técnico e fundador da empresa GeoSurv Engenharia e Geomática. Empresa provedora de serviços na área de Agrimensura e Cartografia. Engenheiro Cartógrafo formado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP. Atuando há 13 anos no mercado de Geotecnologias.

 
 
 
 

Curso: Georreferenciamento de Imóveis Rurais

21 de maio – 8h30 às 12h30

As dúvidas que envolvem o Georreferenciamento de Imóveis Rurais e o uso do Sistema de Gestão Fundiária (SIGEF) do Incra são comuns e frequentes entre os profissionais que atuam nesta área. Este curso avançado tem como objetivo dar uma introdução ao Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais e tirar as principais dúvidas de quem atua ou pretende atuar no setor com responsabilidade e qualidade.

Público-alvo: Profissionais que atuam ou pretendem atuar na área de Georreferenciamento de Imóveis Rurais, estudantes da área, registradores de imóveis e até proprietários de imóveis que desejam entender e acompanhar os trabalhos em seus imóveis.

Tópicos que serão abordados:
• Sobre o Georreferenciamento
– Importância do Georreferenciamento para o Brasil e para os proprietários de imóveis rurais
– Diferença entre precisão e acurácia
– Reocupação de marcos certificados
– Utilização de vértices virtuais (quando utilizar e métodos para obtenção dos mesmos)
– Anuência dos confrontantes (como agir em caso de recusa da anuência)
– Usucapião e a certificação – quando e como certificar
– Reflexão do 1º módulo: As maiores dificuldades estão no campo ou no escritório?
• SIGEF – Desmembramento e Remembramento de Imóveis Rurais
– Documentação necessária para o SIGEF e para o registro de imóveis
– Diferença entre a área do perímetro e as áreas do desmembramento
– Como proceder no SIGEF (imóveis certificados antes e após a 3ª Norma Técnica)
– Reflexão do 2º módulo: após 6 anos e meio como anda o SIGEF? Está valendo a pena?
• Georreferenciamento e o profissional
– Precificação: como calcular os preços do Georreferenciamento
– As dificuldades encontradas no campo, escritório e cartório
– Como organizar os trabalhos para obter maior produtividade
– Importância e elaboração do contrato
– Como captar clientes
– Reflexão do 3º módulo: Como “driblar” a concorrência desleal?
• Notas devolutivas do Registro de Imóveis quando da solicitação de averbação do Geo
– Apresentação e estudo de vários casos reais, a fim de evitar erros
– Reflexão do 4º módulo: O cartório é “amigo” ou um obstáculo?
• Uso de drone no Georreferenciamento
– Como andam os trabalhos com drones no Georreferenciamento?
– Principais obstáculos encontrados
– Reflexão do 5º módulo: o que evoluiu nos trabalhos com drone no Geo?

Margarete Maria José OliveiraInstrutora: Margarete Maria José Oliveira
Cursou Geoprocessamento no Instituto Federal de Goiás (IFG) e diversos cursos e seminários ligados à área de Georreferenciamento de Imóveis Rurais, Imagens de Satélite, Cadastro Ambiental Rural (CAR), dentre outros. É sócia-fundadora da empresa TGR Treinamentos, onde atua como instrutora de cursos teóricos e práticos na área de montagem de processos para Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais, levantamento em campo utilizando GPS e RTK , Reserva Legal, CAR, entre outros. Trabalha há mais de seis anos com Georreferenciamento de Imóveis Rurais e montagem de processos de Georreferenciamento e Reserva Legal, atendendo pessoas físicas e jurídicas de diversos estados do Brasil. Participa como palestrante na conferência MundoGEO#Connect LatinAmerica, em seminários online MundoGEO e como articulista na revista MundoGEO, sobre o tema Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais.

Curso: Big Data, Data Science e GeoAnalytics

21 de maio – 8h30 às 12h30

Big Data, Ciência de Dados (ou Data Science), Machine Learning e GeoAnalytics são termos muito comentados atualmente.
 
Em que consistem? O que há realmente de novo nessas tecnologias e conceitos?
 
Este curso avançado aborda os conceitos de big data, data science e machine learning aplicados no contexto do uso da informação geográfica e da Estatística Espacial, explorando estudos de casos e tendências tecnológicas e ferramentas e a integração de técnicas analíticas.

Público-alvo: Profissionais que já atuam ou que pretendem atuar na área de Ciência de Dados, integrando GIS e ferramentas de Big Data para a tomada de decisão.

Tópicos que serão abordados:
• Big Data Analytics – Conceitos, Tendências e Estado-da-arte
• Geo Analytics
• Bancos de Dados Públicos – Ciência, Oportunidades e Desafios
• Estatística Espacial – Conceitos e Aplicações
• Inteligência Artificial, Machine Learning e Deep Learning – Conceitos e Aplicações
• Integração de Técnicas Analíticas

Instrutor: Eduardo de Rezende Francisco
Professor de Carreira da FGV-EAESP. Fundador do grupo de estudos GisBI. Membro do Conselho Curador da Fundação SEADE. Doutor (2010) e Mestre (2006) em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas – EAESP e possui graduação em Bacharelado em Ciência da Computação pelo Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (1999).

 
 

Curso: Monitoração de Obras

21 de maio – 8h30 às 12h30

Para obtermos os resultados esperados sem surpresas indesejadas e principalmente garantir a segurança das pessoas e investimentos, o Monitoramento se prova cada vez mais essencial e indispensável. Novas tecnologias vêm contribuindo a cada dia com a evolução dos equipamentos e técnicas deste processo. Neste curso avançado serão apresentadas aplicações, dados obtidos, técnicas atuais, instrumentações de precisão e produtos gerados, tanto para obras de menor porte quanto para barragens.

Público-alvo: Profissionais interessados no conhecimento de técnicas, tecnologias e metodologias, aplicadas em processos de monitoramento e avaliação de obras de pequeno a grande porte.

Tópicos que serão abordados:
• Introdução ao Mundo da Construção Digital
• Planejamento e antecipação de problemas
• Metodologias de coleta de dados e informações
• Digitalização de projetos e BIM
• Equipamentos e tecnologias de coleta de dados
• Auditoria Estrutural
• Monitoramento na construção civil
• Monitoramento de barragens e estruturas de grande porte
• Exemplos de fluxos de trabalho e produtos
• Discussão e estudos de caso

Instrutores

Miguel Menegusto
Equipe LATAM Geomatics Leica Geosystems. Com 8 anos de experiência em captura de realidade, faz parte do time de geomática da Leica Geosystems como Gerente de Produto para Scanning na América do Sul, auxiliando usuários a aumentarem a produtividade e a qualidade de projetos com Laser Scanning, Estações Totais e GPS em aplicações de Arquitetura, Construção, Mineração, Plantas Industriais e etc. Formado pela Universidade Federal do Paraná e Instituto Real de Tecnologia de Estocolmo em Engenharia Cartográfica com extensão em Geodésia e Geoinformática.

 

Rogério Carlos Weigert Junior
Equipe Leica Geosystems, responsável pelas áreas de produtos e soluções voltadas ao Monitoramento de Barragens e Estruturas de grande porte. Engenheiro Cartógrafo e Agrimensor – UFPR (Curitiba/Brasil). Pós-Graduado em Auditoria, Avaliação e Perícias em Engenharia – IPOG/PR Experiência profissional: com mais de cinco de 5 anos de experiencia nas áreas de Monitoramento de Estruturas e Auditoria Estrutural em obras de Engenharia e Construção Civil, atualmente faz parte do grupo Hexagon, na Leica Geosystems, contribuindo com as áreas de produtos e soluções voltadas ao Monitoramento de Barragens e Estruturas de grande porte.

 
 
 

Seminário Geo & Drones para Meio Ambiente

21 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para discutir políticas públicas, avaliar as plataformas disponíveis de coleta e processamento de dados e apresentar projetos na área de monitoramento territorial e ambiental utilizando o Sensoriamento Remoto.

Público-alvo: Profissionais ligados a gestão pública, defesa civil, ONGs e empresas privadas que atuam na área ambiental, infraestrutura, recursos naturais e agroflorestal.

Os temas, palestrantes e debatedores desta atividade serão divulgados em fevereiro.

Moderadora: Patrícia Procópio – XR.Lab / MP Consultoria
Founder XR.Lab, Founder e Consultor da MP Consultoria, PhD em Geologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com o Projeto: “Geovisualização em Ambientes de Realidade Virtual: Mudança de paradigma na Exploração Mineral”. PhD em Geologia pela UFRJ, especialista em Geoprocessamento pela UFMG, geóloga pela UFMG. Com mais de 20 anos de experiência em geotecnologias e geoinformação, é Founder da recém criada XR.Lab, empresa com foco em produção de experiências sensoriais e conteúdos digitais, sejam em realidade extendida, vídeos tridimensionais, 360graus, dentre outros. Ë também CEO da Moreira e Procópio Consultoria e Empreendimentos Ltda- MP Consultoria, empresa que atua na prestação de serviços e consultoria especializada principalmente nos mercados de meio ambiente, mineração, engenharia e agronegócios, onde tem se destacado os projetos em GIS e realidade virtual. Nos últimos anos atuou ativamente junto à mineradora Samarco e Fundação Renova em ações de gestão de crise e gestão territorial, imediatamente após o acidente da Barragem de Fundão, no estado de Minas Gerais. Na Vale, por 17 anos, foi coordenadora de Geoinformação na Diretoria de Ferrosos. Profissional referência no tema em toda a Vale, foi responsável pela implantação do GISMineral- Infraestrutura de Dados Espaciais da Vale, GEDMineral-Sistema de Gerenciamento de Conteúdos da Diretoria de Ferrosos, GDMS-Sistema de Gerenciamento de Dados Geológicos, dentre outros sistemas corporativos. Destaque pela idealização e implantação do Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale – Sala de Realidade Virtual. Projetos premiados: Excelência em IDE – Infraestrutura de Dados Espaciais (Mundo Geoconnect – São Paulo – 2014); Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale (Geospatial World Excellente Awards – Amsterdam/The Netherlands – 2012); Sala de Realidade Virtual (Prêmio Inova Vale – 2010); Projeto GISMineral (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA -2010);Projeto GIS Vale (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA – 2006).

 

Programação:
 
14h às 14h20: Monitoramneto da Recomposição de Áreas Alteradas e Degradadas
Diogo Duarte – Desenvolvimento de Negócios – Santiago & Cintra Consultoria
 
14h20h às 14h40: Aerofotogrametria com drones no monitoramento de fenômenos geológicos: o caso do Sinkhole no estado da Bahia
Aline Lago Guimarães e Myron Paterson Neto – Diretores – OrtoPixel – Soluções Integradas com Drones
 
14h40 às 15h: Validação de altimetria e volumetria de voçoroca obtida de mapeamento realizado por drone de baixo custo
Luciano Nardini Gomes – Docente – Universidade Estadual de Londrina
 
15h às 15h20: Mapeamento das áreas de risco socioambiental às inundações urbanas em Francisco Beltrão/PR
Ariadne Silvia de Farias – Docente e Pesquisadora do Mestrado Profissional em Governança e Sustentabilidade (PPGS) – Instituto Superior de Administração e Economia do Mercosul – ISAE/Curitiba
 
15h20 às 16h: Intervalo
 
16h às 16h20: Inovação no monitoramento da restauração ambiental em Áreas de Preservação Permanente (APP): perspectivas através do uso de drones
Rodrigo Bernardo – Analista/Técnico – Casa da Floresta Ambiental SS
 
16h20 às 16h40: Aplicações de imagens de Radar/SAR do PALSAR-2/ALOS-2 para o agronegócio, desastres naturais e infraestrutura urbana
Lucas Araújo Camargos – Sócio e Diretor Técnico – TecTerra Geotecnologias
 
16h40 às 17h: Servidor de Imagens Geoserver em banco de dados espacial PostGIS
Clayton Barreto – Engenheiro Cartógrafo – Analista de Geoprocessamento / Planejamento Ambiental – Prefeitura de Guarulhos
 
17h às 17h20: Desafios da Reparação – Como o GIS vem integrando a reparação inédita do Rio Doce
Cristiane Guimaraes Bastos Silva – Gerência de Tecnologia e Sistemas – Fundação Renova
 
17h20 às 17h40: Mapeando o mundo em 3D – Uso de ALS (Airborne Laser Scanning) e TLS (Terrestrial Laser Scanning) no Planejamento e Execução de Projetos
Gilson Pedrassani – Diretor – Canoinhas Geoassessoria
 
17h40 às 18h: Palestrante a confirmar

 

Seminário: Geo & Drones na Agricultura

21 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar as novas demandas e os casos de sucesso de soluções utilizando geotecnologias e drones na gestão agrícola e florestal de precisão.
 
O foco serão as aplicações no cultivo da cana de açúcar, silvicultura, citricultura, cafeicultura e grãos. As apresentações e debates vão envolver mapeamento, pulverização e estimativas de safras, manejo, identificação de falhas e doenças, suporte a aplicação de agentes químicos e biológicos, proporcionando a melhor modelagem do terreno para facilitar a colheita, melhorar a produtividade e prover informações para preservar o meio ambiente.

Público-alvo: Especialistas e profissionais que atuam na produção e na prestação de serviços na área agrícola e florestal.

Moderador: Wilson Holler
Analista GIS na Embrapa Florestas. Engenheiro Cartógrafo (UFPR), Especialista em Geoprocessamento (UFPR) e Gestão Florestal (UFPR), Especialista em Drones para Aplicações Civis e Comerciais (PUC/PR), Mestre em Desenvolvimento de Tecnologia (Lactec), Experiência em Processamento Digital de Imagens e Análises Geoespaciais.

 
 

Programação:
 
14h às 14h40: Transformação Digital e Desafios do setor
Lucio Jorge – Embrapa Instrumentação
 
14h40 às 15h: Câmeras multiespectrais no mapeamento agrícola
Daniel Oliva Sales – Gerente de P&D – Xmobots
 
15h às 15h20: VSAT Aerospace – Comportamento Espectral do Café Arábica no Sul de Minas Gerais – Município de Aguanil
Aline Andrade do Nascimento – Coordenadora do núcleo de Geoprocessamento – VSAT Aerospace
 
15h20 às 15h40: Metodologia para Extração de Linhas de Plantio e suas Falhas com o uso de Drones
Pedro Henrique Figueiredo Araújo – Graduando/Engenharia Ambiental Universidade Federal de Minas Gerais
 
15h40 às 16h: Sistema de restituição de linhas para diminuir um terço de perdas no canavial
Fabrício Hertz – CEO da Horus Aeronaves
 
16h às 16h40: Intervalo
 
16h40 às 17h: Drones no campo mapeando hoje para colher bons frutos amanhã!
Maichel Strey e Wagner Nascimento Consultores – Asistec CAP
 
17h às 17h20: Plataforma SIG como ferramenta de gestão no setor sucroenergético
Thais de Jesus Vilela Eiras – Analista de sistemas – Imagem Geosistemas
 
17h20 às 17h40: Identificação automatizada de daninhas usando algoritmo inteligente
Fabrício Hertz – CEO da Horus Aeronaves
 
17h40 às 18h: Um novo conceito em mapear e pulverizar a sua lavoura
Bruno Mazzon Purcino – Supervisor de tecnologia e inovação agronomica – Xmobots

 

Seminário: Geo & Drones na Construção Civil

21 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas em monitoração, inspeções e perícias, que apresentarão demandas do mercado e casos de sucesso de soluções e inovações que utilizam geotecnologias, drones e BIM nas ações de manutenção preditiva, monitoramento contínuo e inspeções na construção civil, indústria e em grandes obras de engenharia e de infraestrutura. Estarão em destaque o estado-da-arte das tecnologias disponíveis de alta precisão e a inteligência artificial para processamento dos dados.

Público-alvo: Profissionais que atuam na gestão e na prestação de serviços de manutenção e inspeções em rodovias, ferrovias, aeroportos, pontes, viadutos, linhas de transmissão, estações rádio base de telecomunicações, usinas eólicas e solares, instalações industriais, inspeções prediais e de obras na construção civil.

Moderador: Fernando Ribeiro
Poli-USP/FEI

 
 
 
 

Programação:
 
14h às 15h: Transformação digital e desafios do setor
Fernando Ribeiro – Poli-USP/FEI
 
15h às 15h20: Usina do Gasômetro de Porto Alegre é escaneada com Laser 3D para reforma sob o método BIM
Alexandre Scussel – Consultor Técnico – Leica Geosystems Brasil
 
15h20 às 15h40: Levantamento cadastral arquitetônico com uso de drone
Aline Lago Guimarães e Myron Paterson Neto – Diretores – Ortopixel – Soluções com Drones e Geotecnologias
 
15h40 às 16h: Projeto de As-built de Condomínio com Uso de Drones, Fotogrametria Tradicional e Integração com Software BIM
Matheus de Sousa Guedes – Diretor – Grupo Flug
 
16h às 16h40: Intervalo
 
16h40 às 17h: Da Nuvem de pontos ao Projeto MEP/BIM
Guilherme Augusto de Brino Neves – Diretor de Tecnologia – MHA Engenharia Ltda
 
17h às 17h20: Uso de Tecnologias OpenSource Para Processamento de Imagens
Alexsandro Rodrigues Pinheiro – Técnico/Celtab – Parque Tecnológico Itaipu
 
17h20 às 17h40: A compatibilização entre drones, inteligência artificial e escaneamento 3D para projetos de restauro arquitetônico
Tobias Bonk Machado – Diretor – Creatos Arquitetura e Sustentabilidade Ltda
 
17h40 às 18h: Palestrante a confirmar

 

Seminário: Geo & Drones para Óleo e Gás

21 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar como as soluções geoespaciais, incluindo os drones, estão sendo usadas em projetos na área de exploração, produção, refino, geração de energia, comercialização e distribuição de derivados de petróleo e gás.

Público-alvo: Especialistas e profissionais ligados a gestão e operação de servições relacionados a Petróleo e Gás.

Moderadores:
Wilson José de Oliveira
Graduado em Geologia pela UNESP – Rio Claro (SP). Possui mestrado em Sensoriamento Remoto pelo INPE – São José dos Campos (SP) e doutorado e pós-doutorado em Geociências pela UNICAMP – Campinas (SP). Trabalha na PETROBRAS desde 1986 onde atuou nas áreas de exploração, engenharia e atualmente é Consultor Sênior da área de Licenças Ambientais e Relacionamento Externo, onde faz parte do setor de Estudos Ambientais (EAMB), realizando atividades de avaliações ambientais preliminares e acompanhamento dos processos de licenciamento ambiental e implantação de projetos da PETROBRAS. Desde 2015 atua coordenador de um grupo de estudos e aplicabilidade do uso de drones na PETROBRAS

 

João Luiz Bullos Santos
Profissional Técnico Master – Centro de Pesquisas da Petrobras – Gerência de Tecnologia em Engenharia Oceânica

 
 
 

Programação:
 
14h às 14h10: Boas vindas e considerações iniciais
 
14h10 às 14h30: Uso de Drones e Geração de Produtos para Apoio às Atividades de Exploração e Produção de Petróleo na Amazônia
Alexandro Campos de Jesus e Marcelo de Oliveira Andrade – Petrobras
 
14h30 às 14h50: Utilização de drone para avaliação da sobrevivência de espécies plantadas na recuperação de uma área de restinga no Norte Capixaba
Frederico Santos Machado – Engenheiro de Meio Ambiente Sênior do Centro de Pesquisa da Petrobras
 
14h50 às 15h10: Modelagem industrial 3D por meio de drones – Casos aplicados na Petrobras
César Luiz Silva – Profissional de Nível Superior Sênior / CENPES/PDDP/TFCM – Petrobras
 
15h10 às 15h30: Modelagem digital de afloramentos análogos a reservatórios a partir de imagens RPAS (Drone) com pontos de controle georreferenciados
Luis Felipe Andrade – Profissional de Nível Técnico Pleno – Petrobras
 
15h30 às 15h50: Monitoramento de Ações de Resposta a Emergência OffShore em Tempo Real com o uso de Drones
Helder Barros Gama Vieira – Gestão de Contingências – Petrobras
 
15h50 às 16h20: Intervalo
 
16h20 às 16h40: Inspeção quantitativa com RPAS (drone)
Carla Alves Marinho – Engenheira de Inspeção de Equipamentos/CENPES – Petrobras
 
16h40 às 17h: Uso de RPAS no aumento da segurança e na melhoria de processo de forma colaborativa no cenário corporativo
Renato Faustino – Engenheiro de Telecomunicações/TIC – Petrobras
 
17h às 17h20: Difusão de Conhecimento e da Cultura de Conformidade no Uso de RPAS (Drone) na Petrobras
Luis Felipe Andrade de Lima – Profissional de Nível Técnico Pleno – Petrobras
 
17h20 às 17h40: Uso de RPAS na Elaboração de Projetos de Dutos da Petrobras
Thiago Casemiro Macena de Oliveira – Analista Ambiental – SRGE/ERGE/ECIAD/EDUT (Engenharia de Dutos) – Petrobras
 
17h40 às 18h: Painel com considerações finais e encerramento

 

Seminário: GIS & Big Data

21 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar as ferramentas e resultados de soluções inovadoras de integração da inteligência geográfica, ciência de dados e Big Data para tomada de decisões no setor público e privado.
 
Todas as organizações lidam com o desafio de buscar compreender e prever os fenômenos que afetam o seu negócio. A sociedade da informação e conhecimento exige uma maior capacidade de fazer análises mais profundos e também mais rápidas. O conhecimento geográfico alinhado as melhores práticas de TI estão revolucionando a maneira como as decisões são tomadas dentro das organizações. Vamos discutir desafios de implementação, cases de sucesso e as tendencias de mercado.”

Público-alvo: Especialistas em dados, gestores públicos e privados e prestadores de serviços relacionados.

Tópicos principais deste Seminário, entre outros:
• Inteligência Artificial > Machine Learning > Deep Learning
• Ciência de Dados Geoespaciais
• Big Data e Geo Analytics
• Tendências da Transformação Digital no setor de GIS

Os temas, palestrantes e debatedores desta atividade serão divulgados em fevereiro.

Moderador: Julio Ribeiro.
Graduação e Mestrado em Geografia. Experiências profissionais nos campos da licenciatura, bacharelado e empreendedorismo. Atualmente é CEO do Grupo HUBSE, sendo este responsável pelo Instituto GEOeduc e AcademiaGIS Imagem/Esri BR. Fundador/presidente da APROGEO-MG. Experiência docente nas universidades UniBH, UNA e PUCMinas, São Judas Tadeu, Facens e FGV. Coordenou o curso de Geografia e foi diretor do Instituto de Engenharia e Tecnologia. Atuou como gerente de marketing na Imagem/EsriBR. Principais áreas de interesse:Educação, Análises espaciais e Smart Cities.

 
 

Seminário: Geo & Drones na Logística e Delivery

21 de Maio – 14h às 18h

Este seminário vai reunir especialistas para apresentar tecnologias, demandas e casos de sucesso utilizando drones para operações de logística, delivery e e-commerce.
 
Serão apresentadas soluções tecnológicas e discutidas questões regulatórias relacionadas a entregas e mobilidade com drones nos setores de saúde, alimentos, entre outros.

Público-alvo: Especialistas e profissionais ligados a órgãos reguladores, instituições públicas e empresas nas áreas de logística e delivery.

Mediador: Samuel Salomão
Fundador e CPO da Speedbird Aero. Engenheiro de Software e Mestre em Bioengenharia pela USP São Carlos, trabalhou 12 anos na área de Desenvolvimento de Software, sendo 3 anos nos Estados Unidos. Atualmente atua no desenvolvimento de sistemas de Telemedicina, e sistemas autônomos para o transporte e entrega de medicamentos usando drones.

 
 

Programação:
 
14h às 14h40: Relato de casos mundiais de projetos em andamento de entrega com drones
Samuel Salomão – Fundador e CPO da Speedbird Aero
 
14h40 às 15h: A regulamentação atual dos drones no Brasil para delivery
André Arruda – CEO da AL Drones
 
15h às 15h30: Os desafios da Speedbird Aero neste mercado no Brasil
Samuel Salomão – Fundador e CPO da Speedbird Aero
 
15h30 às 16h: O sistema UTM e seu impacto sobre a massificação do Delivery
Representante do DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo)
 
16h às 16h30: Intervalo
 
16h30 às 17h15: Demandas reais no Brasil dos setores de saúde, alimentos e e-commerce
 
17h15 às 18h: Outras demandas no Brasil de transporte de cargas usando drones

 

Curso Prático: ArcGIS para Mapeamento Temático

21 de Maio – 8h30 às 12h30 e 14h às 18h

O ArcGIS é um dos softwares de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) mais utilizados no mundo, principalmente por ser amigável e por contar com ferramentas e rotinas poderosas de geoprocessamento. Na área de mapeamento temático seu destaque é ainda maior e possibilita a criação de produtos cartográficos de altíssimo nível. Atualmente, através do ArcGIS, profissionais de diversas áreas, em diversos cantos do mundo, criam mapas incríveis aplicados a estudos ambientais, de engenharia, urbanísticos, agricultura, saúde, mineração e projetos que demandam análises espaciais complexas. O objetivo desse curso é ensinar as melhores práticas para elaboração de mapas temáticos utilizando o ArcGIS Pro. Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Público-alvo: Esse treinamento é direcionado para profissionais e estudantes de qualquer área que desejam aprender a elaborar mapas temáticos de forma profissional para diversos projetos e estudos.

Tópicos que serão abordados:
• Sistemas de Informação Geográfica (GIS)
– Os pilares para você dominar qualquer software de Geoprocessamento
– O que é um SIG?
– Qual a estrutura de um SIG?
– Funcionalidades básicas do ArcGIS
• Tipos de Dados Utilizados no ArcGIS
– O que são dados vetoriais
– Tipos de dados vetoriais
– O que são dados matriciais
– Tipos de dados matriciais
– O que é Geopackage e Geodatabase
– Explorar dados vetoriais e raster no ArcGIS
• Ferramentas de Seleção Espacial
– Por que utilizar seleção espacial?
– Métodos de seleção no ArcGIS
– Introdução à linguagem SQL
– Trabalhando com ferramentas de seleção do ArcGIS
• Cartografia no ArcGIS
– O que é posicionar um objeto?
– Coordenadas Geográficas
– Coordenadas Projetadas
– Propriedades e distorções
– Forma da Terra e o Datum
– Projeção UTM
– Resumão: Sistemas de coordenadas e referência para SIG
– Analisando diferentes definições cartográficas
– Reprojetar camada
• Simbologia e Análise de Mapas
– Por que simbolizar seus dados?
– Simbologia x Atributos
– Simbologia Categórica
– Simbologia Quantitativa
– Métodos de classificação Quantitativa
– Normalização
• Introdução à Cartografia Temática
– Elementos de um mapa temático
– Fluxo de trabalho para criar um mapa temático no ArcGIS
– Elaborando meu primeiro mapa temático

Objetivos do curso:
• Aprender as funcionalidades básicas do ArcGIS
• Utilizar o ArcGIS para elaboração de mapas temáticos profissionais
• Dominar conceitos imprescindíveis para produção cartográfica
• Aprender as melhores práticas para simbologia e representação cartográfica

Instrutor: Ivan Leonardi
Mestre em Ciências e Tecnologia Ambiental na área de concentração em Avaliação de Bacias Hidrográficas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR (2018); Especialista em Georreferenciamento de Imóveis Rurais (2016); Geógrafo pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) com ênfase em Geociências (2014); Aperfeiçoamento profissional na área de Topografia (2013). Experiência há mais de 6 anos em Geoprocessamento, atuando na área de estudos ambientais, elaboração de mapas temáticos para materiais didáticos e instrutor de cursos online e presenciais. Além disso, possui certificação internacional ESRI ArcGIS Desktop Associate 19-001.

 

Curso Prático: Processamento de Imagens de Drones

21 de Maio – 8h30 às 12h30 e 14h às 18h

A extração de informações a partir de produtos básicos gerados por aerofotogrametria é um diferencial que poucos profissionais atualmente possuem no mercado brasileiro. Será abordado o uso de softwares para geração de dados geográficos em estrutura de nuvem de pontos, TIN, raster e curvas de nível. Recomenda-se que os alunos tenham conhecimentos sobre a obtenção de imagens por drones para aerofotogrametria. Para algumas áreas de atuação, como agricultura e silvicultura, trata-se de um conhecimento praticamente essencial. Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Público-alvo: Profissionais que já atuam ou que pretendem atuar no setor e que queiram ir além na obtenção de produtos a partir de levantamentos utilizando drones através de conhecimentos práticos. Os alunos devem ter conhecimentos básicos sobre processamento de imagens de drones.

Tópicos que serão abordados:
• Conceitos gerais para processamento de imagens obtidas por drones
• Softwares e suas qualidades (Photoscan, Pix4D e Context Capture)
• Uso de pontos de apoio e checagem no processamento de imagens
• Geração e classificação de nuvem de pontos
• Geração de dados TIN, raster e curvas de nível
• Geração de MDT e informações para topografia (perfis, volumetria)
• Geração de MDS e ortomosaicos
• Prevenção e solução de erros e problemas em processamento de imagens
• Avaliação de acurácia e enquadramento na norma INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais
• Softwares para processamento de produtos obtidos por fotogrametria por drones
• Análise de histograma e aumento de contraste
• Composições coloridas
• Fotointerpretação e edição vetorial
• Álgebra de bandas e geração de índices de vegetação (ex: NDVI)
• Filtragem em dados matriciais e nuvem de pontos
• Técnicas de classificação de imagens
• Elementos de cartografia e edição de layout para entrega de dados

Instrutores:

Instrutor: George Longhitano
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 
 

Faça sua inscrição antecipada comum super desconto e parcele sua compra em até 10 vezes!

1 Seminário, 1 Fórum ou 1 Curso: de R$ 490,00 por R$ 370,00
1 Curso Prático: de R$ 990,00 por R$ 840,00

 

Você também pode assistir todos os fóruns e seminários com uma condição super especial e parcelar em até 10 vezes!

Passaporte Seminários e Fóruns – 1 dia: de R$ 1.350,00 por R$ 990,00 (economize 27%)
Passaporte Seminários e Fóruns – 3 dias: de R$ 4.050,00 por R$ 1.980,00 (leve 3, pague 2 – economize 50%)

Oferta válida até 29/fev/2020. Parcelamento válido para pagamentos no cartão de crédito.

Entre em contato:
Telefones: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848
E-mail: contato@mundogeo.com | WhatsApp +55 (41) 999 191 357

 

Benefícios dos participantes:
• Acesso ao conteúdo (slides) da atividade escolhida (pós evento);
• Acesso aos 3 dias da feira;
• Acesso às Arenas no espaço da feira nos 3 dias do evento;
• Acesso à Conferência de Abertura no dia 19 de maio;
• Acesso às Atividades Especias;
• Acesso ao espaço de Experiências 3D;
• Participar da Rodada de Negócios;
• Certificado de participação (pós evento).

Descontos nas atividades:
• Preços especiais para compra de 3 ou mais atividades ou grupos.
• Descontos não cumulativos
• Notas de empenho serão consideradas pelo valor final.

Alterações na programação: os palestrantes e temas deste evento são confirmados durante a fase de estruturação do projeto. Contudo, substituições, alterações ou cancelamentos de palestrantes e temas podem ocorrer, decorrentes de caso fortuito e/ou força maior. Desta forma, a DroneShow reserva-se o direito de alterar o programa do evento, o que será divulgado na página da programação no site.

Patrocínio Diamante

Patrocínio Ouro

Patrocínio Prata

Apoio Institucional