DroneShow e MundoGEO Connect PLUS – 5 a 7 de novembro de 2019

Hotel Meliá Ibirapuera – Av. Ibirapuera, 2534 – São Paulo – SP – Brasil

Ambiente ideal para atualização profissional e geração de negócios na Mostra de Tecnologia* e nas Rodadas de Negócios

140 horas de conteúdo distribuído em 16 cursos e 2 fóruns empresariais

* Mostra de Tecnologia tem visitação gratuita

Cada Fórum: de R$ 540,00 por R$ 390,00
Cada Curso: de R$ 740,00 por R$ 590,00
Cada Curso Prático: de R$ 940,00 por R$ 790,00

Parcele em até 6x sem juros no cartão de crédito

* Oferta válida até 31 de agosto de 2019

Entre em contato:
Telefones: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848
E-mail: atendimento@mundogeo.com | WhatsApp (41) 999-191-357

Benefícios dos participantes:
• Certificado de participação
• Acesso aos arquivos pdf dos conteúdos apresentados no(s) fórum(s) e/ou curso(s) escolhido(s)
• Acesso livre aos 3 dias da Mostra de Tecnologia – produtos e serviços

Conheça a Programação:

CURSO AVANÇADO: Drones para uso em Mapeamento e Meio Ambiente

5 de novembro – 9h às 18h30

Fique por dentro da legislação, escolha de drones, mercado e precificação para serviços de mapeamento e estudos ambientais. Este curso apresentará as principais leis e normas pertinentes ao uso de drones, além de uma visão panorâmica sobre o mercado de drones em mapeamento e meio ambiente no Brasil. Abordará também as características e escolha de drones para projetos. Ao final, serão apresentados exemplos de precificação de serviços por meio de drones e os desafios deste mercado ainda em amadurecimento.. Também visa fornecer subsídios para que cada aluno consiga.

Público-alvo: profissionais de várias áreas que precisem de subsídios para escolher a melhor aeronave, sensor e software de acordo com o escopo de seus projetos e queiram iniciar seus trabalhos em mapeamento e estudos ambientais.

Tópicos:
• Legislação incidente – ANATEL, ANAC, DECEA, Ministério da Defesa e INCRA
• Procedimentos legais para realização de voos
• Mercado de mapeamento por meio de drones no mundo e no Brasil
• Características e especificações de drones para mapeamento e estudos ambientais
• Multirrotores e asas fixas – diferenças e qualidades
• Precificação de serviços
• Desafios legais, técnicos e comerciais no mercado de mapeamento e meio ambiente
• Conceitos em sensoriamento remoto e resoluções de sensores
• Câmeras e sensores disponíveis para embarcar em drones
• Conceitos de aerofotogrametria
• Introdução à execução de voos automáticos e captação de imagens
• Introdução ao processamento de imagens
• Exemplos de aplicações de drones em estudos ambientais
– Mapeamento cadastral
– Mapeamento e monitoramento de uso do solo
– Monitoramento geotécnico
– Monitoramento de processos erosivos e de assoreamento
– Estudos de rompimento de barragens e áreas afetadas
– Monitoramento de plantio e supressão de vegetação
– Monitoramento de PRAD
– Monitoramento de fauna
– Monitoramento de macrófitas aquáticas
– Diagnósticos em desastres e emergências ambientais

Instrutor: George Longhitano – G drones
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 
 

CURSO AVANÇADO: Modelagem, Visualização 3D, Realidade Virtual e Aumentada

5 de novembro – 9h às 18h30

A realidade virtual e aumentada é uma das tecnologias que mais vem atraindo a atenção dos estudiosos e especialistas em Indústria 4.0. De acordo com um estudo realizado pela companhia internacional Zion Market Research, a técnica tem potencial para atingir crescimento de 85% ao ano, no mundo todo, até 2021, impulsionando a Indústria 4.0 de forma singular e irreversível. Um dos grandes benefícios da tecnologia é a sua flexibilidade de aplicações. Pode, por exemplo, simplificar a fabricação de produtos, agilizar a manutenção de equipamentos, permitir treinamentos imersivos e até melhorar a maneira como os clientes interagem com a tecnologia. Este curso tem como objetivo desmistificar o uso de realidade virtual e aumentada em conjunto com as Geotecnologias, através do entendimento de conceitos, conhecimento de tecnologias e experiências através de exemplos práticos.

Instrutora: Patrícia Procópio – XR.Lab / MP Consultoria
Founder XR.Lab, Founder e Consultor da MP Consultoria, PhD em Geologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com o Projeto: “Geovisualização em Ambientes de Realidade Virtual: Mudança de paradigma na Exploração Mineral”. PhD em Geologia pela UFRJ, especialista em Geoprocessamento pela UFMG, geóloga pela UFMG. Com mais de 20 anos de experiência em geotecnologias e geoinformação, é Founder da recém criada XR.Lab, empresa com foco em produção de experiências sensoriais e conteúdos digitais, sejam em realidade extendida, vídeos tridimensionais, 360graus, dentre outros. Ë também CEO da Moreira e Procópio Consultoria e Empreendimentos Ltda- MP Consultoria, empresa que atua na prestação de serviços e consultoria especializada principalmente nos mercados de meio ambiente, mineração, engenharia e agronegócios, onde tem se destacado os projetos em GIS e realidade virtual. Nos últimos anos atuou ativamente junto à mineradora Samarco e Fundação Renova em ações de gestão de crise e gestão territorial, imediatamente após o acidente da Barragem de Fundão, no estado de Minas Gerais. Na Vale, por 17 anos, foi coordenadora de Geoinformação na Diretoria de Ferrosos. Profissional referência no tema em toda a Vale, foi responsável pela implantação do GISMineral- Infraestrutura de Dados Espaciais da Vale, GEDMineral-Sistema de Gerenciamento de Conteúdos da Diretoria de Ferrosos, GDMS-Sistema de Gerenciamento de Dados Geológicos, dentre outros sistemas corporativos. Destaque pela idealização e implantação do Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale – Sala de Realidade Virtual. Projetos premiados: Excelência em IDE – Infraestrutura de Dados Espaciais (Mundo Geoconnect – São Paulo – 2014); Centro de Tomada de Decisões Avançadas da Vale (Geospatial World Excellente Awards – Amsterdam/The Netherlands – 2012); Sala de Realidade Virtual (Prêmio Inova Vale – 2010); Projeto GISMineral (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA -2010);Projeto GIS Vale (Special Achievement in GIS Award – San Diego/USA – 2006).

 
 
 

CURSO Prático QGIS Básico para Mapeamento Temático

5 de novembro – 9h às 18h30

O QGIS é um dos softwares de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) mais utilizados no mundo, principalmente por ser amigável, contar com ferramentas e rotinas poderosas de geoprocessamento e por ser um programa totalmente open source.

Na área de mapeamento temático seu destaque é ainda maior e possibilita a criação de produtos cartográficos de altíssimo nível. Atualmente, através do QGIS, profissionais de diversas áreas, em diversos cantos do mundo, criam mapas incríveis aplicados a estudos ambientais, de engenharia, urbanísticos, agricultura, saúde, mineração e projetos que demandam análises espaciais complexas.

O objetivo desse curso é ensinar as melhores práticas para elaboração de mapas temáticos. Para isso, será utilizado o QGIS 3.8, a versão mais recente disponível ao usuário.

Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Tópicos:
• Sistemas de Informação Geográfica (GIS)
– Os pilares para você dominar qualquer software de Geoprocessamento
– Projeto OSGeo e QGIS
– O que é um SIG?
– Qual a estrutura de um SIG?
– Funcionalidades básicas do QGIS
 
• Tipos de Dados Utilizados no QGIS
– O que são dados vetoriais
– Tipos de dados vetoriais
– O que são dados matriciais
– Tipos de dados matriciais
– O que é Geopackage e Geodatabase
– Explorar dados vetoriais e raster no QGIS
 
• Ferramentas de Seleção Espacial
– Por que utilizar seleção espacial?
– Métodos de seleção no QGIS
– Introdução à linguagem SQL
– Trabalhando com ferramentas de seleção do QGIS
 
• Cartografia no QGIS
– O que é posicionar um objeto?
– Coordenadas Geográficas
– Coordenadas Projetadas
– Propriedades e distorções
– Forma da Terra e o Datum
– Projeção UTM
– Resumão: Sistemas de coordenadas e referência para SIG
– Analisando diferentes definições cartográficas
– Reprojetar camada
 
• Simbologia e Análise de Mapas
– Por que simbolizar seus dados?
– Simbologia x Atributos
– Simbologia Categórica
– Simbologia Quantitativa
– Métodos de classificação Quantitativa
– Normalização
 
•Introdução à Cartografia Temática
– Elementos de um mapa temático
– Fluxo de trabalho para criar um mapa temático no QGIS
– Elaborando meu primeiro mapa temático

Instrutor: Ivan Leonardi
Mestre em Ciências e Tecnologia Ambiental na área de concentração em Avaliação de Bacias Hidrográficas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR (2018); Especialista em Georreferenciamento de Imóveis Rurais (2016); Geógrafo pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) com ênfase em Geociências (2014); Aperfeiçoamento profissional na área de Topografia (2013). Experiência há mais de 6 anos em Geoprocessamento, atuando na área de estudos ambientais, elaboração de mapas temáticos para materiais didáticos e instrutor de cursos online e presenciais. Além disso, possui certificação internacional ESRI ArcGIS Desktop Associate 19-001.

 

CURSO AVANÇADO: Georreferenciamento de Imóveis Rurais, Urbanos e Sinter

5 de novembro – 9h às 18h30

O objetivo do curso é levar os profissionais a tirarem as principais dúvidas que ainda persistem no Georreferenciamento de Imóveis Rurais e SIGEF e a terem um conhecimento básico sobre o Georreferenciamento de Imóveis Urbanos mostrando as dificuldades para a Administração Pública e as etapas a serem seguidas na execução do projeto da regularização urbana. Unindo tudo isso ao SINTER, ainda que ele não esteja vigorando, vamos refletir como podemos, desde já, melhorar nossa demanda de trabalho.

Público-alvo: Profissionais que trabalham ou pretendem trabalhar com Georreferenciamento de Imóveis Rurais e Urbanos, corretores, proprietários de imóveis e qualquer pessoa que tenha interesse em aumentar seus conhecimentos nesta área.

Tópicos:
• Georreferenciamento de Imóveis Rurais
– Principais dúvidas (precisão x acurácia, levantamento do perímetro: estradas, cursos d’água, etc, implantação de marcos, vértices virtuais, etc)
– O profissional e o Cartório de Registro de Imóveis – estudo de casos de notas devolutivas
– SIGEF: a dificuldade no desmembramento
– Sobreposição de imóveis – como agir
– Os erros que ocorrem na certificação e como evita-los
– Sanções: fazendo um levantamento, como elas estão ocorrendo?
 
• Georreferenciamento de imóveis Urbanos (REURB)
– Breve comentando a lei 13.465/2017
– Principais dificuldades encontradas na REURB pela administração pública
– Quem pode requerer
– Instrumentos da REURB
– Etapas / fases da REURB
– O uso de drone/vant no Georreferenciamento urbano
– Apresentação de caso
 
• SINTER:
– Como anda a implantação do Sinter
– Comentário do Manual de Engenharia para o Cadastro Territorial Urbano
 
• Conclusão do curso
– Geo Rural, Geo Urbano e SINTER: como utilizar tudo isso a nosso favor como profissionais?

Margarete Maria José OliveiraInstrutora: Margarete Maria José Oliveira
Cursou Geoprocessamento no Instituto Federal de Goiás (IFG) e diversos cursos e seminários ligados à área de Georreferenciamento de Imóveis Rurais, Imagens de Satélite, Cadastro Ambiental Rural (CAR), dentre outros. É sócia-fundadora da empresa TGR Treinamentos, onde atua como instrutora de cursos teóricos e práticos na área de montagem de processos para Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais, levantamento em campo utilizando GPS e RTK , Reserva Legal, CAR, entre outros. Trabalha há mais de seis anos com Georreferenciamento de Imóveis Rurais e montagem de processos de Georreferenciamento e Reserva Legal, atendendo pessoas físicas e jurídicas de diversos estados do Brasil. Participa como palestrante na conferência MundoGEO#Connect LatinAmerica, em seminários online MundoGEO e como articulista na revista MundoGEO, sobre o tema Georreferenciamento e Certificação de Imóveis Rurais.

 

CURSO AVANÇADO: Análise Espacial para Tomada de Decisões Estratégicas

5 de novembro – 9h às 18h30

O curso abordará a importância do olhar geográfico para a compreensão de fenômenos complexos. Será apresentado quais ferramentas um analista espacial pode utilizar para melhorar suas decisões, ou orientação a tomadores de decisões dentro das organizações. Será demonstrado como a incorporação da estatística espacial é um poderoso recurso para tomada de decisões estratégicas. Explicitaremos metodologias de análise espacial, com demonstração de cases de sucesso no brasil e no mundo.

Público-alvo: Profissionais que atuem ou pretendem atuar nas áreas de geografia, arquitetura, engenharias, cartografia, agrimensura, administração e demais áreas correlatas. O curso tem o objetivo de abrir a mente dos alunos sobre a importância de uma adequada análise espacial para decisões estratégicas.

Tópicos:
• Análise Espacial como diferencial estratégico
– O pensar geográfico
– Ciclo de inteligência Geográfica
– Busca por padrões espaciais
• SIG e os Negócios
– Entendendo e aplicando as categorias de análise da Geografia em decisões de negócios: Lugar, Paisagem, Território , Região e Espaço;
– Interação entre a economia e a geografia econômica;
– Modelos Econômicos espaciais: Von Thünen (1826), Weber (1909) e Chirstaller (1933)
• Informação geográfica estratégica para comunicar decisões
– Como mentir com mapas? e como não ser enganado por um?
– Uma imagem fala mais que mil palavras, um mapa fala mais que mil imagens
• Estatística espacial em processos de decisões complexas
– Os principais aspectos da estatística espacial
– Impacto do ONDE
– Existem padrões no comportamento geográfico de todos os fenômenos
• Cases de aplicações da análise espacial para decisões complexas
– Salvando vidas (resposta e emergência)
– Ganhando guerras (Uso militar)
– Expandindo negócios (Geomarketing)
– Entendendo padrões sociais (Comportamento eleitoral)
– Melhorando qualidade de vida (Smart City)

Instrutor: Julio Ribeiro – GEOeduc
Graduação e Mestrado em Geografia. Experiências profissionais nos campos da licenciatura, bacharelado e empreendedorismo. Atualmente é CEO do Grupo HUBSE, sendo este responsável pelo Instituto GEOeduc e AcademiaGIS Imagem/Esri BR. Fundador/presidente da APROGEO-MG. Experiência docente nas universidades UniBH, UNA e PUCMinas, São Judas Tadeu, Facens e FGV. Coordenou o curso de Geografia e foi diretor do Instituto de Engenharia e Tecnologia. Atuou como gerente de marketing na Imagem/EsriBR. Principais áreas de interesse:Educação, Análises espaciais e Smart Cities

 

8º Fórum Empresarial de Drones

5 de novembro – 9 às 18h30

Este Fórum proporciona o ambiente ideal para a geração de novos negócios pela ampliação do networking, além do debate das mudanças necessárias na regulamentação dos drones no Brasil provocadas pelos avanços tecnológicos e pelas novas demandas da sociedade. Dentre as expectativas de novidades regulatórias estão as relacionadas aos aerolevantamentos, voos BVLOS e sobre áreas urbanas, otimização dos processos de certificados de aeronavegabilidade, autorização de voos para projetos específicos, habilitação de pilotos remotos e criação de áreas fixas para testes no Brasil, entre outras. O Fórum também apresenta os principais desafios resultados práticos na prestação de serviços com drones para os setores agrícola, florestal, meio ambiente, inspeções, mapeamento, topografia, mineração, energia, óleo e gás, entre outros.

Público-alvo: especialistas, empresários da cadeia produtiva do setor, entidades reguladoras e contratantes do setor público e privado.

Programação

Moderador: Emerson Granemann
CEO da MundoGEO e idealizador da DroneShow

 
 
 

9h às 12h30 – Painel: Desafios tecnológicos e resultados reais usando drones:

9h às 9h45 – Aerolevantamentos e Cadastro
Reinaldo Colares – Diretor Técnico da HorusGeo
Danilo A. Rodrigues – Diretor técnico da GeoSurv Engenharia e Geomática

9h45 às 10h30 – Agricultura e Florestal
Carlos Júnior Ribeiro – CEO da Sensix
Fabrício Hertz – CEO da Horus Aeronaves

10h30 às 11h – Intervalo

11h às 11h45 – Recursos Naturais e Meio Ambiente
George Longhitano – Diretor da G drones
Antonio Marcos Ferraz de Campos – Diretor da Hexafly

11h45 às 12h30 – Construção Civil e Inspeções de Estruturas
Chase Dixon Olson – CEO da Smart Sky Consulting
Marco Fábio Borges – Inspetor de Qualidade da XD4 Solutions

12h30 às 14h – Intervalo

14h às 15h20 – Painel: Novidades da ANAC, DECEA e Ministério da Defesa na regulamentação do setor
Cel Jorge Vargas – Chefe da Divisão de Coordenação do DECEA – Departamento de Controle do Espaço Aéreo
Roberto Honorato – Superintendente de Aeronavegabilidade da ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil
Cmt Muthz Barros e Cel Mário Celso – Ministério da Defesa

15h20 às 16h30 – Painel: Principais reivindicações dos empresários do setor para ajustes na regulamentação do setor
André Arruda – CEO da AL Drones
Ulf Bogdawa* – CEO da Skydrones
Giovani Amianti – CEO da Xmobots
Samuel Salomão – CEO da SMX Logistic and Delivery Technology

16h30 às 17h – Intervalo

17h às 18h30 – Painel: A tecnologia, a segurança pública e a justiça para coibir as operações ilegais com drones
Coronel Paulo Luiz Scachetti Junior – Comandante da Aviação da Polícia Militar do Estado de São Paulo
Gustavo Vicentini – CEO Techshield Dedrone
Cel Jorge Vargas – DECEA
Representante da OAB – SP

*a confirmar

 

Esta programação poderá ser alterada pela organização do evento sem aviso prévio.      



CURSO AVANÇADO: Processamento de Imagens obtidas com Drones

6 de novembro – 9h às 18h30

Este curso visa apresentar os processamentos digitais de imagens básicos para geração de informações em mapeamentos. Será abordado o uso de softwares para geração de dados geográficos em estrutura de nuvem de pontos, TIN, raster e curvas de nível. Recomenda-se que os alunos tenham conhecimentos sobre a obtenção de imagens por drones para aerofotogrametria. Este curso também visa apresentar técnicas de processamento de imagens mais avançadas para geração e classificação de informações geográficas de forma manual e automática.

Público-alvo: Profissionais de diversas áreas que precisam de conhecimentos sobre processamento de imagens obtidas por drones para geração de produtos.

Tópicos:
• Conceitos gerais para processamento de imagens obtidas por drones
• Softwares e suas qualidades (Photoscan, Pix4D e Context Capture)
• Uso de pontos de apoio e checagem no processamento de imagens
• Geração e classificação de nuvem de pontos
• Geração de dados TIN, raster e curvas de nível
• Geração de MDT e informações para topografia (perfis, volumetria)
• Geração de MDS e ortomosaicos
• Prevenção e solução de erros e problemas em processamento de imagens
• Avaliação de acurácia e enquadramento na norma INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais
• Softwares para processamento de produtos obtidos por fotogrametria por drones
• Análise de histograma e aumento de contraste
• Composições coloridas
• Fotointerpretação, edição vetorial e criação de banco de dados
• Álgebra de bandas e geração de índices de vegetação (ex: NDVI)
• Filtragem em dados matriciais e nuvem de pontos
• Técnicas de classificação de imagens
– Fatiamento
– Classificação supervisionada e não supervisionada
– Segmentação e classificação orientada a objetos
• Elementos de cartografia e edição de layout para entrega de dados

Instrutor: George Longhitano – G drones
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 
 

CURSO AVANÇADO: Tecnologias e Soluções para Monitoramento de Obras

6 de novembro – 9h às 18h30

Para obtermos os resultados esperados sem surpresas indesejadas e principalmente garantir a segurança das pessoas e investimentos, o Monitoramento se prova cada vez mais essencial e indispensável. Novas tecnologias vêm contribuindo a cada dia com a evolução dos equipamentos e técnicas deste processo. Neste curso serão apresentadas aplicações, dados obtidos, técnicas atuais, instrumentações utilizadas e produtos gerados, tanto para obras de menor porte quanto para barragens.
 
Público-alvo: Profissionais interessados no conhecimento de técnicas, tecnologias e metodologias, aplicadas em processos de monitoramento e avaliação de obras de pequeno a grande porte.

Tópicos:
• Introdução
• Planejamento e antecipação de problemas
• Condições necessárias para monitorar
• Tipos de dados
• Metodologias de coleta de dados e informações
• Digitalização de projetos e BIM
• Equipamentos e tecnologias de coleta de dados
• Monitoramento na construção civil
• Monitoramento de barragens e estruturas de grande porte
• Exemplos de produtos
• Discussão e estudos de caso
• Encerramento

Instrutor: Rogério Carlos Weigert Junior
Equipe Leica Geosystems, responsável pelas áreas de produtos e soluções voltadas ao Monitoramento de Barragens e Estruturas de grande porte. Engenheiro Cartógrafo e Agrimensor – UFPR (Curitiba/Brasil). Pós-Graduado em Auditoria, Avaliação e Perícias em Engenharia – IPOG/PR Experiência profissional: com mais de cinco de 5 anos de experiencia nas áreas de Monitoramento de Estruturas e Auditoria Estrutural em obras de Engenharia e Construção Civil, atualmente faz parte do grupo Hexagon, na Leica Geosystems, contribuindo com as áreas de produtos e soluções voltadas ao Monitoramento de Barragens e Estruturas de grande porte.

 
 
 

CURSO Prático QGIS Avançado para Análise Espacial

6 de novembro – 9h às 18h30

Esse treinamento irá ensinar os procedimentos avançados aplicados à Análise Espacial para trabalhar com o poderoso software livre QGIS 3.8. O objetivo desse curso é ensinar as mais modernas ferramentas de análise e representação espacial, as rotinas de geoprocessamento avançadas de distância e densidade espacial, e os principais interpoladores de dados disponíveis no QGIS.
 
Público-alvo: Esse treinamento é direcionado para profissionais e estudantes de qualquer área que desejam aprender a utilizar as ferramentas avançadas do QGIS para projetos de Análise Espacial.

Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Tópicos:
• Análise Espacial e Ferramentas de Geoprocessamento
– O que é Análise Espacial
– Ciclo da inteligência geográfica
– Ferramentas mais comuns de geoprocessamento
– Integrando ferramentas
• Análise e Representação Espacial
– Estruturando dados
– Junção de tabelas (join e relate)
– Classificação quantitativa avançada
– Cálculo de densidade demográfica e rótulos duplos
– Transformação da legenda de índice (quantitativo) para indicador (qualitativo)
– Complementos: Fototag e QuickMapServices
• Geoprocessamento Avançado
– Métodos de densidade e incidência espacial na Análise de Dados
– Mapas de Kernel
– Polígonos de Voronoi
– Extração de vértices
– Principais complementos do QGIS
• Interpoladores Espaciais no QGIS
– O que são interpoladores espaciais
– Interpoladores mais comuns
– Realizar interpolação 2D e 3D
– Visualizar dados 3D

Objetivos do curso:
• Compreender o que é Análise Espacial
• Utilizar ferramentas de análise e representação espacial no QGIS
• Executar rotinas de geoprocessamento avançadas
• Utilizar interpoladores para representar fenômenos espaciais

Instrutor: Ivan Leonardi
Mestre em Ciências e Tecnologia Ambiental na área de concentração em Avaliação de Bacias Hidrográficas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR (2018); Especialista em Georreferenciamento de Imóveis Rurais (2016); Geógrafo pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) com ênfase em Geociências (2014); Aperfeiçoamento profissional na área de Topografia (2013). Experiência há mais de 6 anos em Geoprocessamento, atuando na área de estudos ambientais, elaboração de mapas temáticos para materiais didáticos e instrutor de cursos online e presenciais. Além disso, possui certificação internacional ESRI ArcGIS Desktop Associate 19-001.

 

CURSO AVANÇADO: Descomplicando a Regulamentação para Trabalhar com Drones

6 de novembro – 9h às 18h30

Este curso tem como objetivo instruir de forma descomplicada a conjunção de instruções e regulamentos aplicáveis à operação profissional (não recreativa) de aeronaves remotamente pilotadas da classe 3. Serão abordadas as normas vigentes das seguintes agências reguladoras: ANATEL, ANAC, DECEA e Ministério da Defesa. Além disso, o presente curso visa apresentar as características desse mercado que cresce de forma consistente e as suas oportunidades, assim como, detalhar os requisitos impostos pela regulamentação vigente no que tange a segurança operacional e profissional dos drones.

Público-alvo: Interessados em inovações tecnológicas e, principalmente, os que vislumbram o uso de aeronaves não tripuladas em aplicações comerciais (uso profissional) como o mapeamento aéreo, inspeções, fotografia, entre outras.

Tópicos:
• Introdução às aeronaves remotamente pilotadas (VANT x drone x RPA x Aeromodelo)
– Números do mercado de drones
– Aplicações
 
• Tipos de aeronaves e suas características operacionais
– Asa fixa versus asa rotativa
 
• Legislação e regulamentação
– ANATEL: Declaração de conformidade via sistema MOSAICO
– ANAC: RBAC E94; Certidão de cadastro via sistema SISANT
– DECEA: ICA 100-40; ICA 100-12; IAC N17/2018; Solicitação de voo via SARPAS
– Ministério da Defesa: Portaria normativa 101/GM-MD
 
• Procedimentos pré voo
– Avaliação de risco operacional: IS E94-003
– Checklist pré-voo: Condições climáticas; Condições geográficas; Erros mais comuns; Documentação (termo de anuência, registros da aeronave, planejamento da manutenção)

Instrutor: Thiago Cicogna
Graduado em Engenharia Mecânica com ênfase em Aeronaves e Computação (2003) e Doutorado Direto (2008) em Engenharia Mecânica pela Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-USP). MBA em Gestão Empresarial (2012) pela Fundação Getúlio Vargas e atualmente cursando Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pelo IFSP campus São Carlos-SP. De 2008 a 2012 atuou como Engenheiro de Estruturas na TAM Linhas Aéreas S.A. na unidade MRO em São Carlos-SP e, neste mesmo período, como Professor das disciplinas Estática nas Estruturas e Resistência dos Materiais na Universidade Paulista (UNIP) campus Araraquara-SP. De 2012 a 2014 atuou como Engenheiro de Desenvolvimento do Produto na EMBRAER S.A. em Gavião Peixoto-SP e na planta de Jacksonville-FL. Atualmente é Professor Doutor do curso de Tecnologia em Manutenção de Aeronaves no IFSP campus São Carlos-SP. As principais atividades de ensino e pesquisa estão relacionadas ao apoio a produção e a manutenção e no processo de transferência (redelivery) de aeronaves através de inspeções físicas e auditoria de dados técnicos.

 

CURSO AVANÇADO: Instrumentos Geo norteadores para Smart Cities

6 de novembro – 9h às 18h30

Neste treinamento abordamos os instrumentos norteadores da construção de uma cidade mais humana, inteligente e sustentável. Consideramos os 5 pilares de uma Smart City, avaliamos as 8 normativas brasileiras do geoprocessamento para Cidades Inteligentes, abordamos os 3 projetos da ONU para Políticas Públicas Municipalistas Sustentáveis e os 10 projetos GIS obrigatórios para Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis.
 
Público-alvo:Gestores e Servidores Públicos, Profissionais de Engenharia, Arquitetura, Geografia e outros profissionais da área técnica que atuem no planejamento de territórios (urbano ou rural) inteligentes, humanos e sustentáveis.

Tópicos:
• Comunicação
• Liderança
• Alta performance
• Tecnologia
• Inovação
• Participação Cidadã
• Planejamento Estratégico
• Modernização Administrativa
• Legislação e Decretos que orientam a cartografia cadastral
• ODS, NAU e EDS
• 10 projetos GIS para Smart Cities

Instrutora: Grazi Carvalho
1a. Master Coach de Cidades Inteligentes da América Latina. Possui graduação em Geografia, Mestrado e Doutorado com foco em Planejamento Territorial Smart (UFMG | ISU-USA) e MBA Executivo em Gestão Empresarial e Coaching. Atuou como Consultora UNESCO, Pesquisadora no IPEA, Professora Universitária (Graduação e Pós) na UFMG, PUC Minas e UNIBH e Gestora de Projetos em Planejamento Territorial no IPPLAN – São José dos Campos/ SP, com mais de 15 anos de experiência em Planejamento Territorial, com atuação inúmeras prefeituras. Atualmente é CEO do Instituto Dankemo.

 
 
 

CURSO AVANÇADO: Topografia com Drones – Tecnologia, Métodos e Resultados

6 de novembro – 9h às 18h30

Neste curso serão abordados teoria e exemplos práticos de fotogrametria por Drone, usando o modelo Phantom como exemplo, tipos de câmeras e sensores que podem ser embarcados nestes, além de aprender como proceder como realizar um voo autônomo e gerar produtos cartográficos. Também serão abordados quais os melhores softwares de planejamento de voo, quais análises estatísticas a ser aplicadas para a validação do produto gerado e quais os melhores parâmetros a serem configurados no software de processamento, levando em consideração a aplicação que os dados serão usados.
 
Público-alvo: Profissionais da área de agrimensura, cartografia e correlatas que já usam os dados provinientes de fotogrametria por Drone no desenvolvimento de projetos de mapeamento e topografia, e querem aprimorar e expandir seus conhecimentos desta tecnologia

Tópicos
• Fotogrametria básica
• Tipos de câmeras e sensores a ser embarcados
• Conhecendo as principais funções do Drone Phantom
• APPs para planejamento de voo
• Legislação e normas sobre uso dos Drone
• Planejando um voo (como fazer e quais os melhores parâmetros)
• Qual a configuração de hardware básica para o processamento
• Processamento básico dos dados obtidos por Drone
• Usando SRTM no planejamento e no voo
• Como atender a normativa de Georreferenciamento do INCRA usando Drone
• Como implantar pontos de Apoio e de check
• Quais os melhores parâmetros a usar no processamento de dados em área urbana ou rural
• Processando e gerando dados cartográficos
• Como usar os dados 3D para processamento e geração de MDT em software de topografia
• Cálculo volumétrico
• Aplicando testes estatísticos e validando o produto gerado

Instrutor: Danilo A. Rodrigues
Diretor técnico e fundador da empresa GeoSurv Engenharia e Geomática. Empresa provedora de serviços na área de Agrimensura e Cartografia. Engenheiro Cartógrafo formado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP. Atuando há 13 anos no mercado de Geotecnologias.

 
 
 



CURSO AVANÇADO: Drones para Aerolevantamentos – Tecnologia, Levantamento, Processamento e Resultados

7 de novembro – 9h às 18h30

Tópicos:
• Tipos de Drones e Câmeras para Aerolevantamento
• Softwares utilizados:
• Softwares de planejamento de missão
• Softwares de processamento para geração de ortomosaicos e MDS
• Softwares de tratamento de dados
• Definição da quantidade e da distribuição dos pontos de apoio
• Definição da escala do levantamento
• Levantamentos com Drones que possuem RTK embarcado
• Processamento dos dados
• Edição e avaliação da qualidade dos ortomosaicos gerados;
• Geração de curvas de nível
• Extração de feições;
• Avaliação dos modeles segundo PEC (Padrão de Exatidão Cartográfica)

Instrutor: Luiz Dalbelo
Gerente de vendas de produtos de alta tecnologia e VANTs da Santiago & Cintra. Graduado em engenharia cartográfica pela Universidade Estadual Paulista, com mestrado em Ciências Geodésicas pela Universidade Estadual Paulista e vários anos de experiência atuando com VANTs.

 
 
 

CURSO AVANÇADO: Inspeções com Drones: Tecnologias, Cases de Sucesso e Tendências

7 de novembro – 9h às 18h30

O curso avançado detalha as técnicas de coletas de dados visuais, o uso da inteligência artificial e explora alguns estudos de casos, realizados em Singapura e no Brasil. É um curso indicado para empresas de Engenharia com atividades de inspeções prediais, bem como profissionais dos segmentos de facility management e seguradoras de ativos imobiliários, além de construtoras e empresas de serviços com drones interessadas em inspeções prediais e no ganho de produtividade nas inspeções com drones e análise dos dados.

Tópicos:
• Vantagens e desvantagens da utilização dos RPAS (drones) nas inspeções prediais
• Legislação vigente para RPAS (drones) focada nas atividades de inspeções prediais
• Documentos obrigatórios para as operações com RPAS
• Quais mercados demandam por inspeções prediais com RPAS?
• Principais atividades do fluxo de trabalho com RPAS: da inspeção ao relatório/laudo técnico
• Riscos durante a operação de inspeção. Como mitigá-los?
• Modelos e marcas de RPAS mais adequados e utilizados para a realização das inspeções prediais
• Considerações sobre sensores embarcados em RPAS para fins de inspeções prediais
• Patologias que podem ser analisadas a partir dos dados coletados por RPAS e seus sensores
• Como estimar o número de imagens a serem captadas durante a inspeção?
• Como calcular a resolução dos pixels na fachada a partir das características do sensor e da proximidade da fachada?
• Normas da Engenharia
• Considerações sobre dispositivos de segurança e comunicação relevantes nos RPAS para inspeções prediais
• Planos de voo para inspeções verticais
• Como melhorar a produtividade nos serviços com drones para fins de inspeções prediais? (da coleta ao processamento, mapeamento de patologias e relatório final)
• Softwares utilizados no mercado e metodologias de trabalho.
• Como a inteligência artificial facilita o fluxo de trabalho do perito e da equipe de manutenção?
• Precificação do serviço de inspeção predial com drones
• Explorando a plataforma digital H3ZOOM
• Estudos de Caso
• Tendências tecnológicas e inovações no segmento de inspeções a partir de drones

Instrutor: Emílio Hoffman – H3 Dynamics
Engenheiro eletricista pela UFPR, autor do livro A Era do Hidrogênio, das Energias Renováveis e Células a Combustível, e pós-graduando em RPAs (Drones) e VANTs em Aplicações Civis e Comerciais – PUCPR. É co-fundador e diretor de operações na América Latina da H3 Dynamics, empresa com sede matriz em Cingapura e que desenvolve soluções disruptivas que convergem diversas áreas da tecnologia, tais como: células a combustível a hidrogênio ultraleves para drones de longa autonomia, plataformas robóticas para automação de missões remotas de drones, e plataformas de inteligência artificial para processamento dos dados coletados por drones. Também é diretor de desenvolvimento de negócios da H3ZOOM.AI (inteligência artificial) e da HES Energy Systems (células a combustível H2) na América Latina, ambas subsidiárias da H3 Dynamics. É fundador da Brasil H2, empresa fundada em 2003 e dedicada às tecnologias de células a combustível para diversas aplicações.

 
 

CURSO PRÁTICO: Processamento de Imagens obtidas com Drones

7 de novembro – 9h às 18h30

A extração de informações a partir de produtos básicos gerados por aerofotogrametria é um diferencial que poucos profissionais atualmente possuem no mercado brasileiro. Será abordado o uso de softwares para geração de dados geográficos em estrutura de nuvem de pontos, TIN, raster e curvas de nível. Recomenda-se que os alunos tenham conhecimentos sobre a obtenção de imagens por drones para aerofotogrametria. Para algumas áreas de atuação, como agricultura e silvicultura, trata-se de um conhecimento praticamente essencial.

Serão fornecidos computadores para as atividades práticas, bem como apostila (em formato digital).

Tópicos:
• Conceitos gerais para processamento de imagens obtidas por drones
• Softwares e suas qualidades (Photoscan, Pix4D e Context Capture)
• Uso de pontos de apoio e checagem no processamento de imagens
• Geração e classificação de nuvem de pontos
• Geração de dados TIN, raster e curvas de nível
• Geração de MDT e informações para topografia (perfis, volumetria)
• Geração de MDS e ortomosaicos
• Prevenção e solução de erros e problemas em processamento de imagens
• Avaliação de acurácia e enquadramento na norma INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais
• Softwares para processamento de produtos obtidos por fotogrametria por drones
• Análise de histograma e aumento de contraste
• Composições coloridas
• Fotointerpretação e edição vetorial
• Álgebra de bandas e geração de índices de vegetação (ex: NDVI)
• Filtragem em dados matriciais e nuvem de pontos
• Técnicas de classificação de imagens
• Elementos de cartografia e edição de layout para entrega de dados

Instrutor: George Longhitano – G drones
Diretor da G drones, é geógrafo e mestre em geoprocessamento pela USP. Estuda e desenvolve aplicações de drones em mapeamentos desde 2005. Possui experiência de doze anos como coordenador de projetos e de nove anos como professor de cursos de graduação e pós-graduação de disciplinas de VANT e drones, sensoriamento remoto, geoprocessamento e cartografia.

 
 

CURSO AVANÇADO: Construção Digital com ferramentas de Laser Scanning e Layout Digital

7 de novembro – 9h às 18h30

O laser scanner  Leica RTC360 e as estações totais robóticas do iCON iCR 70/80 estão entre as ferramentas mais produtivas para a construção em 2019, de acordo com a edição a mais recente da revista Construction Executive. A listagem anual das principais inovações da indústria destaca as soluções projetadas para economizar tempo, aumentar a precisão, reduzir o retrabalho, aumentar a eficiência e melhorar a produtividade.
 
Este curso abrange os princípios de escaneamento do Leica RTC360 e as melhores práticas ao entre de fluxos de trabalho de software de campo e de escritório. Vamos fazer uma visão geral e simular a coleta de dados de campo, bem como importar dados para o Leica Cyclone REGISTER 360 e prepará-lo para o Leica CloudWorx para AutoCAD e REVIT. Também inclui fluxo de preparação e retorno de dados de asbuild e layout digital com a Leica iCON iCR80, com Autodek Points Layout sobre o AutoCAD. As estações totais robóticas Leica iCON iCR80 oferecem elevados níveis de produtividade e exatidão. Os iCR80 são precisos, fáceis de aprender e de usar, e só travar no alvo pretendido (não coletes reflexivos ou outras distrações), dando-lhe o máximo de controle no campo.
 
O objetivo deste curso é fornecer conhecimentos e melhores práticas para o uso de ferramentas de captura de realidade e layout digital, diretrizes e experiências de melhores práticas usando as ferramentas para elaborar e analisar uma nuvem de pontos e dados de asbuilt. Essas soluções de digitalização a laser e layout digital quebram as barreiras para implementar métodos de construção digital e pavimentar novos caminhos para a produtividade. Esta sessão é para você para saber como essas soluções inovadoras podem ajudar sua empresa a alcançar facilmente uma transformação digital.

Público-alvo: Este curso é adequado para clientes que são novos para os fluxos de trabalho de nuvem de pontos e layout digital e gostariam de obter o máximo de seus equipamentos e software de nuvem de ponto e autorais de projeto.

Tópicos:
• Discussão de recursos de escaneamento e imageamento do Leica RTC360, funções de coleta e layout digital da Leica iCON iCR80
• Princípios de escaneamento da do Leica RTC360
• Importação/exportação de dados
• Visão geral do módulo de processamento de nuvem de pontos Leica Cyclone REGISTER 360
• Limpeza, edição e análise de nuvens de pontos no Leica Cyclone REGISTER 360
• Ferramentas de desenho com CloudWorx
• Ferramentas de análise de nuvem de pontos no CloudWorx
• Preparação e fluxo de retorno de dados com a Leica iCON iCR80

Módulos de software necessários:
Versões atuais do Cyclone REGISTER 360, CloudWorx e Plataforma Autodesk. A instalação do atual simulador de estação total do Leica iCON iCR80 é altamente recomendável. Licenças de treinamento disponíveis mediante solicitação (não inclui Autodesk).

Instrutor: Miguel Menegusto
Equipe de LATAM Geomatics Leica Geosystems. Com 8 anos de experiência em captura de realidade, Miguel Menegusto faz parte do time de geomática da Leica Geosystems como Gerente de Produto para Scanning na América do Sul, auxiliando usuários a aumentarem a produtividade e a qualidade de projetos com Laser Scanning, Estações Totais e GPS em aplicações de Arquitetura, Construção, Mineração, Plantas Industriais e etc. Formado pela Universidade Federal do Paraná e Instituto Real de Tecnologia de Estocolmo em Engenharia Cartográfica com extensão em Geodésia e Geoinformática.

 

CURSO AVANÇADO: Agricultura com Drones: Tecnologias, Métodos e Estudos de Caso

7 de novembro – 9h às 18h30

Hoje, os drones são aliados na Agricultura, com ganhos de produtividade e redução de custos. Neste curso será detalhado o ciclo de agricultura de precisão, desde os métodos de sensoriamento remoto até processamento de dados, com foco nos conceitos e na escolha de equipamentos, acessórios e softwares.
 
O uso avançado de drones na Agricultura, além de ganhos de produtividade e redução de custos, gera continuamente dados para tomada de decisão no futuro. Neste curso serão detalhados três cases do uso de drones na Agricultura: cana de açúcar, silvicultura/citricultura/cafeicultura e grãos.
 
Público-alvo:Este é um treinamento indicado para quem já tenha conhecimentos básicos sobre drones na Agricultura e tenha interesse em se aprofundar no tema através de estudos de caso.

Tópicos:
• O ciclo de agricultura de precisão na agricultura
– Sensoriamento
– Análise
– Atuação
 
• Métodos de sensoriamento remoto na agricultura de precisão
– Histórico do sensoriamento remoto com drones
– Como selecionar seu drone para sensoriamento na Agricultura de Precisão
– Como selecionar os sensores e outros acessórios na Agricultura de Precisão
 
• Métodos de processamento de dados para agricultura de precisão
– Softwares de cálculo de índices
– Softwares de classificação orientada a objetos
 
• Métodos de atuação da agricultura de precisão
– Histórico da atuação do sensoriamento com drones
– Como selecionar seu drone para atuação na Agricultura de Precisão
– Como selecionar os acessórios para atuação na Agricultura de Precisão
 
• Métodos de processamento de dados para agricultura de precisão
– Aplicação de agentes biológicos
– Aplicação de agentes químicos
 
• Estudo de caso 1 – Cana de açúcar
– Cálculo de volume de bagaço de cana
– Análise de topografia, fluxo de enxurrada, definição de pontos críticos de erosão, projeto de terraços e de escoamento superficial difuso
– Restituição de linhas de plantio para projeto logístico de tiro de colheita e georreferenciamento de colheita automática
– Localização de falhas de plantio pelo método de Stolf
– Análise fitossanitária nas fases de perfilamento e maturação
– Matologia – identificação e tratamento de invasoras nas fases de perfilamento e maturação
 
• Estudo de caso 2 – Silvicultura, Citricultura e Cafeicultura
– Contagem de indivíduos
– Cálculo de diâmetro de copa
– Cálculo de falhas de plantio
– Análise fitossanitária (ex. phytophthora, greening, etc)
– Matologia (identificação e tratamento de invasoras)
 
• Estudo de caso 3 – Grãos
– Estimativa de déficit nutritivo
– Cálculo de necessidade de nitrogênio e avaliação de resultados na aplicação de nitrogênio
– Análise fitossanitária (ex. nematóides, mosaico de trigo, ferrugem de cabeça, etc)
– Matologia (identificação e tratamento de invasoras)

GiovaniInstrutor: Giovani Amianti
Engenheiro mecatrônico formado pela Poli-USP e mestre em sistemas aviônicos de RPAS pela Poli-USP. Iniciou o desenvolvimento de drones em 2004 e em 2007 fundou a XMobots. Esteve à frente de projetos já consagrados no mercado nacional de RPAS, como os drones Nauru 500x, que foi o primeiro avião não tripulado privado do Brasil autorizado a voar pela ANAC além do Echar 20x recentemente utilizado pelo INCRA para georreferenciamento de imóveis rurais e Arator 5x que se consolidou no mercado sucroalcooleiro. Atualmente é o CEO da XMobots, considerada uma das líderes na América Latina do segmento de Drones para Agricultura.
 
 
 

1º Fórum de Soluções Geoespaciais para Smart Cities

7 de novembro – 9h às 18h30

Os modelos digitais das cidades são fundamentais para a implantação das Cidades Inteligentes de qualquer tamanho. Tais modelos dependem de dados geoespaciais e geotecnologias. Não há ‘smart city’ sem modelo da cidade e não há modelo de cidade sem informação georreferenciada de qualidade.
 
Este Fórum vai apresentar, de forma inédita, as diversas soluções geoespaciais essenciais para dar suporte às ações de planejamento, arrecadação e monitoramento da infraestrutura municipal. Além dos resultados, serão debatidos os desafios na implantação destes projetos sob o ponto de vista tecnológico e cultural, bem como os impactos das decisões tomadas a partir das análises das informações geoespaciais, obtidas de diferentes plataformas de coleta e processamento de dados.
 
Público-alvo: especialistas, empresários da cadeia produtiva do setor e gestores públicos e privados ligados a gestão municipal.

Moderador: Emerson Granemann
CEO da MundoGEO

 
 
 

9h às 9h45 – Painel: Por que, sem uma política de informação geográfica, a cidade não é inteligente?
Grazi Carvalho – CEO do Instituto Dankemo

9h50 às 10h30 – O projeto GeoSampa da cidade de São Paulo, um exemplo a seguir
Luciana Pascarelli Santos – Coordenadora da Geoinfo / Secretaria Municipal de Urbanismo do Município de São Paulo

10h30 às 11h – Intervalo

11h às 12h30 – Painel: Drones, veículos terrestres, aviões ou satélites para mapear as cidades?
Cleber Oliveira – Diretor da Visiona
Danilo Rodrigues – Diretor da GeoSurv
Valther Aguiar – Diretor da Esteio

12h30 às 14h – Intervalo

14h às 14h45 – Painel: Qual o cadastro ideal para uma cidade?
Agostinho de Rezende – Diretor da DRZ
Regis Bueno – Diretor da Geovector

14h45 às 15h30 – Painel: A revolução proposta pelo Sinter para as cidades
Alessandro Machado – Consultor
Representante da Receita Federal

15h30 às 16h15 – Painel: Proposta de especificação técnica de um sistema de gestão cadastral municipal
Everton Nubiato – Supervisor de Desenvolvimento de Sistemas da Engefoto

16h15 às 16h45 – Intervalo

16h45 às 18h30 – Painel: Como implantar com sucesso um sistema municipal de gestão de informações georreferenciadas?
Felipe Del Nero – Diretor da Geoambiente
Fernando Leonardi – Diretor da Geopixel
Juliano Lazaro – Gerente da Hexagon Geospatial
Representante da Imagem

 

* Esta programação poderá ser alterada pela organização do evento sem aviso prévio.      

DroneShow e MundoGEO Connect PLUS – 5 a 7 de novembro de 2019

Hotel Meliá Ibirapuera – Av. Ibirapuera, 2534 – São Paulo – SP – Brasil

Cada Fórum: de R$ 540,00 por R$ 390,00
Cada Curso: de R$ 740,00 por R$ 590,00
Cada Curso Prático: de R$ 940,00 por R$ 790,00

Parcele em até 6x sem juros no cartão de crédito

* Oferta válida até 31 de agosto de 2019

Entre em contato:
Telefones: (41) 3338-7789 | (11) 4063-8848
E-mail: atendimento@mundogeo.com | WhatsApp (41) 999-191-357

Benefícios dos participantes:
• Certificado de participação
• Acesso aos arquivos pdf dos conteúdos apresentados no(s) fórum(s) e/ou curso(s) escolhido(s)
• Acesso livre aos 3 dias da Mostra de Tecnologia – produtos e serviços

Patrocínio

Apoio Institucional

Apoio de Divulgação